Cruzália-SP/ IMÓVEL

ModalidadeOnline
Local do leilão
Visitação/ horárioNão informado
1º Leilão
AberturaFechamentoLance Inicial
27/04/2020 14:3004/05/2020 14:30R$ 1.339.142,24
IMÓVEL RURAL C/ 27,83 HA

Lote 01: IMÓVEL RURAL C/ 27,83 HA

Valores atualizados

Avaliação1.339.142,24
Lance mínimo1.339.142,24
Incremento5.000,00

Resultado parcial

Maior lanceN/D
UsuárioN/D
Visitas74

Localização: Fazenda Espéria II, Curzália/SP

Fórum/Vara: VARA ÚNICA DA COMARCA DE MARACAÍ – SP

Nº do processo: 0003147-74.2006.8.26.0341

RQTE: BMW COMÉRCIO E REPRESENTAÇÕES DE PRODUTOS AGRÍCOLAS LTDA

RQDO: MARIANO TUCCILLI 


LEILÃO JUDICIAL - SOMENTE ON-LINE!

O 1° Leilão terá início no dia 27/04/2020 à partir das 14:30h, e encerramento no dia 04/05/2020 às 14:30h; não havendo lance superior ou igual ao da avaliação, seguir-se-á, sem interrupção,o 2° Leilão, que se estenderá em aberto para captação de lances e se encerrará em 25/05/2020 às 14:30h(ambos no horário de Brasília), sendo vendido o bem pelo maior lance ofertado, desde que não inferior a  60%  (sessenta por cento) do valor de avaliação atualizado ou 80% do valor de avaliação atualizado, caso se trate de imóvel de incapaz. 

1º Leilão - Lance mínimo  R$  1.339.142,24

2º Leilão - Lance mínimo  R$ 803.485,34


DESCRIÇÃO:  Um imóvel rural - DESCRIÇÃO DA MATRÍCULA: Um imóvel rural, denominado Sítio Espéria II, A, localizada no Município de Cruzália, SP, Comarca de Maracaí, SP, com a área superficial de 27,83 ha (vinte e sete hectares e oitenta e três ares), com as seguintes divisas e confrontações: por um lado, com a propriedade do Espólio de Francisco Sauer; por outro lado, com a propriedade de Gennaro Tuccilli, Ângelo Tuccilli e Mariano Tuccilli; por outro lado, com a propriedade de Manoel Pereira da Silva; e por fim, por outro lado com as propriedade de Paul Brauner, Levino Bueno da Silva, Bonifácio Mettifogo e Cláudio César Gonçalves; o imóvel é cortado pela estrada municipal que liga a cidade de Cruzália, SP, ao Bairro do Caçador. Consta no laudo de avaliação que o acesso ao imóvel é feito pela estrada municipal que liga a cidade de Cruzália, SP, ao bairro do Caçador, fazendo parte da zona rural, com ocupação predominante de médias e grandes propriedades rurais. A exploração predominante desta região é a exploração por cultura de cana-de-açúcar, soja e milho, encontrando-se em menor escala, outros tipos de cultura e pastagem. A propriedade possui relevo levemente ondulado. A estrada que faz acesso aos imóveis, a partir da cidade de Assis é asfaltada, classificando o imóvel como de situação muito boa/ótima com importância relativa das distâncias. Imóvel matrícula nº 1.660 do CRI de Maracaí/SP.

VALOR DA AVALIAÇÃO: R$ 1.339.142,24(Um milhão, trezentos e trinta e nove mil, cento e quarenta e dois reais e vinte e quatro centavos)

ÔNUS: Consta na referida matrícula:AV.1-HIPOTECA de 1º grau do imóvel, em favor de Banco Bradesco S/A;AV.4-HIPOTECA de 2º grau do imóvel, em favor de Comercial Agrícola São José Maracaí Ltda;AV.7-PENHORA do imóvel, expedido pelo Serviço do Ofício Judicial da Comarca de Maracaí, no proc. nº 341.01.2006.1435-0 nº de ordem 619/2006, movido por Comercial Agrícola São José Maracaí Ltda.

OBS.: A descrição do(s) bem é uma cópia fiel das informações fornecidas pelos cartórios, comitente ou outro órgão responsável. O(s) bem(ns) será(ão) vendido(s) no estado em que se encontra(m). Reservamo-nos o direito de corrigir possíveis erros de digitação.


Link do processo clique aqui.

Link googlemaps clique aqui.

Os Links de esaj e googlemaps divulgadas no PORTAL LEGIS LEILÕES são informais e podem ocorrer erros, não servindo de parâmetro para demonstrar o estado dos bens ou influenciar a decisão de oferta de lances para arrematação.


Aquele que tentar fraudar a arrematação, além da reparação do dano na esfera cível - arts. 186 e 927 do Código Civil - ficará sujeito as penalidades do artigo 358 do Código Penal: Art. 358 - Impedir, perturbar ou fraudar arrematação judicial; afastar ou procurar afastar concorrente ou licitante, por meio de violência, grave ameaça, fraude ou oferecimento de vantagem: Pena - detenção, de 2 (dois) meses a 1 (um) ano, ou multa, além da pena correspondente à violência.