IMÓVEL COMERCIAL A.T. 9.425,21 m²

Lote 01: IMÓVEL COMERCIAL A.T. 9.425,21 m²

Valores atualizados

Avaliação1.061.745,10
Lance mínimo637.047,06
Incremento3.000,00

Resultado parcial

Maior lanceN/D
UsuárioN/D
Visitas2378

Localização:Rodovia Comandante João Ribeiro de Barros, Osvaldo Cruz -SP

Fórum/Vara:1ª VARA DA COMARCA DE OSVALDO CRUZ – SP

Nº do processo:0002047-60.2018.8.26.0407

RQTE:UNIÃO FEDERAL

RQDO:IRMÃOS CAMPOY LTDA


LEILÃO JUDICIAL - SOMENTE ON-LINE!

O 1° Leilão terá início no dia 22/03/2019 à partir das 10:00h, e encerramento no dia 25/03/2019 às 10:00h; não havendo lance superior ou igual ao da avaliação, seguir-se-á, sem interrupção,o 2° Leilão, que se estenderá em aberto para captação de lances e se encerrará em 25/04/2019 às 10:00h(ambos no horário de Brasília), sendo vendido o bem pelo maior lance ofertado, desde que não inferior a60%(sessenta por cento) do valor da avaliação.

1º Leilão  - Lance mínimo  R$1.061.745,10

2º Leilão  - Lance mínimo  R$ 637.047,06


DESCRIÇÃO: Um imóvel comercial - DESCRIÇÃO DA MATRÍCULA: Uma área de terras, de formato irregular, situada no perímetro urbano desta cidade e comarca de Osvaldo Cruz, medindo 9.425,21m² (nove mil, quatrocentos e vinte e cinco metros e cinte um centeesimo de metros quadrados) desmembrada de uma área maior de 12.479,45m², oriunda do desmembramento da antiga Chácara Água Boa, que mede e se confronta da forma seguinte: “Inicia no marco “00” cravado na divisa da propriedade de Irmãos Campoy Ltda, e à margem direita da Via de acesso à Rodovia Comandante João Ribeiro de Barros (sentido cidade/rodovia) no rumo 29º45’NE segue numa extensão de 97,00 metros margeando em toda sua extensão, a referida via de acesso, até encontrar o marco “01” cravado na divisa com a propriedade de Irmãos Campoy, digo Irmãos Romanini, daí deflete a direita, no rumo 61º30’SE seguindo numa distância de 97,53 metros, divisando em toda sua extensão com propriedade de Irmãos Romanini, até encontrar o marco 02, cravado na divisa da área remanescente e a propriedade de Irmãos Romanini, daí deflete a direita, no rumo de 29º451’SW seguindo numa distância de 97,00 metros divisando em toda sua extensão com a área remanescente até encontrar o marco 03 cravado na divisa com a propriedade de Irmãos Campoy Ltda, e a avenida Targino de Oliveira Lima, daí deflete à direita, no rumo de 31º30’NW seguindo uma distância de 96,25 metros divisando em toda a sua extensão com propriedade de Irmãos Campoy Ltda, até encontrar o marco “00” inicio deste roteiro, encerrando uma área formato irregular de 9.425,21m². Roteiro elaborado pelo Eng. Alonso Campoi Padrilha Junior. Consta no auto de penhora um barracão de concreto armado, aberto nas laterais, medindo aproximadamente 12x40 metros, com cobertura metálica, com uma extensão lateral que mede aproximadamente 12x20 metros, mais um barracão pequeno com banheiro de aproximadamente 35m². Imóvel matrícula nº 10621 do CRI de Osvaldo Cruz/SP.

VALOR DA AVALIAÇÃO:R$1.061.745,10(Um milhão, sessenta e um mil, setecentos e quarenta e cinco reais e dez centavos)

ÔNUS: Consta na referida matrícula:R.4-HIPOTECA de 1º grau, em favor de Banco do Estado de São Paulo S/A;R.5-PENHORA do imóvel, expedido pela 2ª Vara de Osvaldo Cruz, no proc. nº 092/1999, movido por Fazenda do Estado de São Paulo;R.6-PENHORA do imóvel, expedido pela 2ª Vara de Osvaldo Cruz, no proc. nº 55/2004, movido por União;R.7-PENHORA do imóvel, expedido pela 2ª Vara de Osvaldo Cruz, no proc. nº 36/2004, movido por União;AV.8-PENHORA do imóvel, expedido pela 1ª Vara de Osvaldo Cruz, no proc. nº 1002443-54.2017.8.26.0407, movido por Banco Bradesco S/A;AV.9-PENHORA do imóvel, nestes autos;AV.10-PENHORA do imóvel, expedido pela 2ª Vara de Osvaldo Cruz, no proc. nº 0001979-38.2003.8.26.0407, movido por Fazenda Nacional em Presidente Prudente;

OBS.:A descrição do(s) bem é uma cópia fiel das informações fornecidas pelos cartórios, comitente ou outro órgão responsável. O(s) bem(ns) será(ão) vendido(s) no estado em que se encontra(m). Reservamo-nos o direito de corrigir possíveis erros de digitação.


Link do processo  clique aqui.

Link googlemaps  clique aqui.

Os Links de esaj e googlemaps divulgadas no PORTAL LEGIS LEILÕES são informais e podem ocorrer erros, não servindo de parâmetro para demonstrar o estado dos bens ou influenciar a decisão de oferta de lances para arrematação.


Aquele que tentar fraudar a arrematação, além da reparação do dano na esfera cível - arts. 186 e 927 do Código Civil - ficará sujeito as penalidades do artigo 358 do Código Penal: Art. 358 - Impedir, perturbar ou fraudar arrematação judicial; afastar ou procurar afastar concorrente ou licitante, por meio de violência, grave ameaça, fraude ou oferecimento de vantagem: Pena - detenção, de 2 (dois) meses a 1 (um) ano, ou multa, além da pena correspondente à violência.

IMÓVEL COMERCIAL C/ 307,05M²

Lote 01: IMÓVEL COMERCIAL C/ 307,05M²

Valores atualizados

Avaliação2.146.484,42
Lance mínimo2.146.484,42
Incremento10.000,00

Resultado parcial

Maior lanceN/D
UsuárioN/D
Visitas815

Localização: Avenida Professor Francisco Morato nº 1.704, Bairro Butantã, São Paulo/SP

Fórum/Vara:  40ª VARA CÍVEL DO FORO CENTRAL DA COMARCA DE SÃO PAULO– SP

Nº do processo: 0706325-83.1996.8.26.0100

RQTE: BANCO DO BRASIL S/A

RQDO: PEDRO ANTONIO MOLLO JUNIOR 


LEILÃO JUDICIAL - SOMENTE ON-LINE!

O 1° Leilão terá início no dia 28/09/2020 à partir das 15:55h, e encerramento no dia 05/10/2020 às 15:55h; não havendo lance superior ou igual ao da avaliação, seguir-se-á, sem interrupção,o 2° Leilão, que se estenderá em aberto para captação de lances e se encerrará em 26/10/2020 às 15:55h(ambos no horário de Brasília), sendo vendido o bem pelo maior lance ofertado, desde que não inferior a 70%(setenta por cento) do valor da avaliação. 

1º Leilão - Lance mínimo  R$  2.146.484,42

2º Leilão - Lance mínimo  R$  1.502.539,09


DESCRIÇÃO: Um imóvel comercial - DESCRIÇÃO DA MATRÍCULA: Uma casa situada à avenida Professor Francisco Morato, nº 1704, no 13º subdistrito, Butantã, e seu respectivo terreno medindo 12,20m de frente para a referida avenida por 29,50m da frente aos fundos, de ambos os lados, e 12,20 metros nos fundos, confrontando do lado esquerdo com a casa nº 1706, do lado direito com a casa nº 1684, e nos fundos com Carolina do Valle Nogueira, encerrando a área de 307,05m². Consta no laudo de avaliação que o referido imóvel foi edificado uma agência de automóveis. Imóvel localizado na Avenida Professor Francisco Morato nº 1.704, Bairro Butantã, São Paulo/SP. A região do imóvel possui característica mista: Residencial/comercial, sendo que, no trecho em causa, observa-se a predominância comercial. Imóvel matrícula nº 37.823 do 18º CRI de São Paulo/SP.

VALOR DA AVALIAÇÃO:R$  2.146.484,42 (Dois milhões, cento e quarenta e seis mil, quatrocentos e oitenta e quatro reais e quarenta e dois centavos)

ÔNUS:  Consta na referida matrícula: R.5- HIPOTECA de 1º grau do imóvel, em favor de Unibanco - União de Bancos Brasileiros S/A; R.6- HIPOTECA de 2º grau do imóvel, em favor de Unibanco - União de Bancos Brasileiros S/A; R.7- HIPOTECA de 3º grau do imóvel, em favor de Unibanco - União de Bancos Brasileiros S/A; R.8- HIPOTECA de 4º grau do imóvel, em favor de Unibanco - União de Bancos Brasileiros S/A; R.10- PENHORA do imóvel, expedido pela 3ª Vara de Execuções Fiscais, Justiça Federal de primeira instância de São Paulo, no proc. nº 1.581/2003, movido por Fazenda Nacional; AV.11- INDISPONIBILIDADE dos bens de Pedro Antonio Mollo Junior, expedido pela 6ª Vara Especializada de Execuções Fiscais de São Paulo, no proc. nº 1999.61.82.002109-7, movido por Instituto Nacional do Seguro Social - INSS; AV.12- PENHORA de 50% do imóvel, nestes autos; AV.13- PENHORA do imóvel, expedido pela 6ª Vara de Execuções Fiscais da Justiça Federal de São Paulo, no proc. nº 0551789-45.1997.4.03.6182, movido por INSS/Fazenda; AV.14- INDISPONIBILIDADE do imóvel, expedido pela 6ª Vara de Execuções Fiscais da Justiça Federal de São Paulo, no proc. nº 0551789-45.1997.4.03.6182, movido por INSS/Fazenda; AV.15- INDISPONIBILIDADE do imóvel, expedido pelo 4º Ofício Cível do Foro Central da Comarca de São Paulo, no proc. nº 0030399-67.2004.8.26.0100.

OBS.: A descrição do(s) bem é uma cópia fiel das informações fornecidas pelos cartórios, comitente ou outro órgão responsável. O(s) bem(ns) será(ão) vendido(s) no estado em que se encontra(m). Reservamo-nos o direito de corrigir possíveis erros de digitação.


Link do processo clique aqui.

Link googlemaps clique aqui.

Os Links de esaj e googlemaps divulgadas no PORTAL LEGIS LEILÕES são informais e podem ocorrer erros, não servindo de parâmetro para demonstrar o estado dos bens ou influenciar a decisão de oferta de lances para arrematação.


Aquele que tentar fraudar a arrematação, além da reparação do dano na esfera cível - arts. 186 e 927 do Código Civil - ficará sujeito as penalidades do artigo 358 do Código Penal: Art. 358 - Impedir, perturbar ou fraudar arrematação judicial; afastar ou procurar afastar concorrente ou licitante, por meio de violência, grave ameaça, fraude ou oferecimento de vantagem: Pena - detenção, de 2 (dois) meses a 1 (um) ano, ou multa, além da pena correspondente à violência

IMÓVEL COMERCIAL

Lote 01: IMÓVEL COMERCIAL

Valores atualizados

Avaliação17.228.924,46
Lance mínimo17.228.924,46
Incremento500.000,00

Resultado parcial

Maior lanceN/D
UsuárioN/D
Visitas788

Localização:Avenida Castro Alves, Marília/SP

Fórum/Vara:3ª VARA CÍVEL DA COMARCA DE MARÍLIA – SP

Nº do processo:1008001-07.2014.8.26.0344 

RQTE:BANCO SANTANDER BRASIL S/A

RQDO:CASA SOL MATERIAIS PARA CONSTRUÇÃO DE MARÍLIA LTDA 


LEILÃO JUDICIAL - SOMENTE ON-LINE!

O 1° Leilão terá início no dia 24/08/2020 à partir das 15:10h, e encerramento no dia 31/08/2020 às 15:10h; não havendo lance superior ou igual ao da avaliação, seguir-se-á, sem interrupção,o 2° Leilão, que se estenderá em aberto para captação de lances e se encerrará em 21/09/2020 às 15:10h(ambos no horário de Brasília), sendo vendido o bem pelo maior lance ofertado, desde que não inferior 50%(cinquenta por cento) do valor atualizado da avaliação na aquisição/arrematação de todos os lotes pelo mesmo arrematante (arrematação em conjunto das matrículas nº 59.944, 59.945 e 34.334), e não inferior a60%(sessenta por cento) do valor da avaliação na arrematação dos lotes separadamente.

1º Leilão - Lance mínimo  R$ 17.228.924,46

2º Leilão - Lance mínimo  R$ 8.614.462,23


DESCRIÇÃO: LOTE COMPOSTO PELAS MATRÍCULAS NºS. 59.944,  59.945 E 34.334 DO 1º CRI DE MARÍLIA/SP.

Um imóvel comercial formado pelas matrículas nºs. 59.944 e 59.945 - Consta no laudo de avaliação que sobre as matrículas nºs 59.944 e 59.945 foi erigida a construção do prédio da loja que abrange as duas matrículas, sendo, portanto indivisíveis. A entrada principal da loja está localizada no piso térreo, sobre o terreno da matrícula nº 59.945 e possui amplo espaço para exposição e expedição de seus produtos, tendo imediatamente à frente a rampa de acesso ao mezanino, o qual possui amplo salão, com pé direito de 2,46m, livre de colunas, destinado à exposição de produtos. À direita, está localizada uma escada de acesso ao piso inferior onde há um amplo salão de exposição de produtos, cuja área abrange, além da matrícula nº 59945, também a de nº 59944.

DESCRIÇÃO DA MATRÍCULA Nº 59.944 DO 1º CRI DE MARÍLIA:Um terreno compreendendo o lote designado pela P.M.M com sendo o lote de letra A(destacado do lote nº 11 (destacado da área A), destacada da quadra D, do Bairro Palmital, nesta cidade, medindo 25,00 metros de frente para a Avenida Castro Alves; por uma face lateral e da frente aos fundos mede 69,00 metros, confrontando com a Área B(destacada da quadra D); por outra face lateral e também da frente aos fundos mede 68,465 metros, confrontando com o lote B (destacado do lote nº 11 (destacado da áreaA); e finalmente na face dos fundos mede 25,946 metros, confrontando com propriedade da FEPASA; encerrando uma área de 1.763,249 metros quadrados; localizado do lado par da numeração. Cadastrado na Prefeitura Municipal de Marília sob o nº 0001557904. Consta na AV.2 da referida matrícula: No terreno foi construído um prédio comercial de tijolos sob n°s 318 e 322 da Avenida Castro Alves, com área de 2.289,05 metros quadrados. Imóvel matriculado sob nº 59.944 no 1º C.R.I de Marília-SP. 

ÔNUS:Consta na referida matrícula nº 59.944 do 1º C.R.I de Marília-SP:  AV.1- HIPOTECA de 1° Grau, em favor do Banco Santander S/A; AV.3- PENHORA do imóvel, nestes autos; AV.4- PENHORA do imóvel, expedido pelo 5º Ofício Cível de Marília, no proc. nº 1005518-04.2014.8.26.0344, movido por Banco do Brasil;  AV.5- PENHORA do imóvel, expedida pelo 1° Ofício Cível de Marília-SP, Proc. n° 1008599-58.2014.8.26.0344, movido por Banco do Brasil S/A; AV.6- PENHORA do imóvel, expedida pelo 2° Ofício Cível de Marília-SP, Proc. n°1014791-23.2014.8.26.0344, movido por Itaú Unibanco S/A;  AV.7- PENHORA do imóvel, expedida pelo 3° Ofício Cível de Marília-SP, Proc.n° 1008575-30.2014.8.26.0344, movido por Banco do Brasil S/A; AV.8- PENHORA do imóvel, expedida pelo 4° Ofício Cível de Marília-SP, Proc.n° 1003723-26.2015.8.26.0344, movido por Banco Votorantim S/A; AV.9- DISTRIBUIÇÃO de ação, expedida pelo 4ª Vara Cível de São Carlos, Proc.n° 1000945-96.2015.8.26.0566, movido por Itaú Unibanco S/A; AV.10- PENHORA do imóvel, expedida pelo 4ª Vara Cível de São Carlos, Proc.n° 1000945-96.2015.8.26.0566, movido por Itaú Unibanco S/A; AV.11- PENHORA do imóvel, expedida pelo 4° Ofício Cível de Marília-SP, Proc.n° 1005520-71.2014.8.26.0344, movido por Banco do Brasil S/A; AV.12- PENHORA do imóvel, expedida pelo 2° Ofício Cível de Marília-SP, Proc.n° 1000287-59.2015.8.26.034, movido por Itaú Unibanco S/A; AV.13- PENHORA do imóvel, expedida pelo 3° Ofício Cível de Marília-SP, Proc. n° 1008575-30.2014.8.26.0344, movido por Banco do Brasil S/A; AV.14- PENHORA do imóvel, expedida pela 2ª Vara Federal de Marília/SP, Proc. n° 000274-33.2017.403.6111, movido por Ministério da Fazenda.

DESCRIÇÃO DA MATRÍCULA Nº 59.945 DO 1º CRI DE MARÍLIA:Um terreno compreendendo o lote designado pela P.M.M como sendo o lote de letra “B” (destacado do lote nº 11 (destacado da área “A”)), destacada da quadra “D”, do bairro Palmital, nesta cidade, medindo 17,00 metros de frente para a Avenida Castro Alves; por uma face lateral e da frente aos fundos mede 67,675 metros, confrontando com o lote 10 (destacado da quadra “D”); por outra face lateral e também da frente aos fundos mede 68,465 metros, confrontando com o lote “A” (destacado do lote nº 11 (destacado da área “A”)); e finalmente na face dos fundos mede 17,640 metros, confrontando com propriedade da FEPASA; encerrando uma área de 1.157,190 metros quadrados; localizado do lado par da numeração. Cadastrado na P.M.M sob nº 0001557905. Imóvel matrícula nº 59.945 do 1º CRI de Marília/SP.

ÔNUS:Consta na referida matrícula 59.945 do 1º C.R.I de Marília-SP: AV.1- HIPOTECA de 1º grau, em favor do Banco Santander S/A; AV.3- IMPENHORABILIDADE do imóvel (OBs: impenhorabilidade não possui efeitos em relação ao presente processo visto a decisão proferida no agravo de instrumento nº 2194309-94.2017.8.26.0000) ; AV.5- PENHORA do imóvel, nestes autos; AV.6- BLOQUEIO da parte ideal de &8531; (um terço) do imóvel pertencente a Daniele Mazuqueli Alonso Fernandes, expedido pela 1ª Vara do Trabalho de Marília, no proc. nº 0010341-07.2018.5.15.0101, movido por Leticia Teles Nunes. 

Um imóvel comercial - DESCRIÇÃO DA MATRÍCULA nº 34.334 do 1º C.R.I de Marília-SP: Um terreno compreendendo o lote nº 10 (destacado da área “A” (destacada da quadra de letra “D”), do bairro Palmital, nesta cidade, medindo 22,00 metros de frente para a Avenida Castro Alves; por uma face lateral e da frente aos fundos, mede 66,564 metros, confrontando com o lote nº 09 (destacado da área “A” (destacada da quadra de letra “D”); por outra face lateral e também da frente aos fundos, mede 67,675 metros, confrontando com o lote nº 11 (destacado da área “A” (destacada da quadra de letra “D”); nos fundos, mede 22,83 metros, confrontando com a linha ferrea da FEPASA; encerrando uma área de 1.493,743 metros quadrados; distante 149,45 metros do terreno da Cia. Antártica Paulista, localizado do lado par da numeração. Cadastrado na P.M.M sob nº 01557903. Consta no laudo de avaliação que sobre o terreno, foi erigida uma construção do tipo sobrado, destinada a usos diversos, tais como, depósito de materiais no piso térreo e escritórios no piso superior. A área construída corresponde a 284,80m² e a área remanescente do terreno é destinada a estacionamento. Imóvel matrícula nº 34.334 do 1º CRI de Marília/SP.

ÔNUS:Consta na referida matrícula nº 34.334 do 1º C.R.I de Marília-SP: R.4- HIPOTECA de 1º grau, em favor de Banco Santander (Brasil) S/A; AV.6- IMPENHORABILIDADE do imóvel (OBs: não possui efeitos em relação ao presente processo visto a decisão proferida no agravo de instrumento nº 2194309-94.2017.8.26.0000) ; AV.8- PENHORA do imóvel, nestes autos; AV.9- BLOQUEIO da parte ideal de &8531; (um terço) do imóvel pertencente a Daniele Mazuqueli Alonso Fernandes, expedido pela 1ª Vara do Trabalho de Marília, no proc. nº 0010341-07.2018.5.15.0101, movido por Leticia Teles Nunes.

DA VENDA DO LOTE 1: Conforme determinação (fls. 946/947), serão alienadas, em conjunto, as matrículas nº 59.944, 59.945 e 34.334, todas do 1º CRI de Marília, pelo maior lance ofertado, desde que não inferior 50% (cinquenta por cento) do valor atualizado da avaliação. 

Valor total da avaliaçãode todos as matrículas: R$ 17.228.924,46 (Dezessete milhões e duzentos e vinte e oito mil e novecentos e vinte e quatro reais e quarenta e seis centavos) para Maio/2020.

OBS.:A descrição do(s) bem é uma cópia fiel das informações fornecidas pelos cartórios, comitente ou outro órgão responsável. O(s) bem(ns) será(ão) vendido(s) no estado em que se encontra(m). Reservamo-nos o direito de corrigir possíveis erros de digitação.


Link do processo clique aqui.

Link googlemaps clique aqui.

Os Links de esaj e googlemaps divulgadas no PORTAL LEGIS LEILÕES são informais e podem ocorrer erros, não servindo de parâmetro para demonstrar o estado dos bens ou influenciar a decisão de oferta de lances para arrematação.


Aquele que tentar fraudar a arrematação, além da reparação do dano na esfera cível - arts. 186 e 927 do Código Civil - ficará sujeito as penalidades do artigo 358 do Código Penal: Art. 358 - Impedir, perturbar ou fraudar arrematação judicial; afastar ou procurar afastar concorrente ou licitante, por meio de violência, grave ameaça, fraude ou oferecimento de vantagem: Pena - detenção, de 2 (dois) meses a 1 (um) ano, ou multa, além da pena correspondente à violência.

IMÓVEL COMERCIAL/RESIDENCIAL

Lote 01: IMÓVEL COMERCIAL/RESIDENCIAL

Valores atualizados

Avaliação153.602,55
Lance mínimo153.602,55
Incremento1.000,00

Resultado parcial

Maior lanceN/D
UsuárioN/D
Visitas955

Localização:   Rua João Brino, 166, Jardim América II, Marília/SP

Fórum/Vara: 5ª VARA CÍVEL DA COMARCA DE MARÍLIA – SP

Nº do processo: 0033900-29.2011.8.26.0344

RQTE: LEDA MARIA DA SILVA

RQDO: ROSALINA DE CAMPOS EUGÊNIO


LEILÃO JUDICIAL - SOMENTE ON-LINE!

O 1° Leilão terá início no dia 28/09/2020 à partir das 14:00h, e encerramento no dia 05/10/2020 às 14:00h; não havendo lance superior ou igual ao da avaliação, seguir-se-á, sem interrupção,o 2° Leilão, que se estenderá em aberto para captação de lances e se encerrará em 26/10/2020 às 14:00h(ambos no horário de Brasília), sendo vendido o bem pelo maior lance ofertado, desde que não inferior a 60%(sessenta por cento) do valor da avaliação. 

1º Leilão - Lance mínimo  R$ 153.602,55

2º Leilão - Lance mínimo  R$ 92.161,53


DESCRIÇÃO:  Um imóvel Comercial/Residencial - DESCRIÇÃO DA MATRÍCULA: Um terreno de forma irregular, que compreende o lote nº 1 da quadra 26 do Bairro jardim América, nesta cidade, medindo 3,00 metros de frente para a Rua João Brino; por uma face lateral e da frente aos fundos, confrontando com a Rua Nelson Macera, com a qual faz esquina, mede 18,00 metros, na confluência dessas duas vias públicas em curvatura, interligando-as, mede 14,13 metros, de outro lado confrontando com o lote nº 2, mede 27,00 metros, e na face dos fundos, confrontando com o lote nº 18, mede 12,00 metros, encerrando uma área de 306,62m², terreno esse localizado do lado par da numeração. Cadastrado na PM sob n. 41.394. O Imóvel apresenta uma área construída de 213,69m² em ruim estado de conservação. Consta no laudo de avaliação que o imóvel está localizado na Rua João Brino, 166, Jardim América II no município de Marília/SP, a edificação se situa na região periférica da cidade de Marília, estado de São Paulo, servida de completa infra-estrutura e facilidade de deslocamento a qualquer parte da cidade. O uso predominante da região é residencial. Imóvel matrícula nº 22.052 do 1º CRI de Marília/SP.

VALOR DA AVALIAÇÃO: R$  153.602,55 (Cento e cinquenta e três mil e seiscentos e dois reais e cinquenta e cinco centavos)

ÔNUS: Consta na referida matrícula:AV.2-PENHORA de 50% do imóvel, nestes autos.

OBS.:  A descrição do(s) bem é uma cópia fiel das informações fornecidas pelos cartórios, comitente ou outro órgão responsável. O(s) bem(ns) será(ão) vendido(s) no estado em que se encontra(m). Reservamo-nos o direito de corrigir possíveis erros de digitação.


Link do processo clique aqui.

Link googlemaps clique aqui.

Os Links de esaj e googlemaps divulgadas no PORTAL LEGIS LEILÕES são informais e podem ocorrer erros, não servindo de parâmetro para demonstrar o estado dos bens ou influenciar a decisão de oferta de lances para arrematação.


Aquele que tentar fraudar a arrematação, além da reparação do dano na esfera cível - arts. 186 e 927 do Código Civil - ficará sujeito as penalidades do artigo 358 do Código Penal: Art. 358 - Impedir, perturbar ou fraudar arrematação judicial; afastar ou procurar afastar concorrente ou licitante, por meio de violência, grave ameaça, fraude ou oferecimento de vantagem: Pena - detenção, de 2 (dois) meses a 1 (um) ano, ou multa, além da pena correspondente à violência.

IMÓVEL COMERCIAL

Lote 01: IMÓVEL COMERCIAL

Valores atualizados

Avaliação397.569,63
Lance mínimo397.569,63
Incremento2.000,00

Resultado parcial

Maior lanceN/D
UsuárioN/D
Visitas736

Localização:Rua04 de Junho nº 254, Porangaba/SP

Fórum/Vara:2ª VARA CÍVEL DA COMARCA DE TATUÍ – SP

Nº do processo:0000024-59.1987.8.26.0624

RQTE:BANCO DO BRASIL S/A

RQDO:AROLDO KERRY PICANÇO 


LEILÃO JUDICIAL - SOMENTE ON-LINE!

O1° Leilão terá início no dia 28/09/2020 à partir das 15:10h, e encerramento no dia 05/10/2020 às 15:10h; não havendo lance superior ou igual ao da avaliação, seguir-se-á, sem interrupção, o2° Leilão, que se estenderá em aberto para captação de lances e se encerrará em 26/10/2020 às 15:10h(ambos no horário de Brasília), sendo vendido o bem pelo maior lance ofertado, desde que não inferior a 60%(sessenta por cento) do valor da avaliação.

1º Leilão - Lance mínimo  R$ 397.569,63

2º Leilão - Lance mínimo  R$ 238.541,77


DESCRIÇÃO:Um imóvel comercial - DESCRIÇÃO DA MATRÍCULA: Uma casa e seu respectivo quintal sob nº 254, da Rua 4 de Junho (antiga Rua do Comércio), da cidade de Porangaba, tendo na frente 3 claros, cujo terreno todo se confronta: Começa fazenda frente com a dita rua, onde mede cinco metros e 90 centímetros, faz canto e sobe acompanhando a parede da casa e terreno, dividindo com sucessores de Olindino de Melo Palmeira em trinta e cinco metros e 20 centímetros; faz canto e segue com sucessores de José Antônio Medeiros, em nove metros e 25 centímetros; faz canto e desce dezenove metros e 32 centímetros até um poço ao mesmo imóvel; faz curva e segue quatro metros e 30 centímetros; faz canto e desce seis metros e 70 centímetros até a parede e Abimael do Amaral e segue pela parede da casa deste confinante até sair na ita rua, ponto de partida. Imóvel localizado na Rua 04 de Junho nº 254, Porangaba/SP. Imóvel matrícula nº 24.111 do CRI de Tatuí/SP.

VALOR DA AVALIAÇÃO:R$ 397.569,63 (Trezentos e noventa e sete mil, quinhentos e sessenta e nove reais e sessenta e três centavos)

ÔNUS:Consta na referida matrícula: AV.10- PENHORA do imóvel, nestes autos; Consta em fls. 906/910 débitos junto a Prefeitura Municipal de Tatuí (R$ 7.224,53); Consta em fls. 911/917 contrato de locação do referido imóvel até 02/11/2020.

OBS.:A descrição do(s) bem é uma cópia fiel das informações fornecidas pelos cartórios, comitente ou outro órgão responsável. O(s) bem(ns) será(ão) vendido(s) no estado em que se encontra(m). Reservamo-nos o direito de corrigir possíveis erros de digitação.


Link do processo clique aqui.

Link googlemaps clique aqui.

Os Links de esaj e googlemaps divulgadas no PORTAL LEGIS LEILÕES são informais e podem ocorrer erros, não servindo de parâmetro para demonstrar o estado dos bens ou influenciar a decisão de oferta de lances para arrematação.


Aquele que tentar fraudar a arrematação, além da reparação do dano na esfera cível - arts. 186 e 927 do Código Civil - ficará sujeito as penalidades do artigo 358 do Código Penal: Art. 358 - Impedir, perturbar ou fraudar arrematação judicial; afastar ou procurar afastar concorrente ou licitante, por meio de violência, grave ameaça, fraude ou oferecimento de vantagem: Pena - detenção, de 2 (dois) meses a 1 (um) ano, ou multa, além da pena correspondente à violência.

IMÓVEL COMERCIAL

Lote 01: IMÓVEL COMERCIAL

Valores atualizados

Avaliação314.009,95
Lance mínimo314.009,95
Incremento1.000,00

Resultado parcial

Maior lanceN/D
UsuárioN/D
Visitas762

Localização:Rua Amazonas, Tupã/SP

Fórum/Vara:2ª VARA CÍVEL DA COMARCA DE TUPÃ – SP

Nº do processo:0003522-21.2010.8.26.0637

RQTE:BANCO BRADESCO S/A

RQDO:MARIA LUCIA CORREA BARBOSA MARTÃO 


LEILÃO JUDICIAL - SOMENTE ON-LINE!

O1° Leilão terá início no dia 28/09/2020 à partir das 15:35h, e encerramento no dia 05/10/2020 às 15:35h; não havendo lance superior ou igual ao da avaliação, seguir-se-á, sem interrupção, o2° Leilão, que se estenderá em aberto para captação de lances e se encerrará em 26/10/2020 às 15:35h(ambos no horário de Brasília), sendo vendido o bem pelo maior lance ofertado, desde que não inferior a 60%(sessenta por cento) do valor da avaliação. 

1º Leilão - Lance mínimo  R$ 314.009,95

2º Leilão - Lance mínimo  R$ 188.405,97


DESCRIÇÃO:Um imóvel comercial -  DESCRIÇÃO DA PENHORA: O imóvel localiza-se na Vila Santa Rita de Cássia, Zona Urbana do município  e comarca de Tupã/SP, distante 06 metros da Rua Bahia, ficando, portanto no meio da quadra, com frente voltado para a Rua Amazonas. É dotado de infra estrutura básica, com rede de água, energia elétrica, coleta de lixo, esgoto, telefonia, pavimentação asfáltica. Fica distante do centro do município de Tupã, sendo área bem afastada, tanto que o fundo do imóvel fica para a rodovia Comandante João Ribeiro de Barros. O imóvel possui área de 1.044,00 m² da Matrícula 27.966 mais 203,00 m² de terreno da matrícula 21.081 totalizando 1.247 m².

DESCRIÇÃO DAS AVERBAÇÕES NAS MATRÍCULAS Nº 27.966 E 21.081 DO CRI DE TUPÃ/SP:Um imóvel comercial, de tijolos, coberto de telhas metálicas, com 373,95m², contendo: 01 galpão, 01 oficina, 01 auto elétrico, 01 escritório,  1 borracharia e 1 wc. Imóvel localizado na Rua Amazonas, da Vila Santa Rita de Cássia, Tupã/SP. Consta no Laudo de Avaliação que o imóvel está em bom estado de conservação sendo utilizado para o fim específico de Comércio de Mármores e Granitos, em pleno funcionamento. O imóvel comercial foi edificado sobre as matrículas nºs 27.966 e 21.081 do CRI de Tupã/SP.

DESCRIÇÃO DA MATRÍCULA nº 27.966 do CRI de TUPÃ/SP:Um terreno com área de 2.446,00 metros quadrados, constituído pela parte do lote nº 01 (um) e a totalidade dos lotes nºs 02 e 03 (dois e três), todos da quadra “ZW””, da Vila City, nesta cidade de Tupã, sem benfeitorias, anexos e formando um todo, então confrontando pela frente com a Rua Amazonas; por um lado, com o remanescente do mesmo lote nº 01; por outro lado, com o lote nº 04, da mesma quadra “Z” e finalmente, pelos fundos com terrenos da Rodovia Comandante João Ribeiro de Barros, cadastrado junto a P.M. sob nº 001433800, 001433900 e 001434000. Consta na Av.3 a retificação da descrição sendo um terreno com a área de 1.044,00m², constituído pela parte do lote nº 01, e a totalidade dos lotes nºs 02 e 03 (dois e três) todos da quadra “Z”, da Vila Santa Rita de Cássia, nesta cidade de Tupã/SP, sem benfeitorias, anexos e formando um só todo, então confrontando pela frente com a Rua Amazonas, numa distância de 36,00 metros sendo que 14,00 metros equivale a testada dos lotes nºs 02 e 03,  8,00 metros equivale a parte do lote nº 01, numa distância de 29,00 metros; pelo lado esquerdo, no mesmo sentido de quem da Rua olha, confronta-se com o lote nº 04, numa distância de 29,00 metros; e finalmente pelos fundos, confronta-se com a Rodovia COmandante João Ribeiro de Barros numa distância de 36,00 metros, situando-se do lado par do referido logradouro e distante da esquina mais próxima, Av. Bahia, 6,00 metros. Imóvel matrícula nº 27.966 do CRI de Tupã/SP.

ÔNUS:Consta na referida matrícula: R.11- HIPOTECA de 1º grau do imóvel, em favor de Banco Bradesco S/A; R.12- HIPOTECA de 2º grau do imóvel, em favor de Banco Bradesco S/A; R.13- HIPOTECA de 3º grau do imóvel, em favor de Banco Bradesco S/A; AV.16- PENHORA do imóvel, nestes autos; AV.17- PENHORA do imóvel, expedido pelo 2º Ofício Judicial da Comarca de Tupã/SP, no proc. nº 517/2010, movido por Banco Bradesco S/A; AV.18- PENHORA do imóvel, expedido pelo 2º Ofício Cível da Comarca de Tupã/SP, no proc. nº 518/10, movido por Banco Bradesco S/A.

DESCRIÇÃO DA MATRÍCULA Nº 21.081 DO CRI DE TUPÃ/SP:Parte do lote de terreno, sob nº 4 (quatro) da quadra “Z”, da Vila City, complemento desta cidade de Tupã/SP, dita parte sem benfeitorias, medindo 7,00m (sete) metros de frente, para a Rua Amazonas, 29,00 (vinte e nove) metros pelo lado direito de quem da Rua olha o terreno, confrontando com o lote nº 3; 29,00 (vinte e nove) metros pelo lado esquerdo, confrontando com o remanescente do mesmo lote nº 04; e, 7,00 (sete) metros nos fundos, confrontando com a Rodovia Comandante João Ribeiro de Barros, encerrando a área de 203,00 (duzentos e três) metros quadrados. Imóvel matrícula nº 21.081 do CRI de Tupã/SP.

ÔNUS:Consta na referida matrícula: AV.11- PENHORA do imóvel, expedido pelo 2º Ofício Cível da Comarca de Tupã/SP, no proc. nº 0003523-06.2010.8.26.0637 nº de ordem 518/10, movido por Banco Bradesco S/A.

VALOR DA AVALIAÇÃO:R$ 314.009,95 (Trezentos e quatorze mil, nove reais e noventa e cinco centavos)

OBS.:A descrição do(s) bem é uma cópia fiel das informações fornecidas pelos cartórios, comitente ou outro órgão responsável. O(s) bem(ns) será(ão) vendido(s) no estado em que se encontra(m). Reservamo-nos o direito de corrigir possíveis erros de digitação.


Link do processo clique aqui.

Link googlemaps clique aqui.

Os Links de esaj e googlemaps divulgadas no PORTAL LEGIS LEILÕES são informais e podem ocorrer erros, não servindo de parâmetro para demonstrar o estado dos bens ou influenciar a decisão de oferta de lances para arrematação.


Aquele que tentar fraudar a arrematação, além da reparação do dano na esfera cível - arts. 186 e 927 do Código Civil - ficará sujeito as penalidades do artigo 358 do Código Penal: Art. 358 - Impedir, perturbar ou fraudar arrematação judicial; afastar ou procurar afastar concorrente ou licitante, por meio de violência, grave ameaça, fraude ou oferecimento de vantagem: Pena - detenção, de 2 (dois) meses a 1 (um) ano, ou multa, além da pena correspondente à violência.

IMÓVEL COMERCIAL C/ 3.185,795M²

Lote 01: IMÓVEL COMERCIAL C/ 3.185,795M²

Valores atualizados

Avaliação958.077,60
Lance mínimo574.846,56
Incremento3.000,00

Resultado parcial

Maior lanceN/D
UsuárioN/D
Visitas833

Localização:Avenida Professor Mario Teixeira Mariano, Araraquara/SP 

Fórum/Vara:1ª VARA CÍVEL DA COMARCA DE ARARAQUARA – SP

Nº do processo:1015721-05.2016.8.26.0037

RQTE:BANCO DO BRASIL S/A

RQDO:HIDRAL MAC INDUSTRIAL LTDA 


LEILÃO JUDICIAL - SOMENTE ON-LINE!

O 1° Leilão terá início no dia 01/07/2020 à partir das 14:35h, e encerramento no dia 06/07/2020 às 14:35h; não havendo lance superior ou igual ao da avaliação, seguir-se-á, sem interrupção,o 2° Leilão, que se estenderá em aberto para captação de lances e se encerrará em 27/07/2020 às 14:35h(ambos no horário de Brasília), sendo vendido o bem pelo maior lance ofertado, desde que não inferior a60%(sessenta por cento) do valor da avaliação. 

1º Leilão - Lance mínimo  R$ 958.077,60

2º Leilão - Lance mínimo  R$ 574.846,56


DESCRIÇÃO:Um imóvel Comercial - DESCRIÇÃO DA MATRÍCULA: Área “B” do desmembramento do lote 06 da quadra “A” do loteamento denominado “V Distrito Industrial de Araraquara” - Parque Belvedere, com a área de 3.185,795m², medindo 78,65 metro de frente para a avenida Professor Mario Teixeira Mariano; 79,65 metros na linha dos fundos, confrontando com a área A (M. 102.345); 40,00 metros do lado esquerdo, confrontando com o lote 04; 39,00 metros do lado direito, confrontando com a rua Professor Luiz Carlos Doria Teixeira de Camargo (Cinturão Verde); 1,57 metros em curva de concordância na confluência dos alinhamento prediais da avenida Professor Mario Teixeira Mariano com a rua Professor Luiz Carlos Doria Teixeira de Camargo (Cinturão Verde). Cadastro: 09.075.008. Consta no laudo de avaliação que o referido imóvel é composto de estacionamento para veículos, cobertura para armazenamento de resíduos, área de lazer e prédio de escritórios. Cobertura para Resíduos: Estrutura metálica coberta com telha de alumínio, piso em solo natural, utilizada para depósito de resíduos, com área total de 130,24m². Prédio 1 - Área de lazer: Edificação com paredes em alvenarias revestidas com azulejo, cobertura com telhas cerâmicas apoiadas sobre estrutura metálica, forro de laje, piso cerâmico, caixilhos de ferro, instalações elétricas e hidráulicas embutidas, utilizada para copa e cozinha, com área total de 39,83m². Prédio 1 - Área de Lazer - Cobertura Garagem: Estrutura metálica coberta com telha cerâmica, piso cerâmico, aberta nas laterais, utilizada como garagem, com área total de 85,98m². Prédio 2 - Escritório: Edificação em três pavimentos, subdivididos em pavimento térreo, superior e mezanino, com paredes em alvenaria revestidas e com pintura látex, cobertura com telhas cerâmicas apoiadas sobre estrutura metálica, piso cerâmico, caixilhos de ferro, instalações elétricas e hidráulicas embutidas, utilizado como escritório e sala de treinamento, com área total de 255,26m². Muro: Muro de alvenaria de bloco de concreto, sem revestimento, com 197,30 metros lineares e 493,25m². Imóvel matrícula nº 102.346 do CRI de Araraquara/SP.

VALOR DA AVALIAÇÃO:R$ 958.077,60 (Novecentos e cinquenta e oito mil, setenta e sete reais e sessenta centavos)

ÔNUS:Consta na referida matrícula: AV.3- PENHORA do imóvel, expedido pela 2ª Vara do Trabalho de Araraquara, no proc. nº 00003025620145150079, movido por Willian Cesar de Souza; AV.6- PENHORA do imóvel, nestes autos; AV.7- PENHORA do imóvel, expedido pela 2ª Vara do Trabalho de Araraquara, no proc. nº 00105293720165150079, movido por Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Metalúrgicas Mecânicas e de Materiais Elétricos de Araraquara e Américo Brasiliense;

OBS.:A descrição do(s) bem é uma cópia fiel das informações fornecidas pelos cartórios, comitente ou outro órgão responsável. O(s) bem(ns) será(ão) vendido(s) no estado em que se encontra(m). Reservamo-nos o direito de corrigir possíveis erros de digitação.


Link do processo clique aqui.

Link googlemaps clique aqui.

Os Links de esaj e googlemaps divulgadas no PORTAL LEGIS LEILÕES são informais e podem ocorrer erros, não servindo de parâmetro para demonstrar o estado dos bens ou influenciar a decisão de oferta de lances para arrematação.


Aquele que tentar fraudar a arrematação, além da reparação do dano na esfera cível - arts. 186 e 927 do Código Civil - ficará sujeito as penalidades do artigo 358 do Código Penal: Art. 358 - Impedir, perturbar ou fraudar arrematação judicial; afastar ou procurar afastar concorrente ou licitante, por meio de violência, grave ameaça, fraude ou oferecimento de vantagem: Pena - detenção, de 2 (dois) meses a 1 (um) ano, ou multa, além da pena correspondente à violência.

IMÓVEL COMERCIAL/RESIDENCIAL

Lote 01: IMÓVEL COMERCIAL/RESIDENCIAL

Valores atualizados

Avaliação322.183,74
Lance mínimo193.310,24
Incremento1.000,00

Resultado parcial

Maior lanceN/D
UsuárioN/D
Visitas745

Localização:Av. Jurema, Iacri/SP

Fórum/Vara:VARA ÚNICA DA COMARCA DE BASTOS – SP

Nº do processo:1000308-84.2015.8.26.0069

RQTE:COOPERATIVA DE CRÉDITO DE LIVRE ADMISSÃO DO VALE DO PARANAPANEMA - SICOOB CREDIVALE

RQDO:GUILHERME VIEIRA HERNANDEZ 


LEILÃO JUDICIAL - SOMENTE ON-LINE!

O 1° Leilão terá início no dia 01/07/2020 à partir das 14:25h, e encerramento no dia 06/07/2020 às 14:25h; não havendo lance superior ou igual ao da avaliação, seguir-se-á, sem interrupção,o 2° Leilão, que se estenderá em aberto para captação de lances e se encerrará em 27/07/2020 às 14:25h(ambos no horário de Brasília), sendo vendido o bem pelo maior lance ofertado, desde que não inferior a60%(sessenta por cento) do valor da avaliação. 

1º Leilão - Lance mínimo  R$ 322.183,74

2º Leilão - Lance mínimo  R$ 193.310,24


DESCRIÇÃO:Um imóvel comercial/Residencial - DESCRIÇÃO DA MATRÍCULA: Um lote de terreno urbano, formado pelo lote nº 5 (cinco) e parte do lote nº 6 (seis) de quadra nº 11 (onze) da planta geral da cidade de Iacri, desta comarca de Tupã, medindo o lote nº 5 (cinco) 14 metros de frente por 28 ditos da frente aos fundos, de cada lado e a parte do lote de nº 6 (seis) mede 1 (hum) metro de frente por 28 ditos da frente aos fundos, que por serem unidos entre si, formam um só todo que mede (quinze) 15 metros de frente por 28 (vinte oito) metros da frente aos fundos, de cada lado, em confrontação em sua integridade, pela frente com a Avenida Jurema,lado par, de um lado com o lote nº 4, de outro lado com o remanescente do mesmo lote nº 6, e nos fundos com o lote nº 7, todos da mesma quadra, contendo no referido terreno um prédio de tijolos coberto de telhas, com 07 cômodos, da referida Av. Jurema, distando 13 metros da esquina da Rua Bahia, cuja construção é antiga anterior a 22-11-66. Consta no laudo de avaliação que trata-se de um prédio de tijolos, coberto de telhas com área total de aproximadamente 320,00m², sendo um salão comercial com 95,00m², uma residência com 135,00m² e no fundo um barracão com 90,00m². Imóvel localizado na Av. Jurema, Iacri/SP. Imóvel matrícula nº 7.154 do CRI de Tupã/SP.

VALOR DA AVALIAÇÃO:R$ 322.183,74 (Trezentos e vinte e dois mil, cento e oitenta e três reais e setenta e quatro centavos)

ÔNUS:Consta na referida matrícula: R.10- HIPOTECA de 1º grau do imóvel, em favor de Cooperativa de Crédito Rural Vale do Paranapanema - CREDIVALE; R.11- HIPOTECA de 2º grau do imóvel, em favor de Cooperativa de Crédito Rural Vale do Paranapanema - CREDIVALE; AV.12- PENHORA do imóvel, expedido pela Vara Única do Foro de Bastos, no proc. nº 0000422-74.2014.26.0069, movido Banco John Deere S/A; AV.13- PENHORA do imóvel, expedido pelo 2º Ofício Cível da Comarca de Presidente Prudente, no proc. nº 1002660-71.2014.8.26.0482, movido Cooperativa de Crédito Rural Vale do Paranapanema - CREDIVALE; AV.14- PENHORA do imóvel, nestes autos; AV.15- PENHORA do imóvel, expedido pela Vara Única do Foro de Bastos, no proc. nº 1000080-12.2015.8.26.0069, movido Cooperativa de Crédito de Livre Admissão do Vale do Paranapanema - SICOOB;

OBS.:A descrição do(s) bem é uma cópia fiel das informações fornecidas pelos cartórios, comitente ou outro órgão responsável. O(s) bem(ns) será(ão) vendido(s) no estado em que se encontra(m). Reservamo-nos o direito de corrigir possíveis erros de digitação.


Link do processo clique aqui.

Link googlemaps clique aqui.

Os Links de esaj e googlemaps divulgadas no PORTAL LEGIS LEILÕES são informais e podem ocorrer erros, não servindo de parâmetro para demonstrar o estado dos bens ou influenciar a decisão de oferta de lances para arrematação.


Aquele que tentar fraudar a arrematação, além da reparação do dano na esfera cível - arts. 186 e 927 do Código Civil - ficará sujeito as penalidades do artigo 358 do Código Penal: Art. 358 - Impedir, perturbar ou fraudar arrematação judicial; afastar ou procurar afastar concorrente ou licitante, por meio de violência, grave ameaça, fraude ou oferecimento de vantagem: Pena - detenção, de 2 (dois) meses a 1 (um) ano, ou multa, além da pena correspondente à violência.

IMÓVEL COMERCIAL A.T. 235,00M²

Lote 01: IMÓVEL COMERCIAL A.T. 235,00M²

Valores atualizados

Avaliação263.987,11
Lance mínimo263.987,11
Incremento1.000,00

Resultado parcial

Maior lanceN/D
UsuárioN/D
Visitas487

Localização:  Rua Atilio Frezarin, 222, Lençóis Paulista/SP

Fórum/Vara:2ª VARA CÍVEL DA COMARCA DE LENÇÓIS PAULISTA – SP

Nº do processo:1002611-58.2019.8.26.0319

RQTE:CLEIDE MARIA DUQUE ARANHA

RQDO:PEDRO CLAIR VIVIAN e demais interessados.


LEILÃO JUDICIAL - SOMENTE ON-LINE!

O 1° Leilão terá início no dia 24/07/2020 à partir das 14:35h, e encerramento no dia 29/07/2020 às 14:35h; não havendo lance superior ou igual ao da avaliação, seguir-se-á, sem interrupção,o 2° Leilão, que se estenderá em aberto para captação de lances e se encerrará em 26/08/2020 às 14:35h(ambos no horário de Brasília), sendo vendido o bem pelo maior lance ofertado, desde que não inferior a 60%(sessenta por cento) do valor da avaliação. 

1º Leilão - Lance mínimo  R$ 263.987,11

2º Leilão - Lance mínimo  R$ 158.392,26


DESCRIÇÃO:Um imóvel comercial - DESCRIÇÃO DA MATRÍCULA: Um lote de terreno urbano, sob no 16 (dezesseis) da Quadra “A” da Vila Vergilio Capoani, situado nesta cidade e Comarca de Lençóis Paulista, Estado de São Paulo, na Rua Nº 1, por um lado medindo 25,00 metros, divide com o lote nº 15 da quadra “A”, de outro lado, medindo 25,00 metros, divide com o lote nº 17 da quadra “A”, e nos fundos 8,80 metros, dividindo com a Estrada de Ferro Sorocabana, encerrando uma área total de 235,00 metros quadrados, Cadastro Municipal no 6.684-2. Consta no laudo de avaliação construções e benfeitorias, com área 179,38m², tipo salão comercial, com as divisões, banheiro com área de serviço e escritório com banheiro, cobertura  em telhas metálicas, estrutura da cobertura Metálica, piso cimentado no salão e cerâmica nos banheiros e escritório, revestimento em cerâmica nos banheiros, sem forração no salão, laje no banheiro e escritório, esquadrias metálicas e madeira, pintura Látex, verniz e esmalte, fechamento em alvenaria. Conservação Regular, com parte pontuais boa. Imóvel localizado na Rua Dom Pedro I n° 157, Possui também o nº 222 pela Rua Atilio Frezarin, Lençóis Paulista/SP. Imóvel matrícula nº 17.259 do CRI de Lençóis Paulista/SP.

VALOR DA AVALIAÇÃO:R$ 263.987,11 (Duzentos e sessenta e três mil, novecentos e oitenta e sete reais e onze centavos)

ÔNUS:Consta na referida matrícula: AV.10- PENHORA do imóvel, expedido pelo 1º ofício Cível da Comarca de Araraquara/SP, no proc. nº 1013149-08.2018.8.26.0037, movido por Cleide Maria Duque Aranha.

OBS.:A descrição do(s) bem é uma cópia fiel das informações fornecidas pelos cartórios, comitente ou outro órgão responsável. O(s) bem(ns) será(ão) vendido(s) no estado em que se encontra(m). Reservamo-nos o direito de corrigir possíveis erros de digitação.


Link do processo clique aqui.

Link googlemaps clique aqui.

Os Links de esaj e googlemaps divulgadas no PORTAL LEGIS LEILÕES são informais e podem ocorrer erros, não servindo de parâmetro para demonstrar o estado dos bens ou influenciar a decisão de oferta de lances para arrematação.


Aquele que tentar fraudar a arrematação, além da reparação do dano na esfera cível - arts. 186 e 927 do Código Civil - ficará sujeito as penalidades do artigo 358 do Código Penal: Art. 358 - Impedir, perturbar ou fraudar arrematação judicial; afastar ou procurar afastar concorrente ou licitante, por meio de violência, grave ameaça, fraude ou oferecimento de vantagem: Pena - detenção, de 2 (dois) meses a 1 (um) ano, ou multa, além da pena correspondente à violência.

IMÓVEL RESIDENCIAL/COMERCIAL

Lote 01: IMÓVEL RESIDENCIAL/COMERCIAL

Valores atualizados

Avaliação335.216,16
Lance mínimo335.216,16
Incremento10.000,00

Resultado parcial

Maior lanceN/D
UsuárioN/D
Visitas918

Localização: Rua Independência, 369, Marília - SP

Fórum/Vara: 3ª VARA CÍVEL DA COMARCA DE MARÍLIA – SP

Nº do processo: 0000023-16.2002.8.26.0344/01

RQTE: MARIA ROSA CALVO

RQDO: JOÃO ANTÔNIO REDONDO 


LEILÃO JUDICIAL - SOMENTE ON-LINE!

O 1° Leilão terá início no dia 22/07/2020 à partir das 14:30h, e encerramento no dia 27/07/2020 às 14:30h; não havendo lance superior ou igual ao da avaliação, seguir-se-á, sem interrupção,o 2° Leilão, que se estenderá em aberto para captação de lances e se encerrará em 24/08/2020 às 14:30h(ambos no horário de Brasília), sendo vendido o bem pelo maior lance ofertado, desde que não inferior a60%(sessenta por cento) do valor da avaliação. 

1º Leilão - Lance mínimo  R$  335.216,16

2º Leilão - Lance mínimo  R$ 201.129,69


DESCRIÇÃO:  UM IMÓVEL COMERCIAL/RESIDENCIAL -  DESCRIÇÃO DA MATRÍCULA: Uma casa de tábuas, sob o número trezentos e noventa e seis (396) da avenida Independência, dependências, instalações e benfeitorias existentes e o terreno respectivo medindo dez (10) metros de frente para a avenida Independência, por vinte e dois (22) metros da frente aos fundos pela Rua Mato Grosso, com a qual faz esquina, ou sejam duzentos e vinte metros quadrados, compreendendo parte do lote doze (12), do quarteirão quarenta e nove (49), do patrimônio de Marília, nesta cidade, confrontando de um lado com o lote treze (13); nos fundos com terrenos restantes do lote doze (12). Consta no laudo de avaliação que foi construído uma casa em tijolos, sendo na parte da frente funciona um escritório, na esquina uma empresa de reciclagem de materiais eletrônicos e na lateral há uma residência. No escritório tem sala de recepção, 2 salas e 2 lavabos. Na residência possui 2 salas, banheiro, cozinha, 2 dormitórios e área de serviço. Imóvel localizado na Rua Independência, 369, Marília - SP. Imóvel matriculado sob nº 2555 do 2º CRI de Marília - SP. 

VALOR DA AVALIAÇÃO:R$ 335.216,16 (Trezentos e trinta e cinco mil, duzentos e dezesseis reais e dezesseis centavos)

ÔNUS: Consta na matrícula:AV.9-PENHORA da fração ideal de ¼ do imóvel, expedido pela 1ª Vara do Trabalho de Marília, no proc. nº 0002569.73-2012.5.02.0421, movido por Genivaldo Queiroz dos Santos;AV.10-PENHORA da fração ideal de 25% do imóvel, nestes autos. 

OBS.:  A descrição do(s) bem é uma cópia fiel das informações fornecidas pelos cartórios, comitente ou outro órgão responsável. O(s) bem(ns) será(ão) vendido(s) no estado em que se encontra(m). Reservamo-nos o direito de corrigir possíveis erros de digitação.


Link do processo clique aqui.

Link googlemaps clique aqui.

Os Links de esaj e googlemaps divulgadas no PORTAL LEGIS LEILÕES são informais e podem ocorrer erros, não servindo de parâmetro para demonstrar o estado dos bens ou influenciar a decisão de oferta de lances para arrematação.


Aquele que tentar fraudar a arrematação, além da reparação do dano na esfera cível - arts. 186 e 927 do Código Civil - ficará sujeito as penalidades do artigo 358 do Código Penal: Art. 358 - Impedir, perturbar ou fraudar arrematação judicial; afastar ou procurar afastar concorrente ou licitante, por meio de violência, grave ameaça, fraude ou oferecimento de vantagem: Pena - detenção, de 2 (dois) meses a 1 (um) ano, ou multa, além da pena correspondente à violência.

IMÓVEL INDUSTRIAL C/ APROX. 3.000M²

Lote 01: IMÓVEL INDUSTRIAL C/ APROX. 3.000M²

Valores atualizados

Avaliação1.805.676,96
Lance mínimo1.805.676,96
Incremento10.000,00

Resultado parcial

Maior lanceN/D
UsuárioN/D
Visitas817

Localização:Avenida F, São Manuel/SP

Fórum/Vara:  2ª VARA CÍVEL DA COMARCA DE SÃO MANUEL – SP

Nº do processo: 0002887-92.2002.8.26.0581

RQTE: INSS INSTITUTO NACIONAL DE SEGURO SOCIAL

RQDO: POLIFIBER INDUSTRIA E COMÉRCIO  LTDA e demais interessados.


LEILÃO JUDICIAL - SOMENTE ON-LINE!

O 1° Leilão terá início no dia 07/11/2019 a partir das 14:35h, e encerramento no dia 13/11/2019 a partir das 14:35h; não havendo lance superior ou igual ao da avaliação, seguir-se-á, sem interrupção,o 2° Leilão, que se estenderá em aberto para captação de lances e se encerrará em 11/12/2019 a partir das 14:35h(ambos no horário de Brasília), sendo vendido o bem pelo maior lance ofertado, desde que não inferior a  70% (Setenta por cento) da última avaliação atualizada ou 80% do valor de avaliação atualizada, caso se trate de imóvel de incapaz.

1º Leilão - Lance mínimo  R$1.805.676,96

2º Leilão - Lance mínimo  R$ 1.263.973,87


DESCRIÇÃO:  IMÓVEL INDUSTRIAL - consistente em UM PRÉDIO CONSTRUÍDO EM ESTRUTURA METÁLICA E ALVENARIA, medindo aproximadamente 3.000 m², localizado no distrito de Aparecida de São Manuel, município e comarca de São Manuel,  constante em duas matrículas – Matrículas números 7.727 e 7.729 do livro 02 do Cartório de Registro de Imóveis da Comarca de São Manuel/SP, cuja averbação não consta nas matrículas, conforme descrição dos lotes a seguir: 

DESCRIÇÃO DA MATRÍCULA n° 7727 no CRI de São Manuel-SP:Um lote de terreno sob n° 02 (dois), da Quadra E, do desmembramento denominado Chácaras água da Rosa, no distrito de Aparecida de São Manuel, município e comarca de São Manuel, circunscrição única, com a área de 7.571,16 metros quadrados, com as seguintes medidas e confrontações: com frente para a RUA E mede, 116,25 metros; do lado direito confronta com o lote n° 3, Quadra E, mede 50,76 metros; do lado esquerdo confronta com o lote n° 1, Quadra E, mede 73,00 metros; aos fundos confronta  com o lote n° 4 e uma área pertencente a P.M.S.M.; mede 131,50 metros. Imóvelmatriculado sob n° 7727no CRI deSão Manuel-SP. 

ÔNUS:Consta noR.5da matrículaPENHORA do imóvel, nos Autos da Execução Fiscal n° 153/96, da 1ª Vara Cível da Comarca de São Manuel/SP.R.6PENHORA,expedida pela 2ª Vara de São Manuel – SP, Execução Fiscal proc. n° 682/98.R.7 -PENHORA, expedidapela 1ª Vara de São Manuel, Execução Fiscal proc. n° 117/99 movido pela Fazenda do Estado de São Paulo.R.8 -PENHORA, expedidapela 2ª Vara de São Manuel/SP, Execução Fiscal proc. n° 062/03.R.9 -PENHORA, expedidapela 1ª Vara de São Manuel/SP, Execução Fiscal proc. n° 051/03.R.10 - PENHORA, expedidapela 1ª Vara de São Manuel/SP, Execução Fiscal proc. n°052/03.R.11 -PENHORA, expedidapela 1ª Vara de São Manuel/SP, Execução Fiscal proc. n°047/04.R.12 -PENHORA, expedidapela 1ª Vara de São Manuel/SP, Execução Fiscal proc. n°230/04.R.13 -PENHORA, expedidapela 1ª Vara de São Manuel/SP, Execução Fiscal proc. n° 234/04.R.14 -PENHORA, expedidapela 1ª Vara de São Manuel/SP, Execução Fiscal proc. n° 39/05.R.15 -PENHORA, expedidapela 2ª Vara de São Manuel/SP, Execução Fiscal proc. n° 124/04.R.16 -PENHORA, expedidapela 2ª V.C. de São Manuel/SP, Execução Fiscal proc. n° 046/05.R.17 -PENHORA, expedidapela 2ª Vara de São Manuel/SP, Execução Fiscal proc. n° 047/05.R.18 -PENHORA, expedidapela 2ª Vara de São Manuel/SP, Execução Fiscal proc. n° 055/05.R.19 -PENHORA, expedidapela 1° Ofício Judicial Cível de São Manuel/SP, Execução Fiscal proc. n° 122/05.R.20 -PENHORA, expedidapela 1° Ofício Judicial Cível São Manuel/SP, Execução Fiscal proc. n°106/06.R.21 -PENHORA, expedidapela 1° Ofício Judicial Cível São Manuel/SP, Execução Fiscal proc. n° 10/06.R.24 -PENHORA, expedidapela 2ª V.C. de São Manuel/SP, Execução Fiscal proc. n° 026/07.R.25 -PENHORA, expedidapela 2ª V.C. de São Manuel/SP, Execução Fiscal proc. n° 70/2007.R.26 - PENHORA, expedidapela 2ª V.C. de São Manuel/SP, Execução Fiscal proc. n° 755/06.R.27 -PENHORA, expedidapela 2ª V.C. de São Manuel/SP, Execução Fiscal proc. n° 014/99.R.28 -PENHORA, expedidapela 1ª Vara de São Manuel/SP, Execução Fiscal proc. n° 59/05.R.29 -PENHORA, expedidapela 2ª Vara de São Manuel/SP, Execução Fiscal proc. n° 043/03.R.30 -PENHORA, expedidapela 1ª Vara de São Manuel/SP, Execução Fiscal proc. n° 052/07.R.31 -PENHORA, expedidapela 1ª V.C. de São Manuel/SP, Execução Fiscal proc. n° 69/08.R.32 -PENHORA, expedidapela 2ª Vara de São Manuel/SP, Execução Fiscal proc. n° 692/98.R.33 –PENHORA do imóvel,pela 2ª V.C. de São Manuel/SP, Execução Fiscal proc. n° 90/09.AV.34 -PENHORA, expedidapela 2ª V.C. de São Manuel/SP, nos autos da Execução Fiscal proc. n° 94/09.AV.36 -PENHORA, expedidapela 2° Ofício Judicial Cível de São Manuel/SP, Execução Fiscal proc. n° 84/09.AV.37 -PENHORA, expedidapela 2° Ofício Judicial Cível de São Manuel/SP, Execução Fiscal proc. n° 581.01.2009.003653-1 (n. de Ordem 105/09).AV.38 -PENHORA, expedidapela 2ª V.C. de São Manuel/SP, Execução Fiscal proc. n° 581.01.2002.002887-0 (n. de Ordem 323/02).AV.39 -PENHORA, expedidapela 2ª V.C. de São Manuel/SP, Execução Fiscal proc. n° 581.01.2000.002104-4 (n° de Ordem 72/00).AV.40 -PENHORA, expedidapela 1ª Vara de São Manuel/SP, Execução Fiscal proc. n° 581.01.2010.004486-5 (n° de ordem 227/10).AV.41 -PENHORA, expedidapela 2ª V.C. de São Manuel/SP, Execução Fiscal proc. n° 581.01.2007.001402-4 (n° d ordem 26/07).AV.42 -PENHORA, expedidapela 1ª V.C. de São Manuel/SP, Execução Fiscal proc. n° 581.01.2010.0077602-1 (n° de ordem 904/10).AV.43 -PENHORA, expedidapela 1ª V.C. de São Manuel/SP, Execução Fiscal proc. n° 581.01.2010.003269-1 (n° de ordem 169/10).AV.44 -PENHORA, expedidapela 2ª V.C. de São Manuel/SP, Execução Fiscal proc. n° 25/2000.AV.45Consta que foi decretada a FALÊNCIA de POLIFIBER IND. E COM. LTDA, nos autos n° 581.01.2009.007013-1, ordem n° 1392/2009.R.46Consta que diante do julgamento de agravo de instrumento foi REVOGADA A FALÊNCIA de POLIFIBER IND. E COM. LTDA, constante na AV.45.R.47 -PENHORA, expedidapela Vara do Trabalho de Botucatu-SP/TRT da 15ª Região, nos autos do proc. n° 0131500-10.2002.5.15.0025, ação trabalhista movida por José Luiz Maziero.AV.48 -PENHORA, expedidapela 1° Ofício Judicial de São Manuel/SP, Execução Fiscal proc. n° 262005.AV.49 -PENHORA, expedidapela 2° Ofício Judicial de São Manuel/SP, Execução Fiscal proc. n° 0001867-66.2002.8.26.0581.R.50 –PENHORA, expedidapela 1° Ofício Judicial de São Manuel/SP, Execução Fiscal proc. n° 181128.2005.8.26.0581.R.51 -PENHORA, expedidapela 2° Ofício Judicial de São Manuel/SP, Execução Fiscal proc. n° 0181043.2005.8.26.0581;AV.52-PENHORA do imóvel, expedido pelo 2º Ofício Judicial da Comarca de São Manuel, no proc. nº 000121189-89.2014.8.26.0581, movido por Procuradoria Seccional da Fazenda Nacional em Bauru;AV.53-PENHORA do imóvel, expedido pelo 2º Ofício Judicial da Comarca de São Manuel, no proc. nº 0000070-94.1998.8.26.0581, movido por União - Fazenda Nacional;AV.54-PENHORA do imóvel, expedido pelo 2º Ofício Judicial da Comarca de São Manuel, no proc. nº 0001136-41.2000.8.26.0581, movido por Ministério da Fazenda;AV.55-PENHORA do imóvel, expedido pela 1ª Vara Federal de Botucatu, no proc. nº 0002848-16.2016.4.03.6131, movido por Fazenda Nacional;AV.56-PENHORA do imóvel, expedido pela 1ª Vara Federal de Botucatu, no proc. nº 0000544-78.2015.4.03.6131, movido por Fazenda Nacional;AV.57- PENHORA do imóvel, expedido pelo 1º Ofício Judicial da Comarca de São Manuel, no proc. nº 0007003-29.2011.8.26.0581, movido por Município de São Manuel;AV.58-PENHORA do imóvel, expedido pela 1ª Vara Federal de Botucatu, no proc. nº 0002000-63.2015.4.03.6131, movido por Fazenda Nacional;AV.59-PENHORA do imóvel, expedido pelo 1º Vara Federal de Botucatu/SP, no proc. nº 0002143-18.2016.403.6131, movido Fazenda Nacional.

MATRÍCULA n° 7729 no CRI de São Manuel-SP:Um lote de terreno sob n° 04, quadra “E” do desmembramento denominado Chácara Água da Rosa, no distrito de Aparecida de São Manuel, município e comarca de São Manuel, circunscrição única,com área de 5.000,21m², com as seguintes medidas e confrontações: - com frente para AVENIDA “F” (Rua Guilherme Ortolan), mede 97,61 metros; do lado direito confronta com uma área de P.M.S.M., mede 57,40 metros; do lado esquerdo confronta com o lote 03, quadra “E”, mede 43,57 metros; aos fundos confronta com o lote 02, quadra “E”, mede 101,24 metros.Imóvelmatriculado sob n° 7729no CRI deSão Manuel-SP. 

ÔNUS:Consta na matrículaR.6PENHORA,expedida pela 2ª Vara de São Manuel – SP, Execução Fiscal proc. n° 682/98.R.7 -PENHORA, expedidapela 1ª Vara de São Manuel, Execução Fiscal proc. n° 117/99 movido pela Fazenda do Estado de São Paulo.R.8 -PENHORA, expedidapela 2ª Vara de São Manuel/SP, Execução Fiscal proc. n° 062/03.R.9 -PENHORA, expedidapela 1ª Vara de São Manuel/SP, Execução Fiscal proc. n° 051/03.R.10 - PENHORA, expedidapela 1ª Vara de São Manuel/SP, Execução Fiscal proc. n°052/03.R.11 -PENHORA, expedidapela 1ª Vara de São Manuel/SP, Execução Fiscal proc. n°047/04.R.12 -PENHORA, expedidapela 1ª Vara de São Manuel/SP, Execução Fiscal proc. n°230/04.R.13 -PENHORA, expedidapela 1ª Vara de São Manuel/SP, Execução Fiscal proc. n° 234/04.R.15 -PENHORA, expedidapela 1ª Vara de São Manuel/SP, Execução Fiscal proc. n° 39/05.R.16 -PENHORA, expedidapela 2ª Vara de São Manuel/SP, Execução Fiscal proc. n° 124/04.R.17 -PENHORA, expedidapela 2ª V.C. de São Manuel/SP, Execução Fiscal proc. n° 046/05.R.18 -PENHORA, expedidapela 2ª Vara de São Manuel/SP, Execução Fiscal proc. n° 047/05.R.19 -PENHORA, expedidapela 2ª Vara de São Manuel/SP, Execução Fiscal proc. n° 055/05.R.20 -PENHORA, expedidapela 1° Ofício Judicial Cível de São Manuel/SP, Execução Fiscal proc. n° 122/05.R.21 -PENHORA, expedidapela 1° Ofício Judicial Cível São Manuel/SP, Execução Fiscal proc. n°106/06.R.22 -PENHORA, expedidapela 1° Ofício Judicial Cível São Manuel/SP, Execução Fiscal proc. n° 107/06.R.25 -PENHORA, expedidapela 2ª V.C. de São Manuel/SP, Execução Fiscal proc. n° 026/07.R.26 -PENHORA, expedidapela 2ª V.C. de São Manuel/SP, Execução Fiscal proc. n° 70/07.R.27 - PENHORA, expedidapela 2ª V.C. de São Manuel/SP, Execução Fiscal proc. n° 755/06.R.28 -PENHORA, expedidapela 2ª V.C. de São Manuel/SP, Execução Fiscal proc. n° 014/99.R.29 -PENHORA, expedidapela 1ª Vara de São Manuel/SP, Execução Fiscal proc. n° 59/05.R.30 -PENHORA, expedidapela 2ª Vara de São Manuel/SP, Execução Fiscal proc. n° 043/03.R.31 -PENHORA, expedidapela 1ª Vara de São Manuel/SP, Execução Fiscal proc. n° 052/07.R.32 -PENHORA, expedidapela 1ª V.C. de São Manuel/SP, Execução Fiscal proc. n° 69/08.R.33 -PENHORA, expedidapela 2ª Vara de São Manuel/SP, Execução Fiscal proc. n° 692/98.R.34 –PENHORA, correspondente a fração ideal de 1% do imóvel a que se refere a presente matrícula, expedidapela 2ª V.C. de São Manuel/SP, Execução Fiscal proc. n° 042/99.R.35 -PENHORA, correspondente a fração ideal de 1% do imóvel a que se refere a presente matrícula, expedidapela 1ª V.C. de Americana/SP, nos autos da ação de cobrança proc. n° 1494/05.R.36 -PENHORA, expedidapela 2° Ofício Judicial Cível de São Manuel/SP, Execução Fiscal proc. n° 90/09.R.37 -PENHORA, expedidapela 2° Ofício Judicial Cível de São Manuel/SP, Execução Fiscal proc. n° 94/09.R.38 -PENHORA, expedidapela 2ª V.C. de São Manuel/SP, Execução Fiscal proc. n° 84/09.R.39 -PENHORA, expedidapela 2ª V.C. de São Manuel/SP, Execução Fiscal proc. n° 581.01.2009.003653-1(n° de ordem 105/09).R.40 -PENHORA, expedidapela ª Vara de São Manuel/SP, Execução Fiscal proc. n° 581.01.2002.002887-0 (n° de ordem 323/02).R.41 -PENHORA, expedidapela 2ª V.C. de São Manuel/SP, Execução Fiscal proc. n° 581.01.2000.002104-4 (n° d ordem 72/00).R.42 -PENHORA, expedidapela 1ª V.C. de São Manuel/SP, Execução Fiscal proc. n° 581.01.2010.004486-5 (n° de ordem 227/10).R.43 -PENHORA, expedidapela 1ª V.C. de São Manuel/SP, Execução Fiscal proc. n° 581.01.2010.0077602-1 (n° de ordem 904/10).R.44 -PENHORA, correspondente a fração ideal de 4% do imóvel a que se refere a presente matrícula, expedidapela 2ª V.C. de São Manuel/SP, Execução Fiscal proc. n° 581.01.2010.003269-1 (n° de ordem 169/2010).R.45 -PENHORA, expedidapela 2ª Vara de São Manuel/SP, Execução Fiscal proc. n° de ordem 25/00.R.47 –PENHORA, expedidapela 1° Ofício Judicial de São Manuel/SP, Execução Fiscal proc. n° de ordem 474/1998.R.50 -PENHORA, expedidapela 1° Ofício Judicial de São Manuel/SP, Execução Fiscal proc. n° de ordem 243/11.R.51 -PENHORA, expedidapela 1° Ofício Judicial de São Manuel/SP, Execução Fiscal proc. n° de ordem 31/03.R.52 -PENHORA, expedidapela Vara do Trabalho de Botucatu/SP – TRT 15 da 15ª Região, extraído dos autos do proc. n° 0131500-10.2002.5.15.0025 RTOrd, ação trabalhista movida por José Luiz Maziero.R.53 -PENHORA, expedidapela 1° Ofício Judicial de São Manuel/SP, Execução Fiscal proc. n° 262005.R.54 -PENHORA, expedidapela 2° Ofício Judicial de São Manuel/SP, Execução Fiscal proc. n° 0001867-66.2002.8.26.0581.R.55 -PENHORA, expedidapela 1° Ofício Judicial de São Manuel/SP, Execução Fiscal proc. n° 181128.2005.8.26.0581.R.56 -PENHORA, expedidapela 2° Ofício Judicial de São Manuel/SP, Execução Fiscal proc. n° 0181043.2005.8.26.0581;R.57PENHORA, expedida pelo 1° Ofício Judicial de São Manuel/SP, Execução Fiscal proc. n° 3005182-65.2013.8.26.0581 movido pela Procuradoria Seccional da Fazenda Nacional em Bauru ;R.58PENHORA, expedida pelo 2° Ofício Judicial de São Manuel/SP, Execução Fiscal proc. n° 000121189-89.2014.8.26.0581 movido pela Procuradoria Seccional da Fazenda Nacional em Bauru; R.59PENHORA, expedida pelo 1° Ofício Judicial de São Manuel/SP, Execução Fiscal proc. n° 0003187-34.2014.8.26.0581 movido pela Procuradoria Seccional da Fazenda Nacional em Bauru;AV.60-PENHORA do imóvel, expedido pelo 2º Ofício Judicial da Comarca de São Manuel, no proc. nº 0001136-41.2000.8.26.0581, movido por Ministério da Fazenda;AV.61-PENHORA do imóvel, expedido pelo 2º Ofício Judicial da Comarca de São Manuel, no proc. nº 0000070-94.1998.8.26.0581, movido por União - Fazenda Nacional;AV.62-PENHORA do imóvel, expedido pela 1ª Vara Federal de Botucatu, no proc. nº 0002848-16.2016.4.03.6131, movido por Fazenda Nacional;AV.63-PENHORA do imóvel, expedido pela 1ª Vara Federal de Botucatu, no proc. nº 0000544-78.2015.4.03.6131, movido por Fazenda Nacional;AV.64-PENHORA do imóvel, expedido pela 1ª Vara Federal de Botucatu, no proc. nº 0002000-63.2015.4.03.6131, movido por Fazenda Nacional;AV.65-PENHORA do imóvel, expedido pelo 2º Ofício Judicial da Comarca de São Manuel, no proc. nº 3002678-86.2013.8.26.0581, movido por Ministério da Fazenda;AV.66-PENHORA do imóvel, expedido pela 1ª Vara Federal de Botucatu, no proc. nº 0002143-18.2016.4.03.6131, movido por Fazenda Nacional.

VALOR DA AVALIAÇÃO:R$   1.805.676,96(Um milhão, oitocentos e cinco mil, seiscentos e setenta e seis reais e noventa e seis centavos)

OBS.: A descrição do(s) bem é uma cópia fiel das informações fornecidas pelos cartórios, comitente ou outro órgão responsável. O(s) bem(ns) será(ão) vendido(s) no estado em que se encontra(m). Reservamo-nos o direito de corrigir possíveis erros de digitação.


Link do processo clique aqui.

Link googlemaps clique aqui.

Os Links de esaj e googlemaps divulgadas no PORTAL LEGIS LEILÕES são informais e podem ocorrer erros, não servindo de parâmetro para demonstrar o estado dos bens ou influenciar a decisão de oferta de lances para arrematação.


Aquele que tentar fraudar a arrematação, além da reparação do dano na esfera cível - arts. 186 e 927 do Código Civil - ficará sujeito as penalidades do artigo 358 do Código Penal: Art. 358 - Impedir, perturbar ou fraudar arrematação judicial; afastar ou procurar afastar concorrente ou licitante, por meio de violência, grave ameaça, fraude ou oferecimento de vantagem: Pena - detenção, de 2 (dois) meses a 1 (um) ano, ou multa, além da pena correspondente à violência.

IMÓVEL COMERCIAL + 81.921,21M²

Lote 01: IMÓVEL COMERCIAL + 81.921,21M²

Valores atualizados

Avaliação20.878.929,26
Lance mínimo20.878.929,26
Incremento20.000,00

Resultado parcial

Maior lanceN/D
UsuárioN/D
Visitas452

Localização:Avenida José Horácio Mellão, 1365, São Manuel/SP

Fórum/Vara:2ª VARA DA COMARCA DE SÃO MANUEL – SP

Nº do processo:0002753-06.2018.8.26.0581

RQTE:ANA MARIA DE OLIVEIRA SANTAREM

RQDO:COOPERATIVA DE CAFEICULTORES DA ZONA DE SÃO MANUEL 


LEILÃO JUDICIAL - SOMENTE ON-LINE!

O 1° Leilão terá início no dia 24/08/2020 à partir das 15:00h, e encerramento no dia 31/08/2020 às 15:00h; não havendo lance superior ou igual ao da avaliação, seguir-se-á, sem interrupção,o 2° Leilão, que se estenderá em aberto para captação de lances e se encerrará em 21/09/2020 às 15:00h(ambos no horário de Brasília), sendo vendido o bem pelo maior lance ofertado, desde que não inferior a 70%(setenta por cento) da última avaliação atualizada ou 80% do valor de avaliação atualizada, caso se trate de imóvel de incapaz.

1º Leilão - Lance mínimo  R$ 20.878.929,26

2º Leilão - Lance mínimo  R$ 14.615.250,48


DESCRIÇÃO:Um imóvel comercial com a área remanescente de 81.921,21 m² - DESCRIÇÃO DA MATRÍCULA: a) Uma gleba de terras na Chácara Santo Antônio, distrito, município e comarca de São Manuel, circunscrição única com a área de 6.084,55 metros quadrados, dividindo e confrontando com propriedades que são ou foram de Theophilo Portella e Pedro Pagan Sobrinho, a 5 metros da estrada de rodagem para Avaré (hoje avenida José Horácio Mellão) e Valentim João Justo; b) uma gleba de terras com a área de 63.497,45 metros quadrados, contendo três armazéns, de tijolos e cobertos de eternit, cada um com 1.200 metros quadrados de construção, dividindo esta gleba com propriedade que são ou foram de Theophilo Portella e Pedro Pagan Sobrinho, Adão Dinkel, Antonio Campanha e Valentim João Justo; c) uma gleba de terras com a área de 6.659,35 metros quadrados na Chácara Santo Antônio e Olaria, neste distrito, município e comarca de São Manuel, circunscrição única, dividindo e confrontando com a Avenida José Horácio Mellão, com Theophilo Portella e Pedro Pagan Sobrinho e com a Cooperativa de Cafeicultores da Zona de São Manuel; d) Uma gleba de terras com a área  de 4.652,75 metros quadrados, na Chácara Santo Antônio e Olaria, distrito, município e comarca de São Manuel, circunscrição única, dividindo e confrontando com propriedades que são ou foram de Theophilo Portella e outro, com a Avenida José Horácio Mellão; e e) uma gleba de terras com a área de 5.520,00 metros quadrados, na Chácara Santo Antônio e Olaria, neste distrito, município e comarca de São Manuel, circunscrição única, dividindo e confrontando com propriedades que são ou foram da Cooperativa de Cafeicultores da Zona de São Manoel, S/A Paulista de Construções e Comércio e com a Avenida José Horácio Mellão. Os imóveis acima descritos nas letras “a” a “e” formam um só todo com a área total de 86.414,10 metros quadrados (ou 8ha. 64a. e 14,10ca.) e estão localizados na Zona urbana desta cidade, a Avenida José Horácio Mellão, antiga estrada de rodagem São Manuel - Avaré. Consta na av. 3 que foi desmembrado do imóvel uma área de 4.086,20m², destacada da mencionada gleba “b” a qual foi matriculada sob nº 3718 do CRI de São Manuel. Consta na av.7 o desmembramento de uma área de 226,96m², matriculado sob nº 10940 do CRI de São Manuel. Consta na av.8 o desmembramento de 180,00m² matriculado sob nº 11130 do CRI de São Manuel/SP. Consta no laudo de avaliação que o imóvel está localizado as margens da Av. José Horácio Mellão, tendo como observador defronte a entrada principal a esquerda temos a Rua Marcelo Giorge, a direita temos a Rua Waldemar de Godoy e fechando a área aos fundos temos as Ruas José Ragozo Jarim Dinkel e Rua Dr. Plínio Aristides Targa Recando Ouro Verde, totalizando os 82.327,9m² de terreno e 10.555,30 e área construída. Imóvel em estado de conservação que podemos caracterizar como entre bom e regular, nesta cidade de São Manuel/SP. Benfeitorias: 1 - Posto de Gasolina, com área de 682,67m², sendo posto de combustíveis com cobertura metálica e prédio de conveniência, troca de óleo e lador em alvenaria em perfeitas condições. 2 - Prédio comercial, com área de 385,00m², com paredes e cobertura em perfeito estado de conservação. 3 - Balança, com a área de 68,00m², com as paredes e cobertura em bom estado de conservação. 4 - Silo para armazenagem de milho, com a área de 2.521,08m², com paredes e cobertura de estrutura metálica em bom estado de conservação. 5 - Portaria II, com área de 10,69m², com paredes e cobertura em bom estado de conservação. 6 - W.C masculinos e feminino, com área de 47,25m², com paredes e cobertura em regular estado de conservação. 7 - Oficina, com área de 430,36m², com barracão com cobertura de estrutura metálica. 8 - Depósito de café, armazém/carga e descarga, com área de 5.320,74m², com paredes em bom estado de conservação, cobertura de zinco e eternit. 9 - Escritório/Caixa de força, com área de 306,27m², com paredes e cobertura em bom estado de conservação. 10 - Barracão, com área de 315,00m², com estrutura e cobertura metálica. 11 - Caixa D’água, com área de 40,21m², com estrutura em concreto. 12 - Depósito, com área de 176,00, com paredes e cobertura em regular estado de conservação. Consta no Auto de penhora que o terreno possui 81.921,21m². Imóvel Localizado na Avenida José Horácio Mellão, n°1365 em São Manuel. Imóvel matrícula n° 21 do CRI de São Manuel/SP.

VALOR DA AVALIAÇÃO:R$ 20.878.929,26 (Vinte milhões, oitocentos e setenta e oito mil, novecentos e vinte e nove reais e vinte e seis centavos)

ÔNUS:Consta na referida matrícula 21:  AV.17- PENHORA do imóvel, expedida pela 1º Oficio Judicial de São Manuel, Proc. n° 4186-65.2006.8.26.0581, movida por Estado de São Paulo; AV.18- PENHORA do imóvel, expedido pelo 1º Ofício Judicial da Comarca de São Manuel, no proc. nº 0006476-77.2011.8.26.0581, movido por Procuradoria Seccional da Fazenda Nacional em Bauru; AV.19- PENHORA do imóvel, expedido pela 1ª Vara Federal de Botucatu, no proc. nº 0000484-37.2017.4.03.6131, movido por Fazenda Nacional; AV.20- PENHORA de 94,8% do imóvel, expedido pelo 2º Ofício Judicial da Comarca de São Manuel, no proc. nº 0001992-53.2010.8.26.0581, movido por Procuradoria Seccional da Fazenda Nacional em Bauru; AV.21- PENHORA do imóvel, expedida pela 2º Oficio Judicial de São Manuel, Proc. n° 0007645-07.2008.8.26.0581, movida por Petrobras Distribuidora S/A; AV.22- PENHORA do imóvel, expedida pela 2º Oficio Judicial de São Manuel, Proc. n° 0005526-10.2007.8.26.0581, movida por Petrobras Distribuidora S/A; AV.23- PENHORA do imóvel, nestes autos; AV.24- PENHORA da área remanescente deste imóvel (81.921,21m), expedida pela 2º Oficio Judicial de São Manuel, Proc. n° 0001779-86.2006.8.26.0581, movida por Banco do Brasil S/A.

OBS.:A descrição do(s) bem é uma cópia fiel das informações fornecidas pelos cartórios, comitente ou outro órgão responsável. O(s) bem(ns) será(ão) vendido(s) no estado em que se encontra(m). Reservamo-nos o direito de corrigir possíveis erros de digitação.


Link do processo clique aqui.

Link googlemaps clique aqui.

Os Links de esaj e googlemaps divulgadas no PORTAL LEGIS LEILÕES são informais e podem ocorrer erros, não servindo de parâmetro para demonstrar o estado dos bens ou influenciar a decisão de oferta de lances para arrematação.


Aquele que tentar fraudar a arrematação, além da reparação do dano na esfera cível - arts. 186 e 927 do Código Civil - ficará sujeito as penalidades do artigo 358 do Código Penal: Art. 358 - Impedir, perturbar ou fraudar arrematação judicial; afastar ou procurar afastar concorrente ou licitante, por meio de violência, grave ameaça, fraude ou oferecimento de vantagem: Pena - detenção, de 2 (dois) meses a 1 (um) ano, ou multa, além da pena correspondente à violência.

IMÓVEL INDUSTRIAL/COMERCIAL

Lote 01: IMÓVEL INDUSTRIAL/COMERCIAL

Valores atualizados

Avaliação3.380.449,57
Lance mínimo3.380.449,57
Incremento10.000,00

Resultado parcial

Maior lanceN/D
UsuárioN/D
Visitas827

Localização: São Manuel/SP

Fórum/Vara: 2ª VARA CÍVEL DA COMARCA DE SÃO MANUEL – SP

Nº do processo: 0006231-32.2012.8.26.0581

RQTE: UNIÃO

RQDO: CARIBEA INDUSTRIA MADEIREIRA LTDA 


LEILÃO JUDICIAL - SOMENTE ON-LINE!

O1° Leilão terá início no dia 28/09/2020 à partir das 16:05h, e encerramento no dia 05/10/2020 às 16:05h;não havendo lance superior ou igual ao da avaliação, seguir-se-á, sem interrupção, o2° Leilão, que se estenderá em aberto para captação de lances e se encerrará em 26/10/2020 às 16:05h(ambos no horário de Brasília), sendo vendido o bem pelo maior lance ofertado, desde que não inferior a  70%(setenta por cento) da última avaliação atualizada ou 80% do valor de avaliação atualizada, caso se trate de imóvel de incapaz.

1º Leilão - Lance mínimo  R$  3.380.449,57

2º Leilão - Lance mínimo  R$ 2.366.314,69


DESCRIÇÃO:  Imóvel Industrial/Comercial - Conforme o Termo de Penhora e Depósito de fls. 71, consta que na área devidamente matriculada sob nº 8850, foi edificado um prédio para abrigar a indústria da executada, com 950,23m² construídos de tijolos e coberto com telhas possuindo um galpão, sanitária, sala própria para assistência médica e escritório, prédio que posteriormente foi ampliado passando a possuir mais dois galpões, sendo um com banheiro, dois escritórios, banheiro, área de circulação, instalação sanitária e elétrica com 308m², encerrando uma área construída de 1.258,23m², edificado no terreno referente à matrícula sob nº 3610. Nessa mesma área está localizado um prédio que contém o escritório central da empresa, contendo duas plataformas, numa área construída de aproximadamente 480m², bem como estacionamento de 1500m², com piso de concreto, barracão em alvenaria e telhas de alumínio de aproximadamente 300m², além de outras benfeitorias, cuja averbação não consta na matrícula. Consta ainda, no auto de constatação que o imóvel está localizado na confrontação entre as rodovias SP-300 e SP-255, no Distrito Industrial de São Manuel/SP.

DESCRIÇÃO DA MATRÍCULA 8.850:Uma área de terras com27.676,94 metros quadrados, designada por Quadra “F” do Distrito Industrial de São manuel, localizada no perímetro urbano, distrito de Aparecida de São Manuel, município e comarca de São Manuel, circunscrição única, com a seguinte descrição: na confrontação da Rua I tem as seguintes medidas: rumo mag. de 27º 51’ 02’’ SE a distância de 89,73 metros; daí segue em curva de desenvolvimento de 72,81 metros; daí deflete com rumo mag. de 03º 14’ ,,’’ SW e distância de 123,36 metros; daí, segue em curva de desenvolvimento  de 59,14 metros; daí deflete com rumo mag. de 50º 36’ 33’’ SW a distância de 74,77 metros; no cruzamento da Rua I com a Rua B segue em curva de desenvolvimento de 16,34 metros; na confrontação da Rua B segue com rumo mag. de 02º 49’ 46’’ NE com uma distância de 218,62 metros; daí segue em curva ainda confrontando com a Rua B de desenvolvimento de 75,81 metros; no cruzamento da Rua B com a Av. H segue em curva de desenvolvimento de 18,00 metros; na confrontação da Av. H segue com rumo mag. de 38º 28’ 51’’ NE com uma distância de 58,79 metros; no cruzamento da Av. H com a Rua I segue em curva de desenvolvimento de 12,97 metros. 

ÔNUS:Consta na referida matrícula:R.3 -PENHORA do imóvel, expedido pela 20ª Vara Cível de São Paulo, no proc. nº 583.00.2007.214533-8, em favor de Hexion Química Indústria e Comércio S/A;AV.4 -PENHORA do imóvel, expedido pela 1ª Vara Cível de São Manuel, no proc. nº 581.01.2005.001958-5, ordem nº 83/05, em favor da Fazenda do Estado de São Paulo;AV.5 -PENHORA do imóvel, expedido pela 1ª Vara de São Manuel, no proc. nº 224/10, em favor da Fazenda do Estado de São Paulo;AV.6 -PENHORA da fração ideal correspondente a 50% do imóvel, expedido pela 2ª Vara de São Manuel, no proc. nº 168/10, em favor da Fazenda Nacional;AV.7 -PENHORA do imóvel, expedido pela 1ª Vara Cível de São Manuel, no proc. nº 581.01.2011.002749-0, ordem nº 107/11, em favor da Fazenda do Estado de São Paulo;AV.8 -PENHORA do imóvel, expedido pela 1ª Vara Judicial de São Manuel, no proc. nº 581.01.2011.001919-2, ordem nº 076/2011, em favor da Fazenda do Estado de São Paulo;R.10 -ARREMATAÇÃO do imóvel, expedido pela 2ª Vara Cível da comarca de São Manuel, nos Autos nº 581.01.2010.003734-0 (0003734-16.2010.8.26.0581), por Paulo Henrique Santos Souza e seu cônjuge Fernanda Nader Greggio dos Santos Souza;AV.11 -INFORMAÇÃO DE PEDIDO ANULATÓRIO DA ARREMATAÇÃO, expedido pela 2ª Vara Cível da comarca de São Manuel, no proc. nº 0003157-62.2015.8.26.0581, por Paulo Henrique Santos Souza e seu cônjuge Fernanda Nader Greggio dos Santos Souza;AV.12-DISTRIBUIÇÃO de ação, expedido pela 2ª Vara da Comarca de São Manuel, no proc. nº 1001749-82.2016.8.26.0581, movido por Banco Bradesco S/A.

DESCRIÇÃO DA MATRÍCULA 3.610:Uma gleba de terras contendo24.773,65 metros quadrados(vinte e quatro mil, setecentos e setenta e três reais e sessenta e cinco decímetros quadrados), desmembrada de área maior pertencente à Prefeitura Municipal de São Manuel, dentro do perímetro urbano de São Manuel, localizada junto ao encontro da SP-255 e SP-300, com a seguinte descrição perimétrica: partindo do marco 00 (zero-zero), localizado junto à cerca do D.E.R., nas divisas da SP-300, Kenji Sguiyama e Prefeitura Municipal de São Manuel, parte com azimute de 111º 30’ e distância de 240,00 metros atingindo aí o marco 0 (zero) ponto inicial do perímetro da área a ser desmembrada. Do marco 0 (zero) vai ao marco 01 (um) com azimute de 114º 30’ e distância de 60 metros (sessenta); do marco 01 (um) vai ao marco 02 (dois) com azimute de 23º de distância de 37,50m (trinta e sete metros e cinquenta centímetros); do marco 02 (dois) atinge o marco 03 (três) com azimute de 115º e distância de 48 metros; do marco 03 (três) desenvolve-se um arco com comprimento de 10,94 metros e raio de 22,00 metros, atingindo aí o ponto 04 (quatro); do marco 04 (quatro) vai ao marco 05 (cinco) com azimute de 143º e distância de 157,50 metros (cento e cinquenta e sete metros e cinquenta centímetros) ; do marco 05 (cinco) desenvolve-se uma curva com comprimento de 75,43 metros e raio de 86,00 metros atingindo aí o ponto 06 (seis); do marco 06 (seis) vai ao ponto 07 (sete) com azimute de 193º e distância de 56,00 metros; do marco 07 (sete) desenvolve-se uma curva de comprimento igual a 17,15 metros e raio de 7,50 metros, atingindo aí o ponto oito; do marco oito vai ao marco nove com azimute de 323º e distância de 236,50 metros; do marco nove vai ao marco 10 com azimute de 310º e distância de 32,50 metros; do marco dez vai ao marco marco onze com azimute de 299º e distância de 33,50m (trinta e três metros e cinquenta centímetros); do marco onze desenvol-se um arco de raio igual a 14,50 metros e comprimento igual a 17,63 metros atingindo o ponto doze; do marco doze vai ao ponto inicial zero com azimute de 358º 30’ e distância de 31,50 metros, completando-se a gleba com 24.773,65 metros quadrados.

ÔNUS:Consta na referida matrícula:R. 6 -PENHORA da fração ideal correspondente a 3/10 do imóvel, expedido pela 2ª Vara da Comarca de São Manuel/SP, no proc. nº 13/2005, movido pelo Instituto Nacional de Seguro Social (INSS);R.7 -PENHORA da fração ideal correspondente a 4% do imóvel, expedido pela 2ª Vara de São Manuel/SP, no proc. nº 12/2005, movido pelo Instituto Nacional de Seguro Social - INSS;R.8 -PENHORA da fração ideal correspondente a 1/10 do imóvel, expedido pela 2ª Vara de São Manuel/SP, no proc. nº 581.01.001236-0/000000-000, controle nº 57/05, movido pelo Instituto Nacional do Seguro SOcial - INSS;R.9 -PENHORA da fração ideal correspondente a 40% do imóvel, expedido pela 2ª Vara de São Manuel/SP, no proc. nº 43/07, movido pela União;AV.10 -PENHORA do imóvel, expedido pela 2ª Vara de São Manuel/SP, no proc. nº 581.01.2007.004727-5/000000-000 - ordem nº 79/07 movido pelo Instituto Nacional do Seguro SOcial - INSS;AV.11 -PENHORA da fração ideal correspondente a 3,3% do imóvel, expedido pela 2ª Vara de São Manuel/SP, no proc. nº 581.01.2001.000587-7/000000-000 - ordem nº 80/01, movido pela Fazenda Nacional;AV.12 -PENHORA da fração ideal correspondente a 2,36% do imóvel, expedido pela 1ª Vara de São Manuel/SP, no proc. nº 581.01.2004.002647-2/000000-000 - ordem nº 79/2004, movido pela Fazenda do Estado de São Paulo;AV.13 -PENHORA da fração ideal correspondente a 4,70% do imóvel, expedido pela 2ª Vara de São Manuel/SP, no proc. nº 581.01.2004.002313-7 - ordem nº 70/2004, movido pela Fazenda do Estado de São Paulo;AV.14 -PENHORA do imóvel, expedido pela 1ª Vara de São Manuel/SP, no proc. nº 581.01.2011.001919-2 - ordem nº 076/2011, movido pela Fazenda do Estado de São Paulo;AV.15 -PENHORA do imóvel, expedido pela 1ª Vara de São Manuel/SP, no proc. nº 15/2005, movido pela Fazenda Nacional;AV.16 -PENHORA do imóvel, expedido pela 1ª Vara de São Manuel/SP, no proc. nº 93/2009, movido pela União;AV.17 -PENHORA da fração ideal correspondente a 11,77% do imóvel, expedido pela 1ª Vara de São Manuel/SP, no proc. nº 162/2009, movido pela Fazenda do Estado de São Paulo;AV.18 -PENHORA do imóvel, expedido pela 1ª Vara de São Manuel/SP, no proc. nº 259/2010, movido pela União;AV.19 -PENHORA da fração ideal correspondente a 11,77% do imóvel, expedido pela 1ª Vara de São Manuel/SP, no proc. nº 451/2009, movido pela Fazenda do Estado de São Paulo;AV.20 -PENHORA da fração ideal correspondente a 4,07% do imóvel, expedido pela 1ª Vara de São Manuel/SP, no proc. nº 17/2005, movido pela Fazenda Nacional;AV.21 -PENHORA do imóvel, expedido pela 2ª Vara de São Manuel/SP, no proc. nº 0003655-71.2009.8.26.0581, movido pela Fazenda do Estado de São Paulo;AV.22 -PENHORA do imóvel, expedido pela 1ª Vara de São Manuel/SP, no proc. nº 0000751-78.2009.8.26.0581, movido pelo Estado de São Paulo;AV.23 -PENHORA do imóvel, expedido pela 1ª Vara de São Manuel/SP, no proc. nº 42393620128260581, movido pelo Estado de São Paulo;AV.24 -PENHORA do imóvel, expedido pela 1ª Vara de São Manuel/SP, no proc. nº 13421620048260581, movido pelo Estado de São Paulo;AV.25 -PENHORA do imóvel, expedido pela 1ª Vara de São Manuel/SP, no proc. nº 44833320108260581, movido pelo Estado de São Paulo;AV.26 -PENHORA do imóvel, expedido pela 2ª Vara de São Manuel/SP, no proc. nº 2313982004, movido pela Secretaria da Fazenda;AV.27 -PENHORA do imóvel, expedido pela Vara do Trabalho de Botucatu/SP (TRT-15ª região), no proc. nº 0025300-03.2007.5.15.0025, movido por Kate Cilene Roberta Rodrigues da Cruz;AV.28 -PENHORA da fração ideal correspondente a 27,50% do imóvel, expedido pela 2ª Vara de São Manuel/SP, no proc. nº 3005184-35.2013.8.26.0581, movido pelo Ministérios da Fazenda;AV.29 -PENHORA do imóvel, expedido pela Vara do Trabalho de Botucatu/SP (TRT-15ª região), no proc. nº 0175500-22.2007.5.15.0025, movido por Vera Lucia de Mello Tineu;AV.30 -PENHORA da fração ideal correspondente a 3,50% do imóvel, expedido pela 2ª Vara de São Manuel/SP, no proc. nº 0005313-72.2014.8.26.0581, movido pelo Ministérios da Fazenda;AV.32 -PENHORA da fração ideal correspondente a 50% do imóvel, expedido pela 2ª Vara de São Manuel/SP, no proc. nº 0003267-37.2010.8.26.0581, movido pelo Ministérios da Fazenda;AV.33 -PENHORA do imóvel, expedido pelo 1º Ofício Judicial da comarca de São Manuel, no proc. nº 0001536-35.2015.8.26.0581, movido pela Procuradoria Seccional da Fazenda Nacional em Bauru;AV.34 -PENHORA do imóvel, expedido pelo 2º Ofício Judicial da comarca de São Manuel, no proc. nº 0002373-17.2017.8.26.0581, movido pela CIA de Saneamento Básico do Estado de São Paulo - SABESP;AV.35-PENHORA do imóvel, expedido pela Vara do Trabalho de Botucatu, no proc. nº 0013130-18.2015.5.0025, movido por Caribea Industria Madeireira Ltda;AV.37-PENHORA do imóvel, expedido pelo 2º Ofício Judicial da Comarca de São Manuel, no proc. nº 0001065-72.2019.8.26.0581, movido por Companhia Paulista de Força e Luz.

VALOR DA AVALIAÇÃO:R$  3.380.449,57 (Três milhões, trezentos e oitenta mil, quatrocentos e quarenta e nove reais e cinquenta e sete centavos)

OBS.:  A descrição do(s) bem é uma cópia fiel das informações fornecidas pelos cartórios, comitente ou outro órgão responsável. O(s) bem(ns) será(ão) vendido(s) no estado em que se encontra(m). Reservamo-nos o direito de corrigir possíveis erros de digitação.


Link do processo clique aqui.

Link googlemaps clique aqui.

Os Links de esaj e googlemaps divulgadas no PORTAL LEGIS LEILÕES são informais e podem ocorrer erros, não servindo de parâmetro para demonstrar o estado dos bens ou influenciar a decisão de oferta de lances para arrematação.


Aquele que tentar fraudar a arrematação, além da reparação do dano na esfera cível - arts. 186 e 927 do Código Civil - ficará sujeito as penalidades do artigo 358 do Código Penal: Art. 358 - Impedir, perturbar ou fraudar arrematação judicial; afastar ou procurar afastar concorrente ou licitante, por meio de violência, grave ameaça, fraude ou oferecimento de vantagem: Pena - detenção, de 2 (dois) meses a 1 (um) ano, ou multa, além da pena correspondente à violência.

IMÓVEL COMERCIAL A.T. 1.252,06M²

Lote 01: IMÓVEL COMERCIAL A.T. 1.252,06M²

Valores atualizados

Avaliação2.494.884,71
Lance mínimo2.494.884,71
Incremento10.000,00

Resultado parcial

Maior lanceN/D
UsuárioN/D
Visitas394

Localização:Rua Bororós, 900, Tupã/SP

Fórum/Vara:2ª VARA CÍVEL DA COMARCA DE TUPÃ – SP

Nº do processo: 1003515-36.2015.8.26.0637

RQTE:BANCO SANTANDER BRASIL SA

RQDO:M A ZANELATO & CIA LTDA e demais interessados.


LEILÃO JUDICIAL - SOMENTE ON-LINE!

O 1° Leilão terá início no dia 25/08/2020 à partir das 14:20h, e encerramento no dia 01/09/2020 às 14:20h; não havendo lance superior ou igual ao da avaliação, seguir-se-á, sem interrupção,o 2° Leilão, que se estenderá em aberto para captação de lances e se encerrará em 22/09/2020 às 14:20h(ambos no horário de Brasília), sendo vendido o bem pelo maior lance ofertado, desde que não inferior a 60%(sessenta por cento) do valor da avaliação.

1º Leilão - Lance mínimo  R$ 2.494.884,71

2º Leilão - Lance mínimo  R$ 1.496.930,82


DESCRIÇÃO:Um imóvel comercial - DESCRIÇÃO DA MATRÍCULA: Terreno urbano constituído pelo lote nº 7 e parte do lote nº 8, da quadra nº 92, desta cidade e comarca de Tupã, medindo e confrontando, pela frente, 15,00 metros ara a Rua Bororós; pelo lado direito de quem da Rua olha o imóvel, 65,00 metros com o lote nº 9 e parte do lote 10; pelo lado esquerdo, no mesmo sentido, 65,00 metros com os lotes nºs 1, 2, 3, 4 e parte do lote 5; e finalmente, no fundo, 15,00 metros com parte do lote nº 8, todos da mesma quadra, totalizando a área de 975,00 metros quadrados, localizado no lado par da referida via pública, distante 25,00 metros da avenida Tapuias, contendo um prédio comercial assobradado de alvenaria, coberto de telhas, com dois (2) pavimentos, o térreo com 807,80 metros quadrados e o superior com 444,26 metros quadrados, perfazendo o total de 1.252,06 metros quadrados, sob nº 900 da Rua Bororós. Consta no laudo de avaliação que sobre o terreno com dimensões de 15,00 metros de frente por 65,00 metros da frente aos fundos (975,00 m²), conforme matrícula acima exposta, encontra-se inserido imóvel comercial em alvenaria com área construída 1.252,06 metros quadrados, medida esta obtida, também, em Matrícula acima exposta. O imóvel apresenta médio/simples padrão construtivo e bom estado de conservação com idade aparente de 15 anos. A edificação se situa na região central da cidade de Tupã, estado de São Paulo, servida de total infraestrutura e facilidade de deslocamento para a cidade de Marília/SP. O uso predominante da região é misto (residencial e comercial). O mercado de imóveis da cidade apresenta um desempenho fraco. Imóvel localizado na rua Bororós n° 900, Centro, na cidade de Tupã/SP. Imóvel matrícula n° 56.692 do CRI de Tupã/SP.

VALOR DA AVALIAÇÃO:R$ 2.494.884,71 (Dois milhões quatrocentos e noventa e quatro mil, oitocentos e oitenta e quatro reais e setenta e um centavos)

ÔNUS:Consta na referida matrícula: AV.1- HIPOTECA de 1º grau do imóvel, em favor do Banco Santander (Brasil) S/A; AV.2- HIPOTECA de 2º grau do imóvel, em favor do Banco Santander (Brasil) S/A; AV.3- HIPOTECA de 3º grau do imóvel, em favor do Banco Santander (Brasil) S/A; AV.4- HIPOTECA de 1º grau do imóvel, em favor do Banco do Brasil S/A; AV.5- HIPOTECA de 2º grau do imóvel, em favor do Banco do Brasil S/A; AV.6- DISTRIBUIÇÃO de ação, expedido pela 1ª Vara Cível da Comarca de Tupã, no proc. nº 1002877-03.2015.8.26.0637, movido por Banco Safra S/A; AV.7- DISTRIBUIÇÃO de ação, expedido pela 2ª Vara Cível da Comarca de Tupã, no proc. nº 1002980-10.2015.8.26.0637, movido por Banco Safra S/A; AV.8- DISTRIBUIÇÃO de ação, expedido pela 1ª Vara Cível da Comarca de Tupã, no proc. nº 1002066-09.2016.8.26.0637, movido por Itaú Unibanco S/A;  AV.9- PENHORA do imóvel (lote 7, da quadra 92, 15,00 por 45,00 metros), nestes autos; AV.10- PENHORA de 50% do imóvel, expedido pela 1ª Vara Cível da Comarca de Tupã, no proc. nº 1003292-83.2015.8.26.0637, movido por GN Injecta Indústria, Comércio de Materiais medicos, Cirúrgicos, odontológicos e descartáveis Ltda; AV.11- PENHORA do imóvel, expedido pelo 2º Ofício Cível da Comarca de Tupã, no proc. nº 1005017-73.2016.8.26.0637, movido por Redfactor Factoring e Fomento Comercial S/A; AV.12- PENHORA do imóvel, 1º Ofício Cível da Comarca de Tupã, no proc. nº 1002877-03.2015.8.26.0637, movido por Banco Safra S/A; AV.13- PENHORA do imóvel, expedido pelo 1º Ofício Cível da Comarca de Tupã, no proc. nº 100206609.2016.8.26.0637, movido por Itaú Unibanco S/A; AV.14- PENHORA do imóvel, expedido pelo 3º Ofício Cível da Comarca de Tupã, no proc nº 1006506-82.2015.8.26.0637, movido por Banco do Brasil S/A; AV.15- PENHORA do imóvel, expedido pelo 2º Ofício Cìvel da Comarca de Tupã, no proc. nº 100298010.2015.8.26.0637, movido por Banco Safra S/A.

OBS.:A descrição do(s) bem é uma cópia fiel das informações fornecidas pelos cartórios, comitente ou outro órgão responsável. O(s) bem(ns) será(ão) vendido(s) no estado em que se encontra(m). Reservamo-nos o direito de corrigir possíveis erros de digitação.


Link do processo clique aqui.

Link googlemaps clique aqui.

Os Links de esaj e googlemaps divulgadas no PORTAL LEGIS LEILÕES são informais e podem ocorrer erros, não servindo de parâmetro para demonstrar o estado dos bens ou influenciar a decisão de oferta de lances para arrematação.


Aquele que tentar fraudar a arrematação, além da reparação do dano na esfera cível - arts. 186 e 927 do Código Civil - ficará sujeito as penalidades do artigo 358 do Código Penal: Art. 358 - Impedir, perturbar ou fraudar arrematação judicial; afastar ou procurar afastar concorrente ou licitante, por meio de violência, grave ameaça, fraude ou oferecimento de vantagem: Pena - detenção, de 2 (dois) meses a 1 (um) ano, ou multa, além da pena correspondente à violência.

IMÓVEL INDUSTRIAL/COMERCIAL

Lote 01: IMÓVEL INDUSTRIAL/COMERCIAL

Valores atualizados

Avaliação1.722.125,44
Lance mínimo1.722.125,44
Incremento10.000,00

Resultado parcial

Maior lanceN/D
UsuárioN/D
Visitas774

Localização: São Manuel/SP

Fórum/Vara: 2ª VARA DA COMARCA DE SÃO MANUEL – SP

Nº do processo: 0003267-37.2010.8.26.0581

RQTE: UNIÃO

RQDO: CARIBEA INDUSTRIA MADEIREIRA LTDA 


LEILÃO JUDICIAL - SOMENTE ON-LINE!

O1° Leilão terá início no dia 28/09/2020 à partir das 16:15h, e encerramento no dia 05/10/2020 às 16:15h;não havendo lance superior ou igual ao da avaliação, seguir-se-á, sem interrupção, o2° Leilão, que se estenderá em aberto para captação de lances e se encerrará em 26/10/2020 às 16:15h(ambos no horário de Brasília), sendo vendido o bem pelo maior lance ofertado, desde que não inferior a 70%(setenta por cento) da última avaliação atualizada ou 80% do valor de avaliação atualizada, caso se trate de imóvel de incapaz.

1º Leilão - Lance mínimo  R$  1.722.125,44

2º Leilão - Lance mínimo  R$ 1.205.487,80


DESCRIÇÃO:  50% de um Imóvel Industrial/Comercial - Conforme o Termo de Penhora e Depósito de fls. 71, consta que na área devidamente matriculada sob nº 8850, foi edificado um prédio para abrigar a indústria da executada, com 950,23m² construídos de tijolos e coberto com telhas possuindo um galpão, sanitária, sala própria para assistência médica e escritório, prédio que posteriormente foi ampliado passando a possuir mais dois galpões, sendo um com banheiro, dois escritórios, banheiro, área de circulação, instalação sanitária e elétrica com 308m², encerrando uma área construída de 1.258,23m², edificado no terreno referente à matrícula sob nº 3610. Nessa mesma área está localizado um prédio que contém o escritório central da empresa, contendo duas plataformas, numa área construída de aproximadamente 480m², bem como estacionamento de 1500m², com piso de concreto, barracão em alvenaria e telhas de alumínio de aproximadamente 300m², além de outras benfeitorias, cuja averbação não consta na matrícula. Consta ainda, no auto de constatação que o imóvel está localizado na confrontação entre as rodovias SP-300 e SP-255, no Distrito Industrial de São Manuel/SP.

DESCRIÇÃO DA MATRÍCULA 8.850:Uma área de terras com27.676,94 metros quadrados, designada por Quadra “F” do Distrito Industrial de São manuel, localizada no perímetro urbano, distrito de Aparecida de São Manuel, município e comarca de São Manuel, circunscrição única, com a seguinte descrição: na confrontação da Rua I tem as seguintes medidas: rumo mag. de 27º 51’ 02’’ SE a distância de 89,73 metros; daí segue em curva de desenvolvimento de 72,81 metros; daí deflete com rumo mag. de 03º 14’ ,,’’ SW e distância de 123,36 metros; daí, segue em curva de desenvolvimento  de 59,14 metros; daí deflete com rumo mag. de 50º 36’ 33’’ SW a distância de 74,77 metros; no cruzamento da Rua I com a Rua B segue em curva de desenvolvimento de 16,34 metros; na confrontação da Rua B segue com rumo mag. de 02º 49’ 46’’ NE com uma distância de 218,62 metros; daí segue em curva ainda confrontando com a Rua B de desenvolvimento de 75,81 metros; no cruzamento da Rua B com a Av. H segue em curva de desenvolvimento de 18,00 metros; na confrontação da Av. H segue com rumo mag. de 38º 28’ 51’’ NE com uma distância de 58,79 metros; no cruzamento da Av. H com a Rua I segue em curva de desenvolvimento de 12,97 metros.

ÔNUSDA MATRÍCULA 8.850:  Consta na referida matrícula:R.3 -PENHORA do imóvel, expedido pela 20ª Vara Cível de São Paulo, no proc. nº 583.00.2007.214533-8, em favor de Hexion Química Indústria e Comércio S/A;AV.4 -PENHORA do imóvel, expedido pela 1ª Vara Cível de São Manuel, no proc. nº 581.01.2005.001958-5, ordem nº 83/05, em favor da Fazenda do Estado de São Paulo;AV.5 -PENHORA do imóvel, expedido pela 1ª Vara de São Manuel, no proc. nº 224/10, em favor da Fazenda do Estado de São Paulo;AV.6 -PENHORA da fração ideal correspondente a 50% do imóvel, expedido pela 2ª Vara de São Manuel, no proc. nº 168/10, em favor da Fazenda Nacional;AV.7 -PENHORA do imóvel, expedido pela 1ª Vara Cível de São Manuel, no proc. nº 581.01.2011.002749-0, ordem nº 107/11, em favor da Fazenda do Estado de São Paulo;AV.8 -PENHORA do imóvel, expedido pela 1ª Vara Judicial de São Manuel, no proc. nº 581.01.2011.001919-2, ordem nº 076/2011, em favor da Fazenda do Estado de São Paulo;R.10 -ARREMATAÇÃO do imóvel, expedido pela 2ª Vara Cível da comarca de São Manuel, nos Autos nº 581.01.2010.003734-0 (0003734-16.2010.8.26.0581), por Paulo Henrique Santos Souza e seu cônjuge Fernanda Nader Greggio dos Santos Souza;AV.11 -INFORMAÇÃO DE PEDIDO ANULATÓRIO DA ARREMATAÇÃO, expedido pela 2ª Vara Cível da comarca de São Manuel, no proc. nº 0003157-62.2015.8.26.0581, por Paulo Henrique Santos Souza e seu cônjuge Fernanda Nader Greggio dos Santos Souza;AV.12-DISTRIBUIÇÃO de ação, expedido pela 2ª Vara da Comarca de São Manuel, no proc. nº 1001749-82.2016.8.26.0581, movido por Banco Bradesco S/A.

DESCRIÇÃO DA MATRÍCULA 3.610: Uma gleba de terras contendo24.773,65 metros quadrados(vinte e quatro mil, setecentos e setenta e três reais e sessenta e cinco decímetros quadrados), desmembrada de área maior pertencente à Prefeitura Municipal de São Manuel, dentro do perímetro urbano de São Manuel, localizada junto ao encontro da SP-255 e SP-300, com a seguinte descrição perimétrica: partindo do marco 00 (zero-zero), localizado junto à cerca do D.E.R., nas divisas da SP-300, Kenji Sguiyama e Prefeitura Municipal de São Manuel, parte com azimute de 111º 30’ e distância de 240,00 metros atingindo aí o marco 0 (zero) ponto inicial do perímetro da área a ser desmembrada. Do marco 0 (zero) vai ao marco 01 (um) com azimute de 114º 30’ e distância de 60 metros (sessenta); do marco 01 (um) vai ao marco 02 (dois) com azimute de 23º de distância de 37,50m (trinta e sete metros e cinquenta centímetros); do marco 02 (dois) atinge o marco 03 (três) com azimute de 115º e distância de 48 metros; do marco 03 (três) desenvolve-se um arco com comprimento de 10,94 metros e raio de 22,00 metros, atingindo aí o ponto 04 (quatro); do marco 04 (quatro) vai ao marco 05 (cinco) com azimute de 143º e distância de 157,50 metros (cento e cinquenta e sete metros e cinquenta centímetros) ; do marco 05 (cinco) desenvolve-se uma curva com comprimento de 75,43 metros e raio de 86,00 metros atingindo aí o ponto 06 (seis); do marco 06 (seis) vai ao ponto 07 (sete) com azimute de 193º e distância de 56,00 metros; do marco 07 (sete) desenvolve-se uma curva de comprimento igual a 17,15 metros e raio de 7,50 metros, atingindo aí o ponto oito; do marco oito vai ao marco nove com azimute de 323º e distância de 236,50 metros; do marco nove vai ao marco 10 com azimute de 310º e distância de 32,50 metros; do marco dez vai ao marco marco onze com azimute de 299º e distância de 33,50m (trinta e três metros e cinquenta centímetros); do marco onze desenvol-se um arco de raio igual a 14,50 metros e comprimento igual a 17,63 metros atingindo o ponto doze; do marco doze vai ao ponto inicial zero com azimute de 358º 30’ e distância de 31,50 metros, completando-se a gleba com 24.773,65 metros quadrados.

ÔNUSDA MATRÍCULA 3.610Consta na referida matrícula:R. 6 -PENHORA da fração ideal correspondente a 3/10 do imóvel, expedido pela 2ª Vara da Comarca de São Manuel/SP, no proc. nº 13/2005, movido pelo Instituto Nacional de Seguro Social (INSS);R.7 -PENHORA da fração ideal correspondente a 4% do imóvel, expedido pela 2ª Vara de São Manuel/SP, no proc. nº 12/2005, movido pelo Instituto Nacional de Seguro Social - INSS;R.8 -PENHORA da fração ideal correspondente a 1/10 do imóvel, expedido pela 2ª Vara de São Manuel/SP, no proc. nº 581.01.001236-0/000000-000, controle nº 57/05, movido pelo Instituto Nacional do Seguro SOcial - INSS;R.9 -PENHORA da fração ideal correspondente a 40% do imóvel, expedido pela 2ª Vara de São Manuel/SP, no proc. nº 43/07, movido pela União;AV.10 -PENHORA do imóvel, expedido pela 2ª Vara de São Manuel/SP, no proc. nº 581.01.2007.004727-5/000000-000 - ordem nº 79/07 movido pelo Instituto Nacional do Seguro SOcial - INSS;AV.11 -PENHORA da fração ideal correspondente a 3,3% do imóvel, expedido pela 2ª Vara de São Manuel/SP, no proc. nº 581.01.2001.000587-7/000000-000 - ordem nº 80/01, movido pela Fazenda Nacional;AV.12 -PENHORA da fração ideal correspondente a 2,36% do imóvel, expedido pela 1ª Vara de São Manuel/SP, no proc. nº 581.01.2004.002647-2/000000-000 - ordem nº 79/2004, movido pela Fazenda do Estado de São Paulo;AV.13 -PENHORA da fração ideal correspondente a 4,70% do imóvel, expedido pela 2ª Vara de São Manuel/SP, no proc. nº 581.01.2004.002313-7 - ordem nº 70/2004, movido pela Fazenda do Estado de São Paulo;AV.14 -PENHORA do imóvel, expedido pela 1ª Vara de São Manuel/SP, no proc. nº 581.01.2011.001919-2 - ordem nº 076/2011, movido pela Fazenda do Estado de São Paulo;AV.15 -PENHORA do imóvel, expedido pela 1ª Vara de São Manuel/SP, no proc. nº 15/2005, movido pela Fazenda Nacional;AV.16 -PENHORA do imóvel, expedido pela 1ª Vara de São Manuel/SP, no proc. nº 93/2009, movido pela União;AV.17 -PENHORA da fração ideal correspondente a 11,77% do imóvel, expedido pela 1ª Vara de São Manuel/SP, no proc. nº 162/2009, movido pela Fazenda do Estado de São Paulo;AV.18 -PENHORA do imóvel, expedido pela 1ª Vara de São Manuel/SP, no proc. nº 259/2010, movido pela União;AV.19 -PENHORA da fração ideal correspondente a 11,77% do imóvel, expedido pela 1ª Vara de São Manuel/SP, no proc. nº 451/2009, movido pela Fazenda do Estado de São Paulo;AV.20 -PENHORA da fração ideal correspondente a 4,07% do imóvel, expedido pela 1ª Vara de São Manuel/SP, no proc. nº 17/2005, movido pela Fazenda Nacional;AV.21 -PENHORA do imóvel, expedido pela 2ª Vara de São Manuel/SP, no proc. nº 0003655-71.2009.8.26.0581, movido pela Fazenda do Estado de São Paulo;AV.22 -PENHORA do imóvel, expedido pela 1ª Vara de São Manuel/SP, no proc. nº 0000751-78.2009.8.26.0581, movido pelo Estado de São Paulo;AV.23 -PENHORA do imóvel, expedido pela 1ª Vara de São Manuel/SP, no proc. nº 42393620128260581, movido pelo Estado de São Paulo;AV.24 -PENHORA do imóvel, expedido pela 1ª Vara de São Manuel/SP, no proc. nº 13421620048260581, movido pelo Estado de São Paulo;AV.25 -PENHORA do imóvel, expedido pela 1ª Vara de São Manuel/SP, no proc. nº 44833320108260581, movido pelo Estado de São Paulo;AV.26 -PENHORA do imóvel, expedido pela 2ª Vara de São Manuel/SP, no proc. nº 2313982004, movido pela Secretaria da Fazenda;AV.27 -PENHORA do imóvel, expedido pela Vara do Trabalho de Botucatu/SP (TRT-15ª região), no proc. nº 0025300-03.2007.5.15.0025, movido por Kate Cilene Roberta Rodrigues da Cruz;AV.28 -PENHORA da fração ideal correspondente a 27,50% do imóvel, expedido pela 2ª Vara de São Manuel/SP, no proc. nº 3005184-35.2013.8.26.0581, movido pelo Ministérios da Fazenda;AV.29 -PENHORA do imóvel, expedido pela Vara do Trabalho de Botucatu/SP (TRT-15ª região), no proc. nº 0175500-22.2007.5.15.0025, movido por Vera Lucia de Mello Tineu;AV.30 -PENHORA da fração ideal correspondente a 3,50% do imóvel, expedido pela 2ª Vara de São Manuel/SP, no proc. nº 0005313-72.2014.8.26.0581, movido pelo Ministérios da Fazenda;AV.32 -PENHORA da fração ideal correspondente a 50% do imóvel, nestes autos;AV.33 -PENHORA do imóvel, expedido pelo 1º Ofício Judicial da comarca de São Manuel, no proc. nº 0001536-35.2015.8.26.0581, movido pela Procuradoria Seccional da Fazenda Nacional em Bauru;AV.34 -PENHORA do imóvel, expedido pelo 2º Ofício Judicial da comarca de São Manuel, no proc. nº 0002373-17.2017.8.26.0581, movido pela CIA de Saneamento Básico do Estado de São Paulo - SABESP;AV.35-PENHORA do imóvel, expedido pela Vara do Trabalho de Botucatu, no proc. nº 0013130-18.2015.5.0025, movido por Caribea Industria Madeireira Ltda;AV.37-PENHORA do imóvel, expedido pelo 2º Ofício Judicial da Comarca de São Manuel, no proc. nº 0001065-72.2019.8.26.0581, movido por Companhia Paulista de Força e Luz.

VALOR DA AVALIAÇÃO:  R$ 1.722.125,44 (Um milhão, setecentos e vinte e dois mil, cento e vinte e cinco reais e quarenta e quatro centavos)

OBS.: A descrição do(s) bem é uma cópia fiel das informações fornecidas pelos cartórios, comitente ou outro órgão responsável. O(s) bem(ns) será(ão) vendido(s) no estado em que se encontra(m). Reservamo-nos o direito de corrigir possíveis erros de digitação.


Link do processo clique aqui.

Link googlemaps clique aqui.

Os Links de esaj e googlemaps divulgadas no PORTAL LEGIS LEILÕES são informais e podem ocorrer erros, não servindo de parâmetro para demonstrar o estado dos bens ou influenciar a decisão de oferta de lances para arrematação.


Aquele que tentar fraudar a arrematação, além da reparação do dano na esfera cível - arts. 186 e 927 do Código Civil - ficará sujeito as penalidades do artigo 358 do Código Penal: Art. 358 - Impedir, perturbar ou fraudar arrematação judicial; afastar ou procurar afastar concorrente ou licitante, por meio de violência, grave ameaça, fraude ou oferecimento de vantagem: Pena - detenção, de 2 (dois) meses a 1 (um) ano, ou multa, além da pena correspondente à violência.

IMÓVEL COMERCIAL C/ 81.921,21M²

Lote 01: IMÓVEL COMERCIAL C/ 81.921,21M²

Valores atualizados

Avaliação20.927.061,50
Lance mínimo20.927.061,50
Incremento20.000,00

Resultado parcial

Maior lanceN/D
UsuárioN/D
Visitas822

Localização:   Avenida José Horácio Mellão, 1365, São Manuel/SP

Fórum/Vara: 2ª VARA DA COMARCA DE SÃO MANUEL – SP

Nº do processo: 0001779-86.2006.8.26.0581

RQTE: BANCO DO BRASIL S/A

RQDO: COOPERATIVA DE CAFEICULTORES DA ZONA DE SÃO MANUEL 


LEILÃO JUDICIAL - SOMENTE ON-LINE!

O1° Leilão terá início no dia 28/09/2020 à partir das 16:25h, e encerramento no dia 05/10/2020 às 16:25h;não havendo lance superior ou igual ao da avaliação, seguir-se-á, sem interrupção, o2° Leilão, que se estenderá em aberto para captação de lances e se encerrará em 26/10/2020 às 16:25h(ambos no horário de Brasília), sendo vendido o bem pelo maior lance ofertado, desde que não inferior a 70%(setenta por cento) da última avaliação atualizada ou 80% do valor de avaliação atualizada, caso se trate de imóvel de incapaz. 

1º Leilão - Lance mínimo  R$ 20.927.061,50

2º Leilão - Lance mínimo  R$ 14.648.943,05


DESCRIÇÃO:  Um imóvel comercial com a área remanescente de 81.921,21 m² - DESCRIÇÃO DA MATRÍCULA: a) Uma gleba de terras na Chácara Santo Antônio, distrito, município e comarca de São Manuel, circunscrição única com a área de 6.084,55 metros quadrados, dividindo e confrontando com propriedades que são ou foram de Theophilo Portella e Pedro Pagan Sobrinho, a 5 metros da estrada de rodagem para Avaré (hoje avenida José Horácio Mellão) e Valentim João Justo; b) uma gleba de terras com a área de 63.497,45 metros quadrados, contendo três armazéns, de tijolos e cobertos de eternit, cada um com 1.200 metros quadrados de construção, dividindo esta gleba com propriedade que são ou foram de Theophilo Portella e Pedro Pagan Sobrinho, Adão Dinkel, Antonio Campanha e Valentim João Justo; c) uma gleba de terras com a área de 6.659,35 metros quadrados na Chácara Santo Antônio e Olaria, neste distrito, município e comarca de São Manuel, circunscrição única, dividindo e confrontando com a Avenida José Horácio Mellão, com Theophilo Portella e Pedro Pagan Sobrinho e com a Cooperativa de Cafeicultores da Zona de São Manuel; d) Uma gleba de terras com a área  de 4.652,75 metros quadrados, na Chácara Santo Antônio e Olaria, distrito, município e comarca de São Manuel, circunscrição única, dividindo e confrontando com propriedades que são ou foram de Theophilo Portella e outro, com a Avenida José Horácio Mellão; e e) uma gleba de terras com a área de 5.520,00 metros quadrados, na Chácara Santo Antônio e Olaria, neste distrito, município e comarca de São Manuel, circunscrição única, dividindo e confrontando com propriedades que são ou foram da Cooperativa de Cafeicultores da Zona de São Manoel, S/A Paulista de Construções e Comércio e com a Avenida José Horácio Mellão. Os imóveis acima descritos nas letras “a” a “e” formam um só todo com a área total de 86.414,10 metros quadrados (ou 8ha. 64a. e 14,10ca.) e estão localizados na Zona urbana desta cidade, a Avenida José Horácio Mellão, antiga estrada de rodagem São Manuel - Avaré. Consta na av. 3 que foi desmembrado do imóvel uma área de 4.086,20m², destacada da mencionada gleba “b” a qual foi matriculada sob nº 3718 do CRI de São Manuel. Consta na av.7 o desmembramento de uma área de 226,96m², matriculado sob nº 10940 do CRI de São Manuel. Consta na av.8 o desmembramento de 180,00m² matriculado sob nº 11130 do CRI de São Manuel/SP. Consta no laudo de avaliação que o imóvel está localizado as margens da Av. José Horácio Mellão, tendo como observador defronte a entrada principal a esquerda temos a Rua Marcelo Giorge, a direita temos a Rua Waldemar de Godoy e fechando a área aos fundos temos as Ruas José Ragozo Jarim Dinkel e Rua Dr. Plínio Aristides Targa Recando Ouro Verde, totalizando os 82.327,9m² de terreno e 10.555,30 e área construída. Imóvel em estado de conservação que podemos caracterizar como entre bom e regular, nesta cidade de São Manuel/SP. Benfeitorias: 1 - Posto de Gasolina, com área de 682,67m², sendo posto de combustíveis com cobertura metálica e prédio de conveniência, troca de óleo e lador em alvenaria em perfeitas condições. 2 - Prédio comercial, com área de 385,00m², com paredes e cobertura em perfeito estado de conservação. 3 - Balança, com a área de 68,00m², com as paredes e cobertura em bom estado de conservação. 4 - Silo para armazenagem de milho, com a área de 2.521,08m², com paredes e cobertura de estrutura metálica em bom estado de conservação. 5 - Portaria II, com área de 10,69m², com paredes e cobertura em bom estado de conservação. 6 - W.C masculinos e feminino, com área de 47,25m², com paredes e cobertura em regular estado de conservação. 7 - Oficina, com área de 430,36m², com barracão com cobertura de estrutura metálica. 8 - Depósito de café, armazém/carga e descarga, com área de 5.320,74m², com paredes em bom estado de conservação, cobertura de zinco e eternit. 9 - Escritório/Caixa de força, com área de 306,27m², com paredes e cobertura em bom estado de conservação. 10 - Barracão, com área de 315,00m², com estrutura e cobertura metálica. 11 - Caixa D’água, com área de 40,21m², com estrutura em concreto. 12 - Depósito, com área de 176,00, com paredes e cobertura em regular estado de conservação. Consta no Auto de penhora que o terreno possui 81.921,21m². Imóvel LocalizadonaAvenida José Horácio Mellão, n°1365 em São Manuel. Imóvel matrícula n° 21 do CRI de São Manuel/SP. 

VALOR DA AVALIAÇÃO:R$  20.927.061,50 (Vinte milhões, novecentos e vinte e sete mil, sessenta e um reais e cinquenta centavos)

ÔNUS: Consta na referida matrícula 21: AV.17-PENHORA do imóvel, expedida pela 1º Oficio Judicial de São Manuel, Proc. n° 4186-65.2006.8.26.0581, movida por Estado de São Paulo;AV.18-PENHORA do imóvel, expedido pelo 1º Ofício Judicial da Comarca de São Manuel, no proc. nº 0006476-77.2011.8.26.0581, movido por Procuradoria Seccional da Fazenda Nacional em Bauru;AV.19-PENHORA do imóvel, expedido pela 1ª Vara Federal de Botucatu, no proc. nº 0000484-37.2017.4.03.6131, movido por Fazenda Nacional;AV.20-PENHORA de 94,8% do imóvel, expedido pelo 2º Ofício Judicial da Comarca de São Manuel, no proc. nº 0001992-53.2010.8.26.0581, movido por Procuradoria Seccional da Fazenda Nacional em Bauru;AV.21-PENHORA do imóvel, expedida pela 2º Oficio Judicial de São Manuel, Proc. n° 0007645-07.2008.8.26.0581, movida por Petrobras Distribuidora S/A;AV.22-PENHORA do imóvel, expedida pela 2º Oficio Judicial de São Manuel, Proc. n° 0005526-10.2007.8.26.0581, movida por Petrobras Distribuidora S/A;AV.23-PENHORA do imóvel, expedida pela 2º Oficio Judicial de São Manuel, Proc. n° 0002753-06.2018.8.26.0581, movida por Anna Maria de Oliveira Santarem;AV.24-PENHORA da área remanescente deste imóvel (81.921,21m), nestes autos.

OBS.: A descrição do(s) bem é uma cópia fiel das informações fornecidas pelos cartórios, comitente ou outro órgão responsável. O(s) bem(ns) será(ão) vendido(s) no estado em que se encontra(m). Reservamo-nos o direito de corrigir possíveis erros de digitação.


Link do processo clique aqui.

Link googlemaps clique aqui.

Os Links de esaj e googlemaps divulgadas no PORTAL LEGIS LEILÕES são informais e podem ocorrer erros, não servindo de parâmetro para demonstrar o estado dos bens ou influenciar a decisão de oferta de lances para arrematação.


Aquele que tentar fraudar a arrematação, além da reparação do dano na esfera cível - arts. 186 e 927 do Código Civil - ficará sujeito as penalidades do artigo 358 do Código Penal: Art. 358 - Impedir, perturbar ou fraudar arrematação judicial; afastar ou procurar afastar concorrente ou licitante, por meio de violência, grave ameaça, fraude ou oferecimento de vantagem: Pena - detenção, de 2 (dois) meses a 1 (um) ano, ou multa, além da pena correspondente à violência.

IMÓVEL COMERCIAL C/ 250,00M²

Lote 01: IMÓVEL COMERCIAL C/ 250,00M²

Valores atualizados

Avaliação672.606,81
Lance mínimo672.606,81
Incremento20.000,00

Resultado parcial

Maior lanceN/D
UsuárioN/D
Visitas793

Localização: Avenida Dr. Durval de Menezes, 1230, 1234, 1226, Bairro Jardim Domingos de Léo, Marília/SP

Fórum/Vara: 3ª VARA CÍVEL DA COMARCA DE MARÍLIA – SP

Nº do processo: 1007327-29.2014.8.26.0344

RQTE: FERTIPAR FERTILIZANTES DO PARANÁ LTDA 

RQDO: LUCIANO PEREIRA DE SOUZA 


LEILÃO JUDICIAL - SOMENTE ON-LINE!

O 1° Leilão terá início no dia 22/07/2020 à partir das 15:00h, e encerramento no dia 27/07/2020 às 15:00h; não havendo lance superior ou igual ao da avaliação, seguir-se-á, sem interrupção,o 2° Leilão, que se estenderá em aberto para captação de lances e se encerrará em 24/08/2020 às 15:00h(ambos no horário de Brasília), sendo vendido o bem pelo maior lance ofertado, desde que não inferior a60%(sessenta por cento) do valor da avaliação.

1º Leilão - Lance mínimo  R$ 672.606,81

2º Leilão - Lance mínimo  R$ 403.564,08


DESCRIÇÃO:  Um imóvel Comercial com 2 salões e 3 salas - DESCRIÇÃO DA MATRÍCULA: Um imóvel compreendendo o lote nº 21, da quadra nº 02, do Bairro Jardim Domingos de Léo, nesta cidade, medindo 10,00 metros de frente para a Avenida Durval de Menezes prolongamento; por 25,00 metros da frente aos fundos, encerrando a área de 250,00 metros quadrados; confrontando de um lado com o lote nº 20; de outro lado com o lote nº 22, nos fundos com o lote nº 05 e, pela frente com a mencionada via pública; distante 33,00 metros da esquina da Rua Cristiano Henrique Peraccini, medida essa em virtude da curvatura existente na esquina e, localizado do lado par da numeração.

Consta na Av.2 a construção de um conjunto comercialde tijolos, sob nºs 1.230, salão 01, com 76,26m²; 1.234 - salão 2 com 82,50m²; 1.226 XII - sala 01 com 54,03m²; 1.226 XI - sala 2 com 55,70m²; e 1.226 X - sala 3 com 55,27m²; da Avenida Dr. Durval de Menezes, com a área total de 323,76m².Consta no laudo de avaliaçãoque o imóvel situado na Avenida Durval de Menezes nº 1.230, 1.234, 1.226, lote 21 da quadra 2, Bairro Jardim Domingos de Léo, Marília/SP, sendoSalão 01 com 76,26m², Avenida Dr. Durval de Menezes nº 1.230;Salão 02 com 82,50m², Avenida Dr. Durval de Menezes nº 1.234;Sala 01 com 54,03m², Avenida Dr. Durval de Menezes nº 1.226 XII;Sala 02 com 55,70m², Avenida Dr. Durval de Menezes nº 1.226 XI;Sala 03 com 55,27m², Avenida Dr. Durval de Menezes nº 1.226X;Imóvel localizado na Avenida Dr. Durval de Menezes nºs 1.230, 1.234, 1.226, lote 21 da quadra 2, Bairro Jardim Domingos de Léo, Marília.Imóvelmatrícula nº 46.618do 1º CRI deMarília/SP.

VALOR DA AVALIAÇÃO: R$  672.606,81(Seiscentos e setenta e dois mil, seiscentos e seis reais e oitenta e um centavos)

ÔNUS: Consta na referida matrícula:R.6-HIPOTECA de 1º grau do imóvel, em favor de Banco do Brasil S/A;R.7-HIPOTECA do imóvel, em favor do Banco do Brasil S/A;R.8-HIPOTECA do imóvel, em favor do Banco do Brasil S/A;AV.12-DISTRIBUIÇÃO de ação, expedido pela 3ª Vara Cível da Comarca de Marília, no proc. nº 1009636-23.2014.8.26.0344, movido por Agripetro Transporte e Comércio de Combustíveis Ltda;AV.14-PENHORA do imóvel, nestes autos;AV.15-PENHORA do imóvel, expedido pelo 3º Ofício Cível da Comarca de Marília, no proc. nº 1009636-23.2014.8.26.0344, movido por Fabio Augusto Evangelista;AV.16-PENHORA do imóvel, expedido pelo 4º Ofício Cível da Comarca de Marília, no proc. nº 1001860-69.2014.8.26.0344-1, movido por Fabio Augusto Evangelista.

OBS.:  A descrição do(s) bem é uma cópia fiel das informações fornecidas pelos cartórios, comitente ou outro órgão responsável. O(s) bem(ns) será(ão) vendido(s) no estado em que se encontra(m). Reservamo-nos o direito de corrigir possíveis erros de digitação.


Link do processo clique aqui.

Link googlemaps clique aqui.

Os Links de esaj e googlemaps divulgadas no PORTAL LEGIS LEILÕES são informais e podem ocorrer erros, não servindo de parâmetro para demonstrar o estado dos bens ou influenciar a decisão de oferta de lances para arrematação.


Aquele que tentar fraudar a arrematação, além da reparação do dano na esfera cível - arts. 186 e 927 do Código Civil - ficará sujeito as penalidades do artigo 358 do Código Penal: Art. 358 - Impedir, perturbar ou fraudar arrematação judicial; afastar ou procurar afastar concorrente ou licitante, por meio de violência, grave ameaça, fraude ou oferecimento de vantagem: Pena - detenção, de 2 (dois) meses a 1 (um) ano, ou multa, além da pena correspondente à violência.

50% DE UM IMÓVEL COMERCIAL

Lote 01: 50% DE UM IMÓVEL COMERCIAL

Valores atualizados

Avaliação44.776,60
Lance mínimo44.776,60
Incremento1.000,00

Resultado parcial

Maior lanceN/D
UsuárioN/D
Visitas1594

Localização:Rua Faustino Ribeiro da Silva nº 12, Piratininga/SP

Fórum/Vara: VARA ÚNICA DA COMARCA DE PIRATININGA – SP

Nº do processo: 1000238-59.2018.8.26.0458

RQTE: BANCO SAFRA S/A

RQDO: SUPERBOM SUPERMERCADOS LTDA e demais interessados.


LEILÃO JUDICIAL - SOMENTE ON-LINE!

O 1° Leilão terá início no dia 05/11/2019 à partir das 14:05h, e encerramento no dia 11/11/2019 às 14:05h;não havendo lance superior ou igual ao da avaliação, seguir-se-á, sem interrupção,o 2° Leilão, que se estenderá em aberto para captação de lances e se encerrará em 09/12/2019 às 14:05h(ambos no horário de Brasília), sendo vendido o bem pelo maior lance ofertado, desde que não inferior a60%(sessenta por cento) do valor da avaliação.

1º Leilão - Lance mínimo  R$44.776,60

2º Leilão - Lance mínimo  R$ 26.865,96


DESCRIÇÃO:  50% de um imóvel comercial - DESCRIÇÃO DA MATRÍCULA: Um prédio construído de tijolos, coberto de telhas, com divisão interior, tendo um salão de um lado, e de outros dois cômodos, localizado nesta cidade e Comarca de Piratininga, a Rua Faustino Ribeiro da Silva, nº 12, e o terreno respectivo, que mede 8,80 metros de frente e de fundos, confrontando pela frente com a aludida Rua Fasutino Ribeiro da Silva, e na linha de fundos com Suad Feres Farha por 9,90 metros de cada lado da frente aos fundos, confrontando de um lado com Suad Feres Farha e do outro lado com Júlia de Campos Fraga Soares, sucessora de Antonio Carlos Gomes dos Santos e outros, com a área superficial de 87,12 metros quadrados. Consta no laudo de avaliação um prédio de alvenaria de 75,74m² de área construída, localizado no centro comercial e bancários, sito a Rua Faustino Ribeiro da Silva nº 12. O prédio é dividido em dois pontos comerciais ativos, com banheiros respectivos, dotado de forro de madeira e piso de cerâmico com padrão de conservação satisfatório, edificado no respectivo lote que mede 8,80m X 9,90m com área superficial de 87,12m². Imóvel matrícula nº 2129 do CRI de Piratininga/SP.

VALOR DA AVALIAÇÃO:R$ 44.776,60(Quarenta e quatro mil, setecentos e setenta e seis reais e sessenta centavos)

ÔNUS: Consta na referida matrícula:AV.4-PENHORA do imóvel, expedido pelo 5º Ofício Cível da Comarca de Bauru, no proc. nº 1017281-74.2016.8.26.0071, movido Banco Safra S/A;AV.5-PENHORA de 50% do imóvel, expedido pelo 5º Ofício Cível da Comarca de Bauru, no proc. nº 1017281-74.2016.8.26.0071, movido Banco Safra S/A;

OBS.:A descrição do(s) bem é uma cópia fiel das informações fornecidas pelos cartórios, comitente ou outro órgão responsável. O(s) bem(ns) será(ão) vendido(s) no estado em que se encontra(m). Reservamo-nos o direito de corrigir possíveis erros de digitação.


Link do processo clique aqui.

Link googlemaps clique aqui.

Os Links de esaj e googlemaps divulgadas no PORTAL LEGIS LEILÕES são informais e podem ocorrer erros, não servindo de parâmetro para demonstrar o estado dos bens ou influenciar a decisão de oferta de lances para arrematação.


Aquele que tentar fraudar a arrematação, além da reparação do dano na esfera cível - arts. 186 e 927 do Código Civil - ficará sujeito as penalidades do artigo 358 do Código Penal: Art. 358 - Impedir, perturbar ou fraudar arrematação judicial; afastar ou procurar afastar concorrente ou licitante, por meio de violência, grave ameaça, fraude ou oferecimento de vantagem: Pena - detenção, de 2 (dois) meses a 1 (um) ano, ou multa, além da pena correspondente à violência.

IMÓVEIS COMERCIAIS

Lote 02: IMÓVEIS COMERCIAIS

Valores atualizados

Avaliação14.724.080,53
Lance mínimo14.724.080,53
Incremento450.000,00

Resultado parcial

Maior lanceN/D
UsuárioN/D
Visitas718

Localização:Avenida Castro Alves, Marília/SP

Fórum/Vara:3ª VARA CÍVEL DA COMARCA DE MARÍLIA – SP

Nº do processo:1008001-07.2014.8.26.0344 

RQTE:BANCO SANTANDER BRASIL S/A

RQDO:CASA SOL MATERIAIS PARA CONSTRUÇÃO DE MARÍLIA LTDA 


LEILÃO JUDICIAL - SOMENTE ON-LINE!

O 1° Leilão terá início no dia 24/08/2020 à partir das 15:10h, e encerramento no dia 31/08/2020 às 15:10h; não havendo lance superior ou igual ao da avaliação, seguir-se-á, sem interrupção,o 2° Leilão, que se estenderá em aberto para captação de lances e se encerrará em 21/09/2020 às 15:10h(ambos no horário de Brasília), sendo vendido o bem pelo maior lance ofertado, desde que não inferior 50% (cinquenta por cento) do valor atualizado da avaliação na aquisição/arrematação de todos os lotes pelo mesmo arrematante (arrematação em conjunto das matrículas nº 59.944, 59.945 e 34.334), e não inferior a 60%(sessenta por cento) do valor da avaliação na arrematação dos lotes separadamente.

1º Leilão - Lance mínimo  R$ 14.724.080,53

2º Leilão - Lance mínimo  R$ 8.834.448,31


DESCRIÇÃO:  Um imóvel comercial formado pelas matrículas nºs. 59.944 e 59.945 - Consta no laudo de avaliação que sobre as matrículas nºs 59.944 e 59.945 foi erigida a construção do prédio da loja que abrange as duas matrículas, sendo, portanto indivisíveis. A entrada principal da loja está localizada no piso térreo, sobre o terreno da matrícula nº 59.945 e possui amplo espaço para exposição e expedição de seus produtos, tendo imediatamente à frente a rampa de acesso ao mezanino, o qual possui amplo salão, com pé direito de 2,46m, livre de colunas, destinado à exposição de produtos. À direita, está localizada uma escada de acesso ao piso inferior onde há um amplo salão de exposição de produtos, cuja área abrange, além da matrícula nº 59945, também a de nº 59944.

DESCRIÇÃO DA MATRÍCULA Nº 59.944 DO 1º CRI DE MARÍLIA:Um terreno compreendendo o lote designado pela P.M.M com sendo o lote de letra A(destacado do lote nº 11 (destacado da área A), destacada da quadra D, do Bairro Palmital, nesta cidade, medindo 25,00 metros de frente para a Avenida Castro Alves; por uma face lateral e da frente aos fundos mede 69,00 metros, confrontando com a Área B(destacada da quadra D); por outra face lateral e também da frente aos fundos mede 68,465 metros, confrontando com o lote B (destacado do lote nº 11 (destacado da áreaA); e finalmente na face dos fundos mede 25,946 metros, confrontando com propriedade da FEPASA; encerrando uma área de 1.763,249 metros quadrados; localizado do lado par da numeração. Cadastrado na Prefeitura Municipal de Marília sob o nº 0001557904. Consta na AV.2 da referida matrícula: No terreno foi construído um prédio comercial de tijolos sob n°s 318 e 322 da Avenida Castro Alves, com área de 2.289,05 metros quadrados. Imóvel matriculado sob nº 59.944 no 1º C.R.I de Marília-SP. 

ÔNUS:Consta na referida matrícula nº 59.944 do 1º C.R.I de Marília-SP:  AV.1- HIPOTECA de 1° Grau, em favor do Banco Santander S/A; AV.3- PENHORA do imóvel, nestes autos; AV.4- PENHORA do imóvel, expedido pelo 5º Ofício Cível de Marília, no proc. nº 1005518-04.2014.8.26.0344, movido por Banco do Brasil;  AV.5- PENHORA do imóvel, expedida pelo 1° Ofício Cível de Marília-SP, Proc. n° 1008599-58.2014.8.26.0344, movido por Banco do Brasil S/A; AV.6- PENHORA do imóvel, expedida pelo 2° Ofício Cível de Marília-SP, Proc. n°1014791-23.2014.8.26.0344, movido por Itaú Unibanco S/A;  AV.7- PENHORA do imóvel, expedida pelo 3° Ofício Cível de Marília-SP, Proc.n° 1008575-30.2014.8.26.0344, movido por Banco do Brasil S/A; AV.8- PENHORA do imóvel, expedida pelo 4° Ofício Cível de Marília-SP, Proc.n° 1003723-26.2015.8.26.0344, movido por Banco Votorantim S/A; AV.9- DISTRIBUIÇÃO de ação, expedida pelo 4ª Vara Cível de São Carlos, Proc.n° 1000945-96.2015.8.26.0566, movido por Itaú Unibanco S/A; AV.10- PENHORA do imóvel, expedida pelo 4ª Vara Cível de São Carlos, Proc.n° 1000945-96.2015.8.26.0566, movido por Itaú Unibanco S/A; AV.11- PENHORA do imóvel, expedida pelo 4° Ofício Cível de Marília-SP, Proc.n° 1005520-71.2014.8.26.0344, movido por Banco do Brasil S/A; AV.12- PENHORA do imóvel, expedida pelo 2° Ofício Cível de Marília-SP, Proc.n° 1000287-59.2015.8.26.034, movido por Itaú Unibanco S/A; AV.13- PENHORA do imóvel, expedida pelo 3° Ofício Cível de Marília-SP, Proc. n° 1008575-30.2014.8.26.0344, movido por Banco do Brasil S/A; AV.14- PENHORA do imóvel, expedida pela 2ª Vara Federal de Marília/SP, Proc. n° 000274-33.2017.403.6111, movido por Ministério da Fazenda.

DESCRIÇÃO DA MATRÍCULA Nº 59.945 DO 1º CRI DE MARÍLIA:Um terreno compreendendo o lote designado pela P.M.M como sendo o lote de letra “B” (destacado do lote nº 11 (destacado da área “A”)), destacada da quadra “D”, do bairro Palmital, nesta cidade, medindo 17,00 metros de frente para a Avenida Castro Alves; por uma face lateral e da frente aos fundos mede 67,675 metros, confrontando com o lote 10 (destacado da quadra “D”); por outra face lateral e também da frente aos fundos mede 68,465 metros, confrontando com o lote “A” (destacado do lote nº 11 (destacado da área “A”)); e finalmente na face dos fundos mede 17,640 metros, confrontando com propriedade da FEPASA; encerrando uma área de 1.157,190 metros quadrados; localizado do lado par da numeração. Cadastrado na P.M.M sob nº 0001557905. Imóvel matrícula nº 59.945 do 1º CRI de Marília/SP.

ÔNUS:Consta na referida matrícula 59.945: AV.1- HIPOTECA de 1º grau, em favor do Banco Santander S/A; AV.3- IMPENHORABILIDADE do imóvel (OBs: impenhorabilidade não possui efeitos em relação ao presente processo visto a decisão proferida no agravo de instrumento nº 2194309-94.2017.8.26.0000) ; AV.5- PENHORA do imóvel, nestes autos; AV.6- BLOQUEIO da parte ideal de &8531; (um terço) do imóvel pertencente a Daniele Mazuqueli Alonso Fernandes, expedido pela 1ª Vara do Trabalho de Marília, no proc. nº 0010341-07.2018.5.15.0101, movido por Leticia Teles Nunes. 

DA VENDA DO LOTE 2:Conforme determinação (fls. 946/947), serão alienadas, em conjunto, as matrículas nº 59.944, 59.945, todas do 1º CRI de Marília, pelo maior lance ofertado, desde que não inferior 60% (sessenta por cento) do valor atualizado da avaliação. OBS.: SERÃO CONSIDERADOS VÁLIDOS OS LANCES OFERTADOS NO LOTE 2 SOMENTE NO CASO DO LOTE 1 NÃO SER ARREMATADO.

VALOR DA AVALIAÇÃO:R$ 14.724.080,53 (Quatorze milhões e setecentos e vinte e quatro mil e oitenta reais e cinquenta e três centavos

OBS.:A descrição do(s) bem é uma cópia fiel das informações fornecidas pelos cartórios, comitente ou outro órgão responsável. O(s) bem(ns) será(ão) vendido(s) no estado em que se encontra(m). Reservamo-nos o direito de corrigir possíveis erros de digitação.


Link do processo clique aqui.

Link googlemaps clique aqui.

Os Links de esaj e googlemaps divulgadas no PORTAL LEGIS LEILÕES são informais e podem ocorrer erros, não servindo de parâmetro para demonstrar o estado dos bens ou influenciar a decisão de oferta de lances para arrematação.


Aquele que tentar fraudar a arrematação, além da reparação do dano na esfera cível - arts. 186 e 927 do Código Civil - ficará sujeito as penalidades do artigo 358 do Código Penal: Art. 358 - Impedir, perturbar ou fraudar arrematação judicial; afastar ou procurar afastar concorrente ou licitante, por meio de violência, grave ameaça, fraude ou oferecimento de vantagem: Pena - detenção, de 2 (dois) meses a 1 (um) ano, ou multa, além da pena correspondente à violência.

IMÓVEL COMERCIAL A.T. 1.112,40M²

Lote 02: IMÓVEL COMERCIAL A.T. 1.112,40M²

Valores atualizados

Avaliação694.580,23
Lance mínimo694.580,23
Incremento3.000,00

Resultado parcial

Maior lanceN/D
UsuárioN/D
Visitas807

Localização:Av. José Jorge Estevam, 565, Paraguaçu Paulista/SP

Fórum/Vara:1ª VARA DA COMARCA DE PARAGUAÇU PAULISTA – SP

Nº do processo:0002538-76.2014.8.26.0417

RQTE:UNIÃO

RQDO:SEMENTES PAIVA ARMAZENS GERAIS LTDA ME e demais interessados.


LEILÃO JUDICIAL - SOMENTE ON-LINE!

O 1° Leilão terá início no dia 22/07/2020 à partir das 15:35h, e encerramento no dia 27/07/2020 às 15:35h; não havendo lance superior ou igual ao da avaliação, seguir-se-á, sem interrupção,o 2° Leilão, que se estenderá em aberto para captação de lances e se encerrará em 24/08/2020 às 15:35h(ambos no horário de Brasília), sendo vendido o bem pelo maior lance ofertado, desde que não inferior a60%(sessenta por cento) do valor da avaliação. 

1º Leilão - Lance mínimo  R$  694.580,23

2º Leilão - Lance mínimo  R$  416.748,13


DESCRIÇÃO:Um imóvel comercial formado pelas matrículas nº 1.037 e 1.148 - DESCRIÇÃO DO LAUDO DE AVALIAÇÃO: a benfeitoria (prédio) existente está construída parte no terreno matrícula n° 1.037 e parte no terreno matrícula n° 1.148 de forma que, não pode ser separada. 

DESCRIÇÃO MATRÍCULA N° 1.037:Um terreno, sem benfeitorias, medindo 18 (dezoito) metros de frente, por 61,80 (sessenta e Um metros e Oitenta Centímetros), da frente aos fundos, perfazendo uma área de 1.112,40 metros quadrados, o qual confronta-se pela frente com a Avenida José Jorge Estevam; por um lado, confronta com a Rua Eliseu Garrocine, antiga continuação da Rua Paula Souza, por outro lado, confronta com propriedade de Sebastião Frederico de Paiva, e finalmente, nos fundos, confronta-se com propriedade da firma Sebastião Frederico de Paiva. 

Consta na Av.02 que foi construído um prédio de tijolos, próprio para escritório, situado à Avenida José Jorge Estevam, cujo prédio recebeu o número 561, localizado no lote 2, quadra 2, setor 11, na 5ª Zona. Inscrição Municipal: 00600900. Consta no Laudo de avaliação que o imóvel tem área de terreno aproximadamente 1.112,40m², sendo que existem edificados: parte de um prédio de tijolos, próprio para escritório, com área total de 172m², sendo que, a área que fica dentro deste terreno, é de aproximadamente 75, pairando por regularização perante a municipalidade e Oficial de Registro de Imóveis; e 01 (uma) balança marca Chialvo, série no 5056, Fabr: 14/05/1980, plataforma de 18x3 mts, capacidade 60 toneladas. Imóvel matrícula nº 1.037 do 1º CRI de Paraguaçu Paulista/SP

ÔNUS:Consta na referida matrícula: R.9- HIPOTECA de 1º grau do imóvel, em favor de Banco do Brasil S/A; R.10- PENHORA do imóvel, expedido pelo Ofício Judicial da Comarca de Paraguaçu Paulista, no proc. nº 138/93, movido por Fazenda do Estado de São Paulo; R.11- PENHORA do imóvel, expedido pelo Ofício Judicial da Comarca de Paraguaçu Paulista, no proc. nº 043/92, movido por Fazenda do Estado de São Paulo; R.12- PENHORA do imóvel, expedido pelo Ofício Judicial da Comarca de Paraguaçu Paulista, no proc. nº 102/92, movido por Fazenda do Estado de São Paulo; R.13- PENHORA do imóvel, expedido pelo Ofício Judicial da Comarca de Paraguaçu Paulista, no proc. nº 139/93, movido por Fazenda do Estado de São Paulo; AV.14- PENHORA do imóvel, expedido pela 2ª Vara Judicial da Comarca de Paraguaçu Paulista, no proc. nº 417.01.1998.000500-2 nº de ordem 861/1998, movido por União; AV.15- PENHORA do imóvel, expedido pela 1ª Vara Judicial da Comarca de Paraguaçu Paulista, no proc. nº 417.01.1997.000451-0 nº de ordem 442/1997, movido por Instituto Nacional do Seguro Social - INSS - Procuradoria da Fazenda Nacional; AV.28- PENHORA do imóvel, nestes autos.

DESCRIÇÃO MATRÍCULA N° 1.048:Um terreno, sem benfeitorias, medindo dez (10) metros de frente, por sessenta e um metros e oitenta centímetros (61,80) da frente aos fundos, perfazendo uma área de seiscentos e dezoito (618) metros quadrados, o qual confronta-se pela frente, com a Avenida José Jorge Estevam; por um lado, confronta-se com propriedade da firma Sebastião Frederico de Paiva; por outro lado confronta-se com Sebastião Frederico de Paiva, e, finalmente, nos fundos, também com propriedade da firma Sebastião Frederico de Paiva, imóvel esse que está distante dezoito (18) metros da esquina da Rua Eliseu Garrossine. Consta na Av. 02 que foi construído um prédio de tijolos, próprio para escritório, situado à Avenida José Jorge Estevam, cujo prédio recebeu o número 561, localizado no lote 2, quadra 2, setor 11, na 5ª Zona. Inscrição Municipal: 00600800. Consta no Laudo de avaliação que o imóvel tem área de terreno aproximadamente 618m² sendo que existem edificados: parte de um prédio de tijolos, próprio para escritório, com área total de 172m², sendo que, a área que fica dentro deste terreno é de aproximadamente 97m² (noventa e sete metros quadrados), pairando por regularização perante a municipalidade e Oficial de Registro de Imóveis. O imóvel está localizado na Avenida José Jorge Estevam, n° 565, Bairro Barra Funda em Paraguaçu Paulista. Imóvel matrícula nº 1.148 do 1º do CRI de Paraguaçu Paulista/SP.

ÔNUS:Consta na referida matrícula: AV.11- HIPOTECA de 1º grau do imóvel, em favor de Banco do Brasil S/A; R.10- PENHORA do imóvel, expedido pela 1ª Vara Cível da Comarca de Paraguaçu Paulista, no proc. nº 002/91, movido por Fazenda do Estado de São Paulo; R.11- PENHORA do imóvel, expedido pelo Ofício Judicial da Comarca de Paraguaçu Paulista, no proc. nº 138/93, movido por Fazenda do Estado de São Paulo; R.12- PENHORA do imóvel, expedido pelo Ofício Judicial da Comarca de Paraguaçu Paulista, no proc. nº 043/92, movido por Fazenda do Estado de São Paulo; R.13- PENHORA do imóvel, expedido pelo Ofício Judicial da Comarca de Paraguaçu Paulista, no proc. nº 102/92, movido por Fazenda do Estado de São Paulo; R.14- PENHORA do imóvel, expedido pelo Ofício Judicial da Comarca de Paraguaçu Paulista, no proc. nº 139/93, movido por Fazenda do Estado de São Paulo; R.15- PENHORA do imóvel, expedido pela 1ª Vara Cível da Comarca de Paraguaçu Paulista, no proc. nº 1194/03, movido por União; R.16- PENHORA do imóvel, expedido pela 2ª Vara Judicial da Comarca de Paraguaçu Paulista, no proc. nº 861/98, movido por Fazenda Nacional; AV.17- PENHORA do imóvel, expedido pela 2ª Vara Cível da Comarca de Paraguaçu Paulista, no proc. nº 1185/03, movido por Fazenda Nacional; AV.18- PENHORA do imóvel, expedido pela 2ª Vara Judicial da Comarca de Paraguaçu Paulista, no proc. nº 417.01.1998.000500-2 nº de ordem 861/1998, movido por União; AV.19- PENHORA do imóvel, expedido pela 1ª Vara Judicial da Comarca de Paraguaçu Paulista, no proc. nº 417.01.1997.000451-0 nº de ordem 442/1997, movido por Instituto Nacional do Seguro Social - INSS - Procuradoria da Fazenda Nacional; AV.32- PENHORA do imóvel, nestes autos.

VALOR DA AVALIAÇÃO:R$ 694.580,23 (Seiscentos e noventa e quatro mil, quinhentos e oitenta reais e vinte e três centavos)

OBS.:A descrição do(s) bem é uma cópia fiel das informações fornecidas pelos cartórios, comitente ou outro órgão responsável. O(s) bem(ns) será(ão) vendido(s) no estado em que se encontra(m). Reservamo-nos o direito de corrigir possíveis erros de digitação.


Link do processo clique aqui.

Link googlemaps clique aqui.

Os Links de esaj e googlemaps divulgadas no PORTAL LEGIS LEILÕES são informais e podem ocorrer erros, não servindo de parâmetro para demonstrar o estado dos bens ou influenciar a decisão de oferta de lances para arrematação.


Aquele que tentar fraudar a arrematação, além da reparação do dano na esfera cível - arts. 186 e 927 do Código Civil - ficará sujeito as penalidades do artigo 358 do Código Penal: Art. 358 - Impedir, perturbar ou fraudar arrematação judicial; afastar ou procurar afastar concorrente ou licitante, por meio de violência, grave ameaça, fraude ou oferecimento de vantagem: Pena - detenção, de 2 (dois) meses a 1 (um) ano, ou multa, além da pena correspondente à violência.

IMÓVEL COMERCIAL/RESIDENCIAL

Lote 02: IMÓVEL COMERCIAL/RESIDENCIAL

Valores atualizados

Avaliação149.140,25
Lance mínimo149.140,25
Incremento1.000,00

Resultado parcial

Maior lanceN/D
UsuárioN/D
Visitas117

Localização:Rua São João, n° 2428, Bairro Aparecida, Jaboticabal/SP

Fórum/Vara:2ª VARA CÍVEL DA COMARCA DE JABOTICABAL – SP

Nº do processo:0000511-71.2018.8.26.0291

RQTE:ROSEMEIRE TRISÓGLIO NUNO E OUTROS

RQDO:LAERTE TRIZÓLIO e demais interessados.


LEILÃO JUDICIAL - SOMENTE ON-LINE!

O 1° Leilão terá início no dia 26/08/2020 à partir das 14:20h, e encerramento no dia 02/09/2020 às 14:20h; não havendo lance superior ou igual ao da avaliação, seguir-se-á, sem interrupção,o 2° Leilão, que se estenderá em aberto para captação de lances e se encerrará em 23/09/2020 às 14:20h(ambos no horário de Brasília), sendo vendido o bem pelo maior lance ofertado, desde que não inferior a 60%(sessenta por cento) do valor da avaliação. 

1º Leilão - Lance mínimo  R$ 149.140,25

2º Leilão - Lance mínimo  R$ 89.484,15


DESCRIÇÃO:Imóvel Comercial/Residencial - DESCRIÇÃO DA MATRÍCULA: 01 (um) terreno urbano, designado de nº 2, situado à Rua São João, nesta Cidade e Comarca de Jaboticabal/SP, com a área de 291,59 metros quadrados, que assim se descreve: pela frente, confronta com a Rua São João e mede 12,60 metros; pelo lado direito confronta com o terreno nº 3, propriedade de Gilberto Trisóglio e mede 23,95 metros; pelo lado esquerdo, confronta com a área remanescente de Gilberto Trisóglio e mede 23,95 metros; nos fundos confronta com a área remanescente de Gilberto Trisóglio e mede 11,75 metros. Desdobro averbado sob o nº 03/24.176, em 27/02/97, livro 2-RG, deste Serviço Registral. Cadastro Municipal n° 01.03.0047.00008.01. 

Consta no Laudo de Avaliação que trata-se de imóvel residencial com construção de 1(um) imóvel comercial e 1 (uma) edícula construída na divisa dos fundos no seu respectivo terreno, localizado em bairro de classe populacional de renda média/baixa residencial, atendida por toda infraestrutura exigida pelos órgãos públicos competentes (pavimentação, calçada, guia e sarjeta, rede de água e esgoto, energia pública e domiciliar, arborização, rede telefônica fixa, transporte coletivo, coleta de lixo, etc.), na periferia a 1000m(um mil metros) de distância das principais vias de acesso ao município, distante 2000m(dois mil e quinhentos metros) do centro comercial e bancário da cidade e num raio de 200m (duzentos metros), é atendido por variado comércio de supermercado, açougue, padaria, lojas, lanchonete, escola, Igreja e outros estabelecimentos de pequeno porte. 

Salão comercial - matrícula nº 25.255 - Características do imóvel: Salão Comercial, estrutura em tijolo de barro, pintura sobre argamassa, telhado, laje sem cobertura, paredes rebocadas com marcas de infiltração e pintura em látex desgastadas com trincas.

Revestimento de paredes sendo banheiros com azulejo até 1,30 de altura, piso cerâmico em toda parte interna do imóvel, parte externa em concreto rústico, gabinete no banheiro, portas e batentes em madeira internas e externas em aço com vidro, janelas em aço com pintura a óleo, muros nas laterais, frente com gramado sem muros, frente com 12,60m. Área de Construção 46,55m². Área do terreno 291,59m². Idade aparente de 25 anos. Descrição dos cômodos: 2 salas, 1 banheiro 

Edicula - matrícula nº 25.255 - Características do imóvel: Edícula residencial, estrutura em tijolo de barro, pintura sobre argamassa, telhado laje sem cobertura, paredes rebocadas com marcas de infiltração e pintura em látex bem desgastadas com trincas. Revestimento de paredes sendo banheiro sem revestimento, piso cerâmico em toda parte interna do imóvel, externa em concreto rústico, gabinete no banheiro, portas e batentes internas e externas em chapas de aço, janelas em aço com pintura a óleo, muros nas laterais, frente com gramado sem muros, frente com 12,60m. Área de Construção 42,20m². Área do terreno 291,59m². Idade aparente de 25 anos. Descrição dos cômodos: Construção nos fundos do terreno, composta de 1 quarto, 1 sala, 1 cozinha, 1 banheiro e área de serviço.

Imóvel localizado na Rua São João, n° 2428, Bairro Aparecida, Jaboticabal/SP.  Imóvel matrícula n° 25.255 do CRI de Jaboticabal/SP

VALOR DA AVALIAÇÃO:R$ 149.140,25 (Cento e quarenta e nove mil e cento e quarenta reais e vinte e cinco centavos)

ÔNUS:Não consta nos autos documentos probantes de eventuais ônus que recaiam sobre o bem.

OBS.:A descrição do(s) bem é uma cópia fiel das informações fornecidas pelos cartórios, comitente ou outro órgão responsável. O(s) bem(ns) será(ão) vendido(s) no estado em que se encontra(m). Reservamo-nos o direito de corrigir possíveis erros de digitação.


Link do processo clique aqui.

Link googlemaps clique aqui.

Os Links de esaj e googlemaps divulgadas no PORTAL LEGIS LEILÕES são informais e podem ocorrer erros, não servindo de parâmetro para demonstrar o estado dos bens ou influenciar a decisão de oferta de lances para arrematação.


Aquele que tentar fraudar a arrematação, além da reparação do dano na esfera cível - arts. 186 e 927 do Código Civil - ficará sujeito as penalidades do artigo 358 do Código Penal: Art. 358 - Impedir, perturbar ou fraudar arrematação judicial; afastar ou procurar afastar concorrente ou licitante, por meio de violência, grave ameaça, fraude ou oferecimento de vantagem: Pena - detenção, de 2 (dois) meses a 1 (um) ano, ou multa, além da pena correspondente à violência.

IMÓVEL COMERCIAL COM 1.493,743m²

Lote 03: IMÓVEL COMERCIAL COM 1.493,743m²

Valores atualizados

Avaliação2.504.843,94
Lance mínimo2.504.843,94
Incremento75.000,00

Resultado parcial

Maior lanceN/D
UsuárioN/D
Visitas714

Localização:Avenida Castro Alves, Marília/SP

Fórum/Vara:3ª VARA CÍVEL DA COMARCA DE MARÍLIA – SP

Nº do processo:1008001-07.2014.8.26.0344 

RQTE:BANCO SANTANDER BRASIL S/A

RQDO:CASA SOL MATERIAIS PARA CONSTRUÇÃO DE MARÍLIA LTDA 


LEILÃO JUDICIAL - SOMENTE ON-LINE!

O 1° Leilão terá início no dia 24/08/2020 à partir das 15:10h, e encerramento no dia 31/08/2020 às 15:10h; não havendo lance superior ou igual ao da avaliação, seguir-se-á, sem interrupção,o 2° Leilão, que se estenderá em aberto para captação de lances e se encerrará em 21/09/2020 às 15:10h(ambos no horário de Brasília), sendo vendido o bem pelo maior lance ofertado, desde que não inferior 50% (cinquenta por cento) do valor atualizado da avaliação na aquisição/arrematação de todos os lotes pelo mesmo arrematante (arrematação em conjunto das matrículas nº 59.944, 59.945 e 34.334), e não inferior a 60%(sessenta por cento) do valor da avaliação na arrematação dos lotes separadamente. 

1º Leilão - Lance mínimo  R$ 2.504.843,94

2º Leilão - Lance mínimo  R$ 1.502.906,36


DESCRIÇÃO:Um imóvel comercial - DESCRIÇÃO DA MATRÍCULA: Um terreno compreendendo o lote nº 10 (destacado da área “A” (destacada da quadra de letra “D”), do bairro Palmital, nesta cidade, medindo 22,00 metros de frente para a Avenida Castro Alves; por uma face lateral e da frente aos fundos, mede 66,564 metros, confrontando com o lote nº 09 (destacado da área “A” (destacada da quadra de letra “D”); por outra face lateral e também da frente aos fundos, mede 67,675 metros, confrontando com o lote nº 11 (destacado da área “A” (destacada da quadra de letra “D”); nos fundos, mede 22,83 metros, confrontando com a linha ferrea da FEPASA; encerrando uma área de 1.493,743 metros quadrados; distante 149,45 metros do terreno da Cia. Antártica Paulista, localizado do lado par da numeração. Cadastrado na P.M.M sob nº 01557903. Consta no laudo de avaliação que sobre o terreno, foi erigida uma construção do tipo sobrado, destinada a usos diversos, tais como, depósito de materiais no piso térreo e escritórios no piso superior. A área construída corresponde a 284,80m² e a área remanescente do terreno é destinada a estacionamento. Imóvel matrícula nº 34.334 do 1º CRI de Marília/SP.

ÔNUS:Consta na referida matrícula: R.4- HIPOTECA de 1º grau, em favor de Banco Santander (Brasil) S/A; AV.6- IMPENHORABILIDADE do imóvel (OBs: não possui efeitos em relação ao presente processo visto a decisão proferida no agravo de instrumento nº 2194309-94.2017.8.26.0000) ; AV.8- PENHORA do imóvel, nestes autos; AV.9- BLOQUEIO da parte ideal de &8531; (um terço) do imóvel pertencente a Daniele Mazuqueli Alonso Fernandes, expedido pela 1ª Vara do Trabalho de Marília, no proc. nº 0010341-07.2018.5.15.0101, movido por Leticia Teles Nunes.

DA VENDA DO LOTE 3:Conforme determinação (fls. 946/947), será alienado a matrícula nº 34.334 do 1º CRI de Marília, pelo maior lance ofertado, desde que não inferior 60% (sessenta por cento) do valor atualizado da avaliação. OBS.: SERÃO CONSIDERADOS VÁLIDOS OS LANCES OFERTADOS NO LOTE 3 SOMENTE NO CASO DO LOTE 1 NÃO SER ARREMATADO.

VALOR DA AVALIAÇÃO:R$ 2.504.843,94 (Dois milhões e quinhentos e quatro mil e oitocentos e quarenta e três reais e noventa e quatro centavos)

OBS.:A descrição do(s) bem é uma cópia fiel das informações fornecidas pelos cartórios, comitente ou outro órgão responsável. O(s) bem(ns) será(ão) vendido(s) no estado em que se encontra(m). Reservamo-nos o direito de corrigir possíveis erros de digitação.


Link do processo clique aqui.

Link googlemaps clique aqui.

Os Links de esaj e googlemaps divulgadas no PORTAL LEGIS LEILÕES são informais e podem ocorrer erros, não servindo de parâmetro para demonstrar o estado dos bens ou influenciar a decisão de oferta de lances para arrematação.


Aquele que tentar fraudar a arrematação, além da reparação do dano na esfera cível - arts. 186 e 927 do Código Civil - ficará sujeito as penalidades do artigo 358 do Código Penal: Art. 358 - Impedir, perturbar ou fraudar arrematação judicial; afastar ou procurar afastar concorrente ou licitante, por meio de violência, grave ameaça, fraude ou oferecimento de vantagem: Pena - detenção, de 2 (dois) meses a 1 (um) ano, ou multa, além da pena correspondente à violência.

IMÓVEL COMERCIAL C/ 9.985,96M²

Lote 03: IMÓVEL COMERCIAL C/ 9.985,96M²

Valores atualizados

Avaliação10.130.009,77
Lance mínimo10.130.009,77
Incremento3.000,00

Resultado parcial

Maior lanceN/D
UsuárioN/D
Visitas866

Localização: Avenida Jóquei Clube, Marília/SP

Fórum/Vara:  2ª VARA CÍVEL DA COMARCA DE MARÍLIA – SP

Nº do processo: 0002810-81.2003.8.26.0344

RQTE:  BANCO BRADESCO S/A

RQDO:ALPAVE ALTA PAULISTA VEÍCULOS LTDA 


LEILÃO JUDICIAL - SOMENTE ON-LINE!

1° Leilão terá início no dia 28/10/2020 à partir das 15:00h, e encerramento no dia 02/11/2020 às 15:00h; não havendo lance superior ou igual ao da avaliação, seguir-se-á, sem interrupção, o 2° Leilão, que se estenderá em aberto para captação de lances e se encerrará em 23/11/2020 às 15:00h (ambos no horário de Brasília), sendo vendido o bem pelo maior lance ofertado, desde que não inferior a  60% (sessenta por cento) do valor da avaliação.

1º Leilão - Lance mínimo  R$ 10.130.009,77

2º Leilão - Lance mínimo  R$ 6.078.005,86


DESCRIÇÃO:  Um imóvel comercial - DESCRIÇÃO DA MATRÍCULA: Uma área de terras designada pela P.M.M. como sendo área de letra “E”, anexa ao Bairro Jóquei Clube, nesta cidade, dentro do roteiro, metragens e confrontações seguintes: Tem início o presente roteiro no marco 23, cravado na Avenida Jóquei Clube com a área da Pedrasa - Pedreiras Reunidas Saldanha Ltda; deste, segue na distância de 79,43 metros, até o marco 24; deste segue a direita, em curva, na distância de 24,58 metros, com raio de 90,00 metros, até o marco 25; deste segue, em reta, na distância de 33,63 metros, até o marco 26; deste deflete a direita, em curva, na distância de 17,93 metros, com raio de 38,00 metros, até o marco 15, sendo que do marco 23 a 15, sempre divisando a Avenida Jóquei Clube; deste marco 15, deflete a direita, na distância de 28,24 metros, divisando com a área designada pela P.M.M. como sendo área de letra “B”, anexa ao Bairro Jóquei Clube, até o marco 14; deste deflete a esquerda, na distância de 57,36 metros, divisando com a área designada pela P.M.M. como sendo área de letra “B”, anexa ao Bairro Jóquei Clube, até o marco 13; deste deflete a direita, na distância de 110,00 metros, divisando com a área designada pela P.M.M. como sendo área de letra “D”, anexa ao Bairro Jóquei Clube, até o marco 22; deste deflete a esquerda, na distância de 22,23 metros, divisando com a área designada pela P.M.M. como sendo área de letra “D”, até o marco 19; deste deflete a direita, na distância de 12,50 metros, divisando com a Rua Japão Prol., até o marco 20; deste deflete a direita, na distância de 98,38 metros, divisando com a área da Pedrasa - Pedreiras Reunidas Saldanha Ltda., até o marco 23, início e fim do presente roteiro; encerrando uma área de 9.985,96 metros quadrados, no qual existe um prédio comercial de tijolos, sob nº 87 da Avenida Jóquei Clube, com 3.150,76 metros quadrados de construção e um outro prédio de tijolos sob nº 117 da Avenida Jóquei Clube, com 82,62 metros quadrados de construção. Consta na AV.7 da matrícula que o prédio de tijolos sob nº117 pela Avenida Joquei Clube, passou a ter o nº87. 

VALOR DA AVALIAÇÃO:R$  10.130.009,77 (Dez milhões e cento e trinta mil e nove reais e setenta e sete centavos)

ÔNUS: Consta da referida matrícula: AV.5-  Por decisão nos presentes autos foi declarada ineficaz a alienação objeto do R.20, na matrícula nº 15.742 – Lv. 02 de Registro Geral deste Serviço Registral (Matrícula Originária).  R.6- PENHORA do imóvel nestes autos; AV.8- PENHORA do imóvel por determinação nos autos da Ação de Execução Fiscal, Processo nº 2006.61.11.003462-7, em trâmite pela 2ª Vara Federal da Comarca de Marília/SP, ajuizada pela Fazenda Nacional em face de Alpave Alta Paulista Veículos Ltda e outros, foi determinada a ineficácia dos negócios jurídicos de alienação dos bens imóveis de propriedade dos executados; AV.9- Por determinação nos autos da Ação de Execução Fiscal, Processo nº 0004544-31.2008.403.6111 (2008.61.11.004544-0), em trâmite pela 2ª Vara Federal da Comarca de Marília/SP, ajuizada pela Fazenda Nacional em face de Alpave Alta Paulista Veículos Ltda e outros, foram declaradas nulas de pleno direito a transação registrada sob nº 20, na matrícula nº 15.742, entre José Moledo Rodrigues e Sheilah Moledo Rodrigues Anversa (vendedores) e Jorge Luiz Ramalho (comprador); bem como a transação registrada nesta matrícula sob nº 1, entre Jorge Luiz Ramalho (vendedor) e AEPL Empreendimentos Ltda (compradora); AV.10- PENHORA do imóvel expedida pela 2ª Vara Federal da Comarca de Marília/SP nos autos da Ação de Execução Fiscal, Proc. nº0004544-31.2008.403.6111 (2008.61.11.004544-0), ajuizada pela Fazenda Nacional; Av.11- PENHORA expedida pela  2ª Vara Federal da Comarca de Marília/SP nos autos da Ação de Execução Fiscal, Proc.nº0002236-95.2003.403.6111 (2003.61.11002236-3) e apenso n° 0002561-36.2004.6611 (2004.61.11.002561-7), ajuizada pela Fazenda Nacional;  Av.12- PENHORA do imóvel expedida pela 2ª Vara Federal da Comarca de Marília/SP nos autos da Ação de Execução Fiscal, Processo nº 0000890-75.2004.403.6111 (2004.61.11.000890-5) e apenso n° 0001294-29.2004.403.6611 (2004.61.11.001294-5), ajuizada pela Fazenda Nacional e Instituto Nacional do Seguro Social - INSS; AV.13- PENHORA do imóvel expedida pela 1ª Vara do Trabalho desta comarca de Marília-SP nos autos da Ação da Reclamação Trabalhista, Processo nº 010451-55.2014.5.15,0033, Carta Precatória oriunda da Vara do Trabalho de Garça/SP (Processo nº 0025300- 46.2005.5.15.0098) - TRT 15ª Região, ajuizada pela Dante Glaucus Deleo junior em face de Alpave Alta Paulista Veículos Ltda e outros.

OBS.:A descrição do(s) bem é uma cópia fiel das informações fornecidas pelos cartórios, comitente ou outro órgão responsável. O(s) bem(ns) será(ão) vendido(s) no estado em que se encontra(m). Reservamo-nos o direito de corrigir possíveis erros de digitação.


Link do processo clique aqui.

Link googlemaps clique aqui.

Os Links de esaj e googlemaps divulgadas no PORTAL LEGIS LEILÕES são informais e podem ocorrer erros, não servindo de parâmetro para demonstrar o estado dos bens ou influenciar a decisão de oferta de lances para arrematação.


Aquele que tentar fraudar a arrematação, além da reparação do dano na esfera cível - arts. 186 e 927 do Código Civil - ficará sujeito as penalidades do artigo 358 do Código Penal: Art. 358 - Impedir, perturbar ou fraudar arrematação judicial; afastar ou procurar afastar concorrente ou licitante, por meio de violência, grave ameaça, fraude ou oferecimento de vantagem: Pena - detenção, de 2 (dois) meses a 1 (um) ano, ou multa, além da pena correspondente à violência.