IMÓVEL RURAL C/ 2,25 ALQ

Lote 01: IMÓVEL RURAL C/ 2,25 ALQ

Valores atualizados

Avaliação128.495,30
Lance mínimo128.495,30
Incremento2.000,00

Resultado parcial

Maior lanceN/D
UsuárioN/D
Visitas445

Localização: Guarantã/SP

Fórum/Vara: 5ª VARA CÍVEL DA COMARCA DE MARÍLIA – SP

Nº do processo: 0026169-21.2007.8.26.0344

RQTE: PAULO SERGIO RIGUETI

RQDO: LUIZ RENATO MARTINS DE LARA


LEILÃO JUDICIAL - SOMENTE ON-LINE!

O 1° Leilão terá início no dia 24/08/2020 à partir das 14:10h, e encerramento no dia 31/08/2020 às 14:10h; não havendo lance superior ou igual ao da avaliação, seguir-se-á, sem interrupção,o 2° Leilão, que se estenderá em aberto para captação de lances e se encerrará em 21/09/2020 às 14:10h(ambos no horário de Brasília), sendo vendido o bem pelo maior lance ofertado, desde que não inferior a60%(sessenta por cento) do valor da avaliação. 

1º Leilão - Lance mínimo  R$  128.495,30

2º Leilão - Lance mínimo  R$  77.097,18&8236;


DESCRIÇÃO:  50% de um imóvel Rural (2,25 alqueires dentro de  4,5 alqueires ) - DESCRIÇÃO DA MATRÍCULA: Um (1) pequeno imóvel com a área de quatro e meio (4,5) alqueires paulistas ou sejam 10.85,10 hectares de terras, situado no Bairro “Inhema”, distrito e município de Guarantã; desta Comarca de Cafelândia, do Estado de São Paulo, confrontando em sua integridade: nas cabeceiras, com José Chambô Linares e dos demais lados e fundos com propriedade que são ou foram de Fortunato Lanzo e Francisco Dias, contendo cafeeiros, uma (1) casa construída parte de tijolos e parte de taboas, terreiro ladrilhado, tulha e mais pequenas benfeitorias, imóvel esse devidamente cadastrado no Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agraria - INCRA sob nº 617.121.000.641/2. INCRA atual nº 617.212.001.708/0.Imóvel matrícula nº 2.108 do CRI de Cafelândia/SP.

VALOR DA AVALIAÇÃO:R$ 128.495,30(Cento e vinto e oito mil, quatrocentos e noventa e cinco reais e trinta centavos)

ÔNUS: Consta na referida matrícula:R.12-ARRESTO dos direitos de Luiz Renato Martins de Lara sobre o imóvel, expedido pela 1ª Vara Cível da Comarca de Marília, no proc. nº 2.368/007, movido por Anibal Ribeiro;R.13-PENHORA de 50% do imóvel, expedido pela 2ª Vara Cível da Comarca de Marília, no proc. nº 2328/07, movido por João Renato Leite;R.14-PENHORA de 50% do imóvel, expedido pela 5ª Vara do Ofício Cível da Comarca de Marília, movido por Anibal Ribeiro;R.15-PENHORA de 50% do imóvel, expedido pela Vara do Trabalho de Lins, no proc. nº 0002191-67.2012.5.15.0062, movido por Luiz Renato Martins de Lara.

OBS.: A descrição do(s) bem é uma cópia fiel das informações fornecidas pelos cartórios, comitente ou outro órgão responsável. O(s) bem(ns) será(ão) vendido(s) no estado em que se encontra(m). Reservamo-nos o direito de corrigir possíveis erros de digitação.


Link do processo clique aqui.

Link googlemaps clique aqui.

Os Links de esaj e googlemaps divulgadas no PORTAL LEGIS LEILÕES são informais e podem ocorrer erros, não servindo de parâmetro para demonstrar o estado dos bens ou influenciar a decisão de oferta de lances para arrematação.


Aquele que tentar fraudar a arrematação, além da reparação do dano na esfera cível - arts. 186 e 927 do Código Civil - ficará sujeito as penalidades do artigo 358 do Código Penal: Art. 358 - Impedir, perturbar ou fraudar arrematação judicial; afastar ou procurar afastar concorrente ou licitante, por meio de violência, grave ameaça, fraude ou oferecimento de vantagem: Pena - detenção, de 2 (dois) meses a 1 (um) ano, ou multa, além da pena correspondente à violência.

IMÓVEL RURAL C/ 48,40 HA

Lote 01: IMÓVEL RURAL C/ 48,40 HA

Valores atualizados

Avaliação700.770,07
Lance mínimo420.462,04
Incremento2.000,00

Resultado parcial

Maior lanceN/D
UsuárioN/D
Visitas1489

Localização:Quintana/SP

Fórum/Vara: 1ª VARA DA COMARCA DE POMPÉIA – SP

Nº do processo: 1001146-98.2018.8.26.0464

RQTE: COOPERATIVA DE CREDITO CREDICITRUS 

RQDO: ANTONIO CARLOS DOS ANJOS GOMES e demais interessados.


LEILÃO JUDICIAL - SOMENTE ON-LINE!

O 1° Leilão terá início no dia 30/10/2019 à partir das 14:30h, e encerramento no dia 05/11/2019 às 14:30h; não havendo lance superior ou igual ao da avaliação, seguir-se-á, sem interrupção,o 2° Leilão, que se estenderá em aberto para captação de lances e se encerrará em 27/11/2019 às 14:30h(ambos no horário de Brasília), sendo vendido o bem pelo maior lance ofertado, desde que não inferior a  60%  (sessenta por cento) do valor da avaliação.

1º Leilão - Lance mínimo  R$700.770,07

2º Leilão - Lance mínimo  R$ 420.462,04


DESCRIÇÃO:  Um imóvel rural - DESCRIÇÃO DA MATRÍCULA: Uma gleba de terras rural com a área de 48,40ha, ou sejam 20 alqueires paulistas, denominada Sítio Santa Emília, situada na fazenda Guataporanga, margem direita do córrego Iacri, no distrito e município de Quintana, desta comarca, contendo benfeitorias de cinco casas, uma tulha construídas de tábuas, cobertas de telhas, um terreiro ladrilhado, uma mangueira para gado, 800 metros de cerca de arame farpado, inclusive todas as demais benfeitorias existentes, como sejam instalação elétrica e luz, poço d’agua com instalação de energia e bomba hidráulica com o respectivo motor; imóvel esse que tem as seguintes divisas: começa no marco 24 cravado na margem direita do córrego Iacri e segue dividindo com Antonio Alagoano ou seus sucessores ao rumo de 86°30’SE, 1.626,00 metros, até o marco 15, deste segue dividindo om Ernesto Grespan ou sucessores, ao rumo 35°30’NO, 376 metros até o marco 14, deste ao rumo 86°30’NO, 1.697 metros, até o marco 25, cravado na margem direita do Rio Iacri, tendo neste percurso dividido com Antoninho Alagoano, Manoel Batista e Joaquim Maria ou sucessores; do marco 25 sobe pelo Iacri, até ao marco 24, onde teve início; devidamente cadastrado no Mirad sob nº 621.145.002.216-3; módulo fiscal 18,0; nº de módulo fiscal 3,69; área total 66,5; fração mínima de parcelamento 2,0. Imóvel matrícula nº 5664 do CRI de Pompéia/SP.

VALOR DA AVALIAÇÃO:R$ 700.770,07(Setecentos mil, setecentos e setenta reais e sete centavos)

ÔNUS: Consta na referida matrícula:AV.14-HIPOTECA de 1º grau do imóvel, em favor de Caixa Econômica Federal;AV.17-DISTRIBUIÇÃO de ação, expedido pela 1ª Vara da Comarca de Pompéia, no proc. nº 1001283-17..2017.8.26.0464, movido por Mafer Marília Comércio e Representações Ltda;AV.18-DISTRIBUIÇÃO de ação, nestes autos;AV.19-DISTRIBUIÇÃO de ação, expedido pela 1ª Vara da Comarca de Pompéia, no proc. nº 1001145-16.2018.8.26.0464, movido por Coopercitrus de Crédito Credicitrus;R.20-PENHORA do imóvel, nestes autos;R.21-PENHORA do imóvel, expedido pela 1ª Vara da Comarca de Pompéia, no proc. nº 1001145-16.2018.8.26.0464, movido por Cooperativa de Crédito Credicitrus.

OBS.:A descrição do(s) bem é uma cópia fiel das informações fornecidas pelos cartórios, comitente ou outro órgão responsável. O(s) bem(ns) será(ão) vendido(s) no estado em que se encontra(m). Reservamo-nos o direito de corrigir possíveis erros de digitação.


Link do processo clique aqui.

Link googlemaps clique aqui.

Os Links de esaj e googlemaps divulgadas no PORTAL LEGIS LEILÕES são informais e podem ocorrer erros, não servindo de parâmetro para demonstrar o estado dos bens ou influenciar a decisão de oferta de lances para arrematação.


Aquele que tentar fraudar a arrematação, além da reparação do dano na esfera cível - arts. 186 e 927 do Código Civil - ficará sujeito as penalidades do artigo 358 do Código Penal: Art. 358 - Impedir, perturbar ou fraudar arrematação judicial; afastar ou procurar afastar concorrente ou licitante, por meio de violência, grave ameaça, fraude ou oferecimento de vantagem: Pena - detenção, de 2 (dois) meses a 1 (um) ano, ou multa, além da pena correspondente à violência.

IMÓVEL RURAL C/ 22HA

Lote 01: IMÓVEL RURAL C/ 22HA

Valores atualizados

Avaliação304.091,77
Lance mínimo304.091,77
Incremento1.000,00

Resultado parcial

Maior lanceN/D
UsuárioN/D
Visitas298

Localização:Borebi/SP

Fórum/Vara:2ª VARA DA COMARCA DE LENÇÓIS PAULISTA – SP

Nº do processo:0001447-75.2019.8.26.0319

RQTE:CELIO EDUARDO PARISI

RQDO:ESPÓLIO DE JOSÉ LUIZ FERREIRA 


LEILÃO JUDICIAL - SOMENTE ON-LINE!

O 1° Leilão terá início no dia 29/06/2020 à partir das 15:05h, e encerramento no dia 02/07/2020 às 15:05h; não havendo lance superior ou igual ao da avaliação, seguir-se-á, sem interrupção,o 2° Leilão, que se estenderá em aberto para captação de lances e se encerrará em 22/07/2020 às 15:05h(ambos no horário de Brasília), sendo vendido o bem pelo maior lance ofertado, desde que não inferior a60%(sessenta por cento) do valor da avaliação.

1º Leilão - Lance mínimo  R$ 304.091,77

2º Leilão - Lance mínimo  R$ 182.456,86


DESCRIÇÃO:Um imóvel rural - DESCRIÇÃO DA MATRÍCULA: Um sítio denominado São Geraldo, com área de 22ha 18a 41,40ca ou 9.167 alqueires paulista, situado na Água de Tapera Queimada, do Município de Borebi, desta Comarca de Lençóis Paulista, Estado de São Paulo, designada gleba A, dentro do seguinte roteiro: tem início no marco 9A, cravado na margem esquerda do córrego Água da Tapera Queimada, na confrontação com a Gleba G de propriedade de José Luiz Ferreira; daí segue descendo pelo veio do referido córrego, nos seguintes rumos e distâncias: SW 23°2122 e a distância de 71,800 metros, até o ponto 10; SW 34°5139 e a distância de 212,052 metros até o ponto 11; SW 26°0104 e a distância 99,650 metros até o ponto 12; SW 39°4909 e a distância de 64,782 metros até o ponto 12A; até aí confronta com o córrego Água de Tapera Queimada, e pelo córrego com José Luiz Ferreira, daí reflete à esquerda e segue com rumo SE 72°1201 e a distância de 564,672 metros até o marco 01B, até aí confronta com a Gleba C de propriedade de Luiz Carlos Brosco Vaz; daí deflete à esquerda e segue com rumo NE 19º0104 e a distância de 432,441 metros até o marco 9B, até aí confronta com a respectivamente com a Gleba B de propriedade de Antonio Martinez Rodrigues, em 59,131 metros; Gleba D de propriedade de José Armando Belei, em 240,757 metros; e a Gleba F de propriedade de Antonio Primo, em 132,553 metros, daí deflete À esquerda e segue com o rumo NW 72°0805 e a distância de 466,165 metros até o marco 9A, que é o marco inicial, até aí confronta com a Gleba G de propriedade de José Luiz Ferreira. Abrange o polígono acima descrito uma área 22ha 18a 41,40 ou 9,167 alqueires paulistas; benfeitoria: cercas de arame. Referida propriedade encontra-se cadastrada no INCRA sob o nº 617.156.454.010-3. Consta no laudo de avaliação que o imóvel não possui benfeitorias reprodutivas ou não reprodutivas. Não possui rede de água, telefonia ou energia.O imóvel está localizado no Município de Borebi, distante aproximadamente 10km da cidade de Borebi, seguindo pela estrada da Amizade, BRI 002, por 9km, vira-se à esquerda e segue mais 800m, na região da Água da Tapera Queimada. Imóvel matrícula nº 17.379 do CRI de Lençóis Paulista/SP.

VALOR DA AVALIAÇÃO:R$ 304.091,77 (Trezentos e quatro mil, noventa e um reais e setenta e sete centavos)

ÔNUS:Não consta nos autos documentos probantes de eventuais ônus que recaiam sobre o bem.

OBS.:A descrição do(s) bem é uma cópia fiel das informações fornecidas pelos cartórios, comitente ou outro órgão responsável. O(s) bem(ns) será(ão) vendido(s) no estado em que se encontra(m). Reservamo-nos o direito de corrigir possíveis erros de digitação.


Link do processo clique aqui.

Link googlemaps clique aqui.

Os Links de esaj e googlemaps divulgadas no PORTAL LEGIS LEILÕES são informais e podem ocorrer erros, não servindo de parâmetro para demonstrar o estado dos bens ou influenciar a decisão de oferta de lances para arrematação.


Aquele que tentar fraudar a arrematação, além da reparação do dano na esfera cível - arts. 186 e 927 do Código Civil - ficará sujeito as penalidades do artigo 358 do Código Penal: Art. 358 - Impedir, perturbar ou fraudar arrematação judicial; afastar ou procurar afastar concorrente ou licitante, por meio de violência, grave ameaça, fraude ou oferecimento de vantagem: Pena - detenção, de 2 (dois) meses a 1 (um) ano, ou multa, além da pena correspondente à violência.

50% DE IMÕVEL RURAL C/ 17,60 HA

Lote 01: 50% DE IMÕVEL RURAL C/ 17,60 HA

Valores atualizados

Avaliação148.460,41
Lance mínimo89.076,24
Incremento1.000,00

Resultado parcial

Maior lanceN/D
UsuárioN/D
Visitas1449

Localização: Pariquera Açu, Jacupiranga/SP

Fórum/Vara: 3ª VARA DA COMARCA DE REGISTRO – SP

Nº do processo: 0003514-19.2009.8.26.0495

RQTE: MARCHINI FURGÕES LTDA - ME

RQDO: LUIZ IGARASHI e demais interessados.


LEILÃO JUDICIAL - SOMENTE ON-LINE!

O 1° Leilão terá início no dia 30/10/2019 à partir das 15:00h, e encerramento no dia 05/11/2019 às 15:00h; não havendo lance superior ou igual ao da avaliação, seguir-se-á, sem interrupção,o 2° Leilão, que se estenderá em aberto para captação de lances e se encerrará em 27/11/2019 às 15:00h(ambos no horário de Brasília), sendo vendido o bem pelo maior lance ofertado, desde que não inferior a  60%  (sessenta por cento) do valor da avaliação.

1º Leilão - Lance mínimo  R$148.460,41

2º Leilão - Lance mínimo  R$ 89.076,24


DESCRIÇÃO:  50% de um imóvel rural (8,8 hectares dentro de 17,60 hectares) - DESCRIÇÃO DA MATRÍCULA: Lote de terras rural, sob número cinquenta e três (53) situado à linha Braço Preto, no distrito e Município de Pariquera Açu, desta Comarca de Jacupiranga, possuindo a área de dezessete hectares e sessenta ares (17,60 has) e se confronta pela maneira seguinte: ao Norte com terras devolutas; ao sul com o lote número trinta e seis; a leste com o lote cinquenta e quatro e a oeste com o lote número cinquenta e dois, declarado no INCRA sob nº 641073004812-8. Imóvel matrícula nº 13181 do CRI de Jacupiranga/SP.

VALOR DA AVALIAÇÃO:  R$ 148.460,41(Cento e quarenta e oito mil e quatrocentos e sessenta reais e quarenta e um centavos)

ÔNUS: Consta na referida matrícula:AV.2- PENHORA de 50% do imóvel, nestes autos.

OBS.:  A descrição do(s) bem é uma cópia fiel das informações fornecidas pelos cartórios, comitente ou outro órgão responsável. O(s) bem(ns) será(ão) vendido(s) no estado em que se encontra(m). Reservamo-nos o direito de corrigir possíveis erros de digitação.


Link do processo clique aqui.

Link googlemaps clique aqui.

Os Links de esaj e googlemaps divulgadas no PORTAL LEGIS LEILÕES são informais e podem ocorrer erros, não servindo de parâmetro para demonstrar o estado dos bens ou influenciar a decisão de oferta de lances para arrematação.


Aquele que tentar fraudar a arrematação, além da reparação do dano na esfera cível - arts. 186 e 927 do Código Civil - ficará sujeito as penalidades do artigo 358 do Código Penal: Art. 358 - Impedir, perturbar ou fraudar arrematação judicial; afastar ou procurar afastar concorrente ou licitante, por meio de violência, grave ameaça, fraude ou oferecimento de vantagem: Pena - detenção, de 2 (dois) meses a 1 (um) ano, ou multa, além da pena correspondente à violência.

IMÓVEL RURAL C/ 55,42,98 HAS

Lote 01: IMÓVEL RURAL C/ 55,42,98 HAS

Valores atualizados

Avaliação2.616.132,47
Lance mínimo2.616.132,47
Incremento10.000,00

Resultado parcial

Maior lanceN/D
UsuárioN/D
Visitas265

Localização:Bálsamo/SP

Fórum/Vara:2ª VARA DA COMARCA DE MIRASSOL – SP

Nº do processo:1001246-51.2016.8.26.0358

RQTE:BANCO DO BRASIL S/A

RQDO:ROSA MARIA ALVES CARMONA LOURENÇO


LEILÃO JUDICIAL - SOMENTE ON-LINE!

O 1° Leilão terá início no dia 29/06/2020 à partir das 15:10h, e encerramento no dia 02/07/2020 às 15:10h; não havendo lance superior ou igual ao da avaliação, seguir-se-á, sem interrupção,o 2° Leilão, que se estenderá em aberto para captação de lances e se encerrará em 22/07/2020 às 15:10h(ambos no horário de Brasília), sendo vendido o bem pelo maior lance ofertado, desde que não inferior a60%(sessenta por cento) do valor da avaliação. 

1º Leilão - Lance mínimo  R$ 2.616.132,47

2º Leilão - Lance mínimo  R$ 1.569.679,48


DESCRIÇÃO:Um imóvel rural - DESCRIÇÃO DA MATRÍCULA: Uma propriedade agrícola, com a área de 55,42,98 has., ou sejam 22,904 alqueires de terras, situado na Fazenda Santa Maria , no distrito e município de Bálsamo, desta comarca de Mirassol, localizada dentro do seguinte roteiro: começa na cerca de arame da estrada de Ferro Araraquarense, hoje FEPASA (Bálsamo –Engenheiro Balduino), no ponto confrontando com terras de Eurico Pappalardo e segue com esta confrontação em rumo 74º08’30 na distância de 645,00 metros; daí, virando à esquerda, segue com a mesma confrontação em rumo de 44º32’90 na distância de 342,00 metros, até a divisa de terras de Severa Sanchez, deste ponto vira à direita segue com esta confrontação, nos seguintes rumos e distâncias: 65º54’NO –109,00 metros; 3º59’NO – 78,60 metros e finalmente 09º38’NE – 323,00 metros até atingir um córrego sem denominação; daí segue por este acima até a sua cabeceira onde se encontra um marco; deste marco virando a esquerda segue ainda confrontando com Dona Severa Sanchez em rumo de 04º20’NE , na distância de 415,00 metros até alcançar uma cerca de arame a margem de uma estada vicinal interna (carreador) e virando à direita, segue por esta estrada de rumo 39º40’NE, na distância de 378,00 metros até atingir a já referida cerca de arame da estrada de ferro virando novamente à direita segue por esta cerca, na distância de 954,00 metros, até o ponto inicial, deste roteiro.

Consta no laudo de avaliação: Área total: 55,42,98 hectares ou 22,904 alqueires ou 554.276,80 m²; Seringueira com 35,00 hectares; Pasto com 15,00 hectares. Consta as seguintes benfeitorias: 

1) Casa de Sede, de alvenaria, com telhas de cerâmica, com piso cerâmico e cimentado, sem forro, sem revestimento com 2 quartos, cozinha, varanda, 1 banheiros e garagem. Com área construída 50,00m², esquadrias de madeira e metálicas, com pintura de látex e esmalte, em regular estado de conservação.

2) Barracão rural,  com área construída de 70,00m², fechamento de madeira, telha de fibrocimento, Estrutura do telhado de madeira, sem forro e sem piso, com esquadrias de madeira, em regular estado de conservação.

3) Depósito rural, com área construída de 30,00m² de alvenaria com telha de cerâmica, sem piso, sem forro e em regular estado de conservação.

4) Casa colono residencial, de alvenaria, com telha de cerâmica e fibrocimento, piso cimentado, sem forro, com pintura de revestimento na cozinha e banheiro, com esquadrias de madeira e metálicas, pintura látex e esmalte, sendo 2 quartos, cozinha, sala e banheiro, com área construída de 40,00m² em regular estado de conservação.

5) Casa colono residencial de alvenaria, com telha de cerâmica e fibrocimento, piso cimentado, sem forro, com pintura de revestimento na cozinha e banheiro, com esquadrias de madeira e metálicas, pintura látex e esmalte, sendo 2 quartos, cozinha, sala e banheiro, com área construída de 40,00m²em regular estado de conservação.

6) Padrão de entrada de energia elétrica, com transformador rebaixador, quadro e poste. Tipo: elétrica; Características: transformador rebaixador de tensão para alimentação das construções e benfeitorias; Quadro de distribuição: sim, metálico; Posteação: sim, madeira; Materiais adicionais: cruzeta com chave seccionadora, isoladores, cabos elétricos, chaves internas etc; Potência: 25 KVA, em regular estado de conservação.

7) Caixa d’água Rural, com estrutura Metálica, capacidade de 5.000l, em regular estado de conservação 

8) Poço semi-artesiano, para captação de água, profundidade 80,00m, com bomba de 2 hp, tubulação de revestimento e recalque

9) Galpão do curral rural de madeira, com telha cerâmica, com piso cimentado, com área construída de 50,00m², em regular estado de conservação.

10) Curral rural de madeira, com área de 65,00m², em regular estado de conservação.

11) Rede de distribuição de energia elétrica e iluminação, para as benfeitorias e iluminação externa, com postes de madeira, em regular estado de conservação.

12) Rede de distribuição de água, potável para as benfeitorias, com tubulação em PVC subterrânea, em regular estado de conservação.

O imóvel está localizado a 1,5 km de Bálsamo; saindo pela Estrada BSM – 050 percorre 1,0 km e vira à esquerda na BSM – 250 daí segue por mais 500,00 metros, chegando ao imóvel. Imóvel matrícula nº 7.662 do Cartório de Registro de Imóveis de Mirassol/SP.

VALOR DA AVALIAÇÃO:R$ 2.616.132,47 (Dois milhões, seiscentos e dezesseis mil, cento e trinta e dois reais e quarenta e sete centavos)

ÔNUS:Consta na referida matrícula: R.63- HIPOTECA de 3º grau do imóvel, em favor de Banco do Brasil S/A; R.64- HIPOTECA de 4º grau do imóvel, em favor de Banco do Brasil S/A; R.65- HIPOTECA de 5º grau do imóvel, em favor de Banco do Brasil S/A; R.66- HIPOTECA de 6º grau do imóvel, em favor de Banco do Brasil S/A; R.68- HIPOTECA do imóvel, em favor de Banco do Brasil S/A; R.70- HIPOTECA do imóvel, em favor de Banco do Brasil S/A; AV.71- HIPOTECA de 7º grau do imóvel, em favor de Banco do Brasil S/A; AV.76- PENHORA do imóvel, nestes autos. 

OBS.:A descrição do(s) bem é uma cópia fiel das informações fornecidas pelos cartórios, comitente ou outro órgão responsável. O(s) bem(ns) será(ão) vendido(s) no estado em que se encontra(m). Reservamo-nos o direito de corrigir possíveis erros de digitação.


Link do processo clique aqui.

Link googlemaps clique aqui.

Os Links de esaj e googlemaps divulgadas no PORTAL LEGIS LEILÕES são informais e podem ocorrer erros, não servindo de parâmetro para demonstrar o estado dos bens ou influenciar a decisão de oferta de lances para arrematação.


Aquele que tentar fraudar a arrematação, além da reparação do dano na esfera cível - arts. 186 e 927 do Código Civil - ficará sujeito as penalidades do artigo 358 do Código Penal: Art. 358 - Impedir, perturbar ou fraudar arrematação judicial; afastar ou procurar afastar concorrente ou licitante, por meio de violência, grave ameaça, fraude ou oferecimento de vantagem: Pena - detenção, de 2 (dois) meses a 1 (um) ano, ou multa, além da pena correspondente à violência.

50% DE IMÓVEL RURAL C/ 7,46585 ALQ

Lote 01: 50% DE IMÓVEL RURAL C/ 7,46585 ALQ

Valores atualizados

Avaliação396.853,83
Lance mínimo396.853,83
Incremento2.000,00

Resultado parcial

Maior lanceN/D
UsuárioN/D
Visitas243

Localização: Pompéia/SP

Fórum/Vara:1ª VARA DA COMARCA DE POMPÉIA – SP

Nº do processo:1001528-28.2017.8.26.0464

RQTE:JDB DISTRIBUIDORA E REPRESENTAÇÕES LTDA

RQDO:JOSÉ ALFREDO CHICARELLI 


LEILÃO JUDICIAL - SOMENTE ON-LINE!

O 1° Leilão terá início no dia 23/07/2020 à partir das 14:35h, e encerramento no dia 28/07/2020 às 14:35h; não havendo lance superior ou igual ao da avaliação, seguir-se-á, sem interrupção,o 2° Leilão, que se estenderá em aberto para captação de lances e se encerrará em 25/08/2020 às 14:35h(ambos no horário de Brasília), sendo vendido o bem pelo maior lance ofertado, desde que não inferior a60%(sessenta por cento) do valor da avaliação.

1º Leilão - Lance mínimo  R$ 396.853,83

2º Leilão - Lance mínimo  R$ 238.112,29


DESCRIÇÃO: 50% de um imóvel rural (Correspondente a 7,46585 alqueires  dentro de um total de 14,9317 alqueires)  - DESCRIÇÃO DA MATRÍCULA: Um imóvel rural, “Fazenda Nossa Senhora Aparecida-Gleba A”, com a área total de 36,1346 hectares de terras, situado neste distrito, município e comarca de Pompéia, Estado de São Paulo, dentro do seguinte roteiro: Tem início no ponto P1, localizado na margem da faixa de domínio da Estrada Municipal PMP-152, onde também confronta com Antonio Indalecio do Vale; daí até o ponto P2 segue pela margem da faixa de domínio da Estrada Municipal PMP-152 com azimute verdadeiro de 350°29’31” e distância de 40,82 metros, do ponto P2 até o ponto P3 segue com azimute verdadeiro de 340°55’17” e distância de 35,96 metros, do ponto P3 até o ponto P4 segue com azimute verdadeiro de 331°42’57” e distância de 399,73 metros, do ponto P4 até o ponto P5 segue com azimute verdadeiro de 331°49’41” e distância de 59,86 metros, do ponto P5 até o ponto P6 segue com azimute verdadeiro de 351°16’18” e distância de 55,45 metros, do ponto P6 até o ponto P7 segue com azimute verdadeiro de 17°10’37” e distância de 31,37 metros, do ponto P7 até o ponto P8 segue com azimute verdadeiro de 27°39’37” e distância de 92,59 metros, do ponto P8 até o ponto P9 segue com azimute verdadeiro de 24°37’50” e distância de 125,37 metros, do ponto P9 até o ponto P10 segue com azimute verdadeiro de 30°2’18” e distância de 155,63 metros, do ponto P10 até o ponto P11 segue com azimute verdadeiro de 34°25’59” e distância de 46,46 metros, do ponto P11 até o ponto P12 segue com azimute verdadeiro de 44°39’24” e distância de 139,65 metros, confrontando do ponto P1 ao ponto P12 com a Estrada Municipal PMP-152; do ponto P12 até o ponto P13 segue com azimute verdadeiro de 141°51’7” e distância de 600,18 metros, confrontando com Alexandre Gagliardi Ramos e outros; do ponto P13 até o ponto P1, marco inicial da descrição deste imóvel, segue com azimute verdadeiro de 217°42’7” e distância de 707,98 metros, confrontando com Alexandre Gagliardi Ramos e outros e também com Antonio Indalecio do Vale, encerrando assim uma área de 36,1346 hectares; devidamente cadastrado no INCRA, e em nome de José Chicarelli e outros, sob nº 621.129.007.587-7, área total 133,10, mod. fiscal 18,00, n. de mod. fiscais 7,3900, mod. rural 30,1131, nº de mod. rurais 4,42 fração mínima de parcelamento 2,0 com a denominação de “Fazenda Nossa Senhora Aparecida” e na Receita Federal sob nº 3.098.015-1. Consta no laudo de avaliação um barracão pequeno de estrutura metálica, coberto com telhas de metal, para guardar maquinários agrícolas. Uma mangueira, com nove divisórias, com brete coberto com telhas e desembarcador. Um poço semi-artesiano e uma caixa de água cor azul da marca glassmar em cima de uma estrutura de tijolos. Imóvel matrícula nº 11.731 do CRI de Pompéia/SP.

VALOR DA AVALIAÇÃO:R$ 396.853,83 (Trezentos e noventa e seis mil, oitocentos e cinquenta e três reais e oitenta e três centavos)

ÔNUS: Consta na referida matrícula: AV.5- DISTRIBUIÇÃO do imóvel, expedido pela 1ª Vara Judicial do Foro de Bebedouro, no proc. nº 1000850-25.2017.8.26.0072, movido por Coopercitrus Cooperativa de Produtores Rurais; R.6- PENHORA do imóvel, nestes autos.

OBS.:A descrição do(s) bem é uma cópia fiel das informações fornecidas pelos cartórios, comitente ou outro órgão responsável. O(s) bem(ns) será(ão) vendido(s) no estado em que se encontra(m). Reservamo-nos o direito de corrigir possíveis erros de digitação.


Link do processo clique aqui.

Link googlemaps clique aqui.

Os Links de esaj e googlemaps divulgadas no PORTAL LEGIS LEILÕES são informais e podem ocorrer erros, não servindo de parâmetro para demonstrar o estado dos bens ou influenciar a decisão de oferta de lances para arrematação.


Aquele que tentar fraudar a arrematação, além da reparação do dano na esfera cível - arts. 186 e 927 do Código Civil - ficará sujeito as penalidades do artigo 358 do Código Penal: Art. 358 - Impedir, perturbar ou fraudar arrematação judicial; afastar ou procurar afastar concorrente ou licitante, por meio de violência, grave ameaça, fraude ou oferecimento de vantagem: Pena - detenção, de 2 (dois) meses a 1 (um) ano, ou multa, além da pena correspondente à violência.

IMÓVEL RURAL C/ 46,33,04 HAS

Lote 01: IMÓVEL RURAL C/ 46,33,04 HAS

Valores atualizados

Avaliação2.001.661,33
Lance mínimo2.001.661,33
Incremento10.000,00

Resultado parcial

Maior lanceN/D
UsuárioN/D
Visitas255

Localização:Monte Alto/SP

Fórum/Vara:2ª VARA DA COMARCA DE MONTE ALTO – SP

Nº do processo:1000903-54.2018.8.26.0368

RQTE:BANCO DO BRASIL S/A

RQDO:MOACIR ALVES 


LEILÃO JUDICIAL - SOMENTE ON-LINE!

O 1° Leilão terá início no dia 01/07/2020 à partir das 15:00h, e encerramento no dia 06/07/2020 às 15:00h; não havendo lance superior ou igual ao da avaliação, seguir-se-á, sem interrupção,o 2° Leilão, que se estenderá em aberto para captação de lances e se encerrará em 27/07/2020 às 15:00h(ambos no horário de Brasília), sendo vendido o bem pelo maior lance ofertado, desde que não inferior a50%(cinquenta por cento) do valor da avaliação.

1º Leilão - Lance mínimo  R$ 2.001.661,33

2º Leilão - Lance mínimo  R$ 1.000.830,66


DESCRIÇÃO:Um imóvel Rural - DESCRIÇÃO DA MATRÍCULA: Uma área de terras encravada na Fazenda Areias, neste distrito, município e comarca de Monte Alto, denominada Sítio São José, designada gleba 1, composta de 163.304,47 metros quadrados ou 46,33,04 has. ou 19,1447 alqueires, com as medidas perimetrais, rumos e confrontações de Luis Lourenço, Kogi Fugita e outros (gleba 1) e a gleba aqui descrita, confrontação esta que se dá no meio de um Córrego, seguindo com os seguintes rumos, distâncias e confrontações: nº 20A a nº 21, pelo Córrego à montante com rumo 77°36’ NO e distância 22,39 metros; nº 21 a nº 22 rumo 40°25’ NO e distância 321,23 metros; nº 22 a nº 23 rumo 63°28’ NO e distância 37,95 metros, sendo que este último ponto está localizado no centro de uma ponte. Seguindo agora à direita, acompanhando uma pequena estrada e confrontando com José Ambrósio, no rumo 04°36’NE e distância 109,07 metros encontrando o ponto nº 1. Aqui abandonando a estrada, segue à esquerda e confrontando com Antônio Malaguti e outros, com os seguintes rumos e distâncias: nº 1 a nº 2 rumo 50°12’ NO e distância 502,61 metros; nº 2 a nº 3 rumo 79°06’ NO e distância 229,92 metros, sendo que aqui encontramos o ponto de queda da Serra de Anhumas, seguimos à esquerda sempre acompanhando a linha de queda da serra por 1.045,45 metros, encontrando o ponto nº 4, na Serra, confrontando com confrontantes diversos do Bairro de Anhumas. Do ponto nº 4, abandonando a Serra, seguindo à esquerda, confrontando com Antônio Fumis até o ponto nº 5 com rumo 79°16’ SE e distância 67,94 metros. DO ponto nº 5 segue até o ponto nº 5A com rumo 77°06’ SE e distância 11,32 metros, confrontando-se neste percurso com Wilson Cestari: daí deflete à esquerda seguindo com os seguintes rumos e distâncias: nº 5A a nº 18 rumo 57°10’04” NE e distância 12,41 metros; nº 18 a nº 17 rumo 71°32’34” NE e distância 16,33 metros; nº 17 a nº 16 com rumo 78°51’10” NE e distância 47,69 metros; nº 16 a nº 15 rumo 82°05’24” NE e distância 47,89 metros; nº 15 a nº 14 rumo 78°55’48” NE e distância 56,20 metros; nº 14 a nº 13 rumo 83°20’34” NE e distância 45,29 metros; nº13 a nº 12 rumo 79°49’21” NE e distância 3,21 metros; nº 12 a nº 11 rumo 82°34’31” NE e distância 25,38 metros; nº 11 a nº 10 rumo 69°44’52” NE e distância 36,33 metros; nº 10 a nº 9 rumo 81°42’05” SE e distância 23,09 metros; nº 9 a nº 8 rumo 27°09’28” SE e distância 226,05 metros, confrontando-se pela direita com a gleba 2; daí segue acompanhando a cerca divisória até o ponto 8A com rumo 31°58’ SE e distância 58,97 metros, confrontando-se com Wilson Cestari; seguindo à esquerda, confrontando com Kogi Fugita (gleba nº 1), com os seguintes rumos e distâncias: nº 8A a nº 26 rumo 81°55’ SE e distância 89,83 metro; nº 26 a nº 25 rumo 74°56’ NE e distância 11,77 metros; nº 25 a nº 24 rumo 50°34’ NE e distância 64,88 metros; nº 24 a nº 20A rumo 60°56’ NE e distância 193,98 metros, confrontando-se do ponto 8A ao ponto 20A com Kogi Fugita e outros )(gleba 1), chegando assim ao ponto de partida. Consta na Av.64- que a referida matrícula foi recadastrada no INCRA sob nº 950025 051004-2, mod. rural 0,0000 has. - nº mod. rurais 0,00 - mod. fiscais 14,0 has. - nº mod. fiscais 3,300 - Fr.min.parc. 2,0 has. - Área total 46,3 has., com a denominação Sítio São José. Imóvel matrícula nº 22.006 do CRI de Monte Alto/SP. 

VALOR DA AVALIAÇÃO:R$ 2.001.661,33 (Dois milhões, um mil, seiscentos e sessenta e um reais e trinta e três centavos)

ÔNUS:Consta na referida matrícula: R.44- HIPOTECA de 14º grau, em favor de Banco do Brasil S/A; R.45- HIPOTECA de 15º grau, em favor de Banco do Brasil S/A; R.70- HIPOTECA de 4º grau, em favor de Banco do Brasil S/A; R.71- HIPOTECA de 5º grau, em favor de Banco do Brasil S/A; R.78- HIPOTECA de 5º grau, em favor de Banco do Brasil S/A; R.79- HIPOTECA de 6º grau, em favor de Banco do Brasil S/A; R.81- HIPOTECA de 7º grau, em favor de Banco do Brasil S/A; R.82- HIPOTECA de 8º grau, em favor de Banco do Brasil S/A; R.83- HIPOTECA de 9º grau, em favor de Banco do Brasil S/A; R.87- HIPOTECA de 10º grau, em favor de Banco do Brasil S/A; R.89- HIPOTECA de 11º grau, em favor de Banco do Brasil S/A; R.90- HIPOTECA de 12º grau, em favor de Banco do Brasil S/A; AV.92- DISTRIBUIÇÃO de ação, expedido pela 3ª Vara da Comarca de Monte Alto, no proc. nº 1001257-79.2018.8.26.0368, movido por Coopercitrus Cooperativa de Produtores Rurais; AV.93 PENHORA de 33,33333%do imóvel, expedido pelo 2° Ofício Judicial da Comarca de Monte Alto/SP, no proc. n° 0002351-45.2019.8.26.0368,movido por Banco do Brasil S/A. 

OBS.:A descrição do(s) bem é uma cópia fiel das informações fornecidas pelos cartórios, comitente ou outro órgão responsável. O(s) bem(ns) será(ão) vendido(s) no estado em que se encontra(m). Reservamo-nos o direito de corrigir possíveis erros de digitação.


Link do processo clique aqui.

Link googlemaps clique aqui.

Os Links de esaj e googlemaps divulgadas no PORTAL LEGIS LEILÕES são informais e podem ocorrer erros, não servindo de parâmetro para demonstrar o estado dos bens ou influenciar a decisão de oferta de lances para arrematação.


Aquele que tentar fraudar a arrematação, além da reparação do dano na esfera cível - arts. 186 e 927 do Código Civil - ficará sujeito as penalidades do artigo 358 do Código Penal: Art. 358 - Impedir, perturbar ou fraudar arrematação judicial; afastar ou procurar afastar concorrente ou licitante, por meio de violência, grave ameaça, fraude ou oferecimento de vantagem: Pena - detenção, de 2 (dois) meses a 1 (um) ano, ou multa, além da pena correspondente à violência.

IMÓVEL RURAL C/ 4,2483 ALQ

Lote 01: IMÓVEL RURAL C/ 4,2483 ALQ

Valores atualizados

Avaliação229.347,49
Lance mínimo229.347,49
Incremento3.000,00

Resultado parcial

Maior lanceN/D
UsuárioN/D
Visitas485

Localização: Marília/SP

Fórum/Vara: 5ª VARA CÍVEL DA COMARCA DE MARÍLIA – SP

Nº do processo: 0022621-12.2012.8.26.0344

RQTE: FUNDO DE INVESTIMENTOS EM DIREITOS CREDITÓRIOS MULTISEGMENTOS NPL IPANEMA II - NÃO PADRONIZADO

RQDO: KIUTI ALIMENTOS LTDA (TUTTY) 


LEILÃO JUDICIAL - SOMENTE ON-LINE!

O 1° Leilão terá início no dia 24/08/2020 à partir das 14:00h, e encerramento no dia 31/08/2020 às 14:00h; não havendo lance superior ou igual ao da avaliação, seguir-se-á, sem interrupção,o 2° Leilão, que se estenderá em aberto para captação de lances e se encerrará em 21/09/2020 às 14:00h(ambos no horário de Brasília), sendo vendido o bem pelo maior lance ofertado, desde que não inferior a60%(sessenta por cento) do valor da avaliação. 

1º Leilão - Lance mínimo  R$ 229.347,49

2º Leilão - Lance mínimo  R$ 137.608,49


DESCRIÇÃO:  A parte ideal de 1/28 (Um vinte e oito avos) sendo 4,2483 alqueires dentro de área remanescente da matrícula nº 8.149do 1º CRI de Marília/SP (4,2483 alqueires dentro de área remanescente de 57,811 alqueires ) DESCRIÇÃO DA MATRÍCULA: FAZENDA FIGUEIRA, com cento e dezenove (119) alqueires de terras,localizado neste município, confrontando com João Português; Coronel Galdino; Amaral Mello; Boaventura, e pelo lado de baixo com terras que foram de Rodolfo Miranda, Camilo Abmussi, com japoneses e com o Rio do Peixe, ou sucessores desses confrontantes, contendo 3 casas de tábuas e mais pequenas benfeitorias. A área acima corresponde a 287 hec. e 98 ares, cadastrado no INCRA sob o nº 621.099.012.319. Consta no Laudo de Avaliação que a região onde está inserida a propriedade recebe os benefícios de melhoramento público como: asfalto, rede elétrica de baixa e alta tensão. Dada a sua localização, meios de circulação, topografia, superfície, capacidade de uso, circulação e região circunvizinha, temos que a sua vocação principal é para fins de silvicultura e agro pastoris. Imóvel localizado no município de Marília/SP. Imóvel matrícula nº 8.149 do 1º CRI de Marília/SP.

VALOR DA AVALIAÇÃO:R$  229.347,49 (Duzentos e vinte e nove mil, trezentos e quarenta e sete reais e quarenta e nove centavos)

ÔNUS: Consta na referida matrícula:AV.1-HIPOTECA de 4/8 do imóvel, em favor de Ozores Domingues & Cia, Sociedade Comercial;AV.11-DISTRIBUIÇÃO de ação, expedido pela 3ª Vara Cível do Fórum Central João Mendes da Comarca de São Paulo, no proc. nº 583.00.2012.129670-6, movido por Banco Industrial e Comercial S/A;AV.13-PENHORA de 12,50% do imóvel pertencente a Alcides Spressão Júnior, expedido pela 1ª Vara Cível da Comarca de Marília, no proc. nº 1765/11, movido por Andaluz Fomento Mercantil ltda;AV.14-PENHORA de 12,50% do imóvel pertencente a Alcides Spressão Júnior, expedido pela 1ª Vara Cível da Comarca de Marília, no proc. nº 224/12, movido por Andaluz Fomento Mercantil ltda;AV.15-PENHORA de 12,50% do imóvel pertencente a Alcides Spressão Júnior, expedido pela 1ª Vara Cível da Comarca de Marília, no proc. nº 1523/11, movido por Andaluz Fomento Mercantil ltda;AV.16-PENHORA de 12,50% do imóvel pertencente a Alcides Spressão Júnior, expedido pela 1ª Vara Cível da Comarca de Marília, no proc. nº 88/12, movido por Andaluz Fomento Mercantil ltda;AV.17-ARROLAMENTO dos bens pertencente a Alcides Spressão Júnior, expedido pela Secretaria da Receita Federal em Marília;AV.18-PENHORA de 3,57% do imóvel pertencente a Alcides Spressão Júnior, nestes autos;AV.21-PENHORA de 14,28500% do imóvel pertencente a Alcides Spressão Júnior, expedido Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região de Jaboticabal, no proc. nº 555-23.2011.5.15.0120, movido por Pedro Luis Possebom;AV.23-PENHORA de 28,57% do imóvel pertencente a Alcides Spressão Júnior, expedido pela 39º Ofício Cível de São Paulo, no proc. nº 0129670-68.2012, movido por China Construction Bank (Brasil) Banco Multiplo S/A;AV.24-INDISPONIBILIDADE do imóvel pertencente a Alcides Spressão Júnior, expedido pela 2ª Vara Federal de Marília, no proc. nº 0000751-40.2015.4.03.6111;AV.25-INDISPONIBILIDADE do imóvel pertencente a Alcides Spressão Júnior, expedido pela 3ª Vara do Trabalho de Montes Claros/MG, no proc. nº 0001136-59.2012.5.03.0145.

OBS.: A descrição do(s) bem é uma cópia fiel das informações fornecidas pelos cartórios, comitente ou outro órgão responsável. O(s) bem(ns) será(ão) vendido(s) no estado em que se encontra(m). Reservamo-nos o direito de corrigir possíveis erros de digitação.


Link do processo clique aqui.

Link googlemaps clique aqui.

Os Links de esaj e googlemaps divulgadas no PORTAL LEGIS LEILÕES são informais e podem ocorrer erros, não servindo de parâmetro para demonstrar o estado dos bens ou influenciar a decisão de oferta de lances para arrematação.


Aquele que tentar fraudar a arrematação, além da reparação do dano na esfera cível - arts. 186 e 927 do Código Civil - ficará sujeito as penalidades do artigo 358 do Código Penal: Art. 358 - Impedir, perturbar ou fraudar arrematação judicial; afastar ou procurar afastar concorrente ou licitante, por meio de violência, grave ameaça, fraude ou oferecimento de vantagem: Pena - detenção, de 2 (dois) meses a 1 (um) ano, ou multa, além da pena correspondente à violência.

50% DE IMÓVEL RURAL C/ 12,50 ALQ

Lote 01: 50% DE IMÓVEL RURAL C/ 12,50 ALQ

Valores atualizados

Avaliação893.891,62
Lance mínimo893.891,62
Incremento3.000,00

Resultado parcial

Maior lanceN/D
UsuárioN/D
Visitas92

Localização:Palestina/SP

Fórum/Vara:2ª VARA DA COMARCA DE TAQUARITINGA – SP

Nº do processo:0002760-15.2017.8.26.0619

RQTE:FRUTAGRO COMERCIO DE FRUTAS E INSUMOS LTDA

RQDO:MARIA HELENA MEDEIRO 


 

LEILÃO JUDICIAL - SOMENTE ON-LINE!

O 1° Leilão terá início no dia 24/07/2020 à partir das 14:10h, e encerramento no dia 29/07/2020 às 14:10h; não havendo lance superior ou igual ao da avaliação, seguir-se-á, sem interrupção,o 2° Leilão, que se estenderá em aberto para captação de lances e se encerrará em 26/08/2020 às 14:10h(ambos no horário de Brasília), sendo vendido o bem pelo maior lance ofertado, desde que não inferior a60%(sessenta por cento) do valor da avaliação.

1º Leilão - Lance mínimo  R$ 893.891,62

2º Leilão - Lance mínimo  R$ 536.334,97


DESCRIÇÃO:50% do imóvel rural ( 12,50 alqueires dentro de 25,00 alqueires) - DESCRIÇÃO DA MATRÍCULA: Fazenda Santo Antonio - IMóvel Geral Fazenda Lageado - área 60.62.41há - Quinhão Q1 - Duplo Céu - Palestina/SP - Um imóvel rural, constante de uma área de 60.62.41 hectares de terras, ou sejam 25,00 alqueires mais 1.241 metros quadrados, constituído de pasto, contendo como benfeitorias cercas de arame nas divisas e internamente, situado na Fazenda imóvel geral denominada Lageado, com a denominação especial de Fazenda Santo Antonio, no distrito de Duplo Céu, município e comarca de Palestina, Estado de São Paulo, dentro dos rumos, divisas e confrontações seguintes: Inicia-se a descrição deste perímetro no vértice “0”, situado no limite da propriedade de David de Souza Batista, e com a propriedade Janyr Antonio Miqueluti e Braz Medeiros de Lisboa; daí segue por cerca de arame, nas seguintes distâncias e rumos: (0-1 - 87,36 mts - 52°47’59”SE; (1-2) - 533,52mts - 51°33’11”SW, até o vértice “2”, situado junto ao veio do córrego Lageado, no limite da propriedade de Janyr Antonio Miqueluti e Braz Medeiros Lisbôa, nas seguintes distâncias e rumos: (2 - 3) - 21,19mts - 19°22’58”SW; (3 - 4) - 7,00mt - 52°59’11”SW, este trecho confronta com uma estrada secundária de terra batida, que liga esta região à Palestina: (4 - 5) - 86,65 mts - 52°59’11”SW; (5 - 6) - 127,01 mts - 61°07’01”SW, até o vértice “6”, situado junto ao veio do Córrego Lageado, no limite da propriedade de Janyr Antonio Miqueluti e Braz Medeiro de Lisboa, e com o quinhão 02, percorrendo uma distância de 943,86 metros, com rumo de 48°57’36”SE, até o vértice “45A”, situado no limite do quinhão 02, e com a propriedade de Jacintho Gusson, Divaldo Antônio Tonelli Gusson, Antônio Carlos Tonelli Gusson e DIva Lays Tonelli Gusson Matos; daí, deflete à esquerda, segue por cerca de arame, confrontando com a propriedade de Jacintho Gusson, Divaldo Antônio Tonelli Gusson, Antônio Carlos Tonelli Gusson e Diva Lays Tonelli Gusson Matos, percorrendo uma distância de 1.299,51 metros, com rumo de 14°13’46”NE, até o vértice “45”, situado no limite da propriedade de Jacintho Gusson, Divaldo Antônio Tonelli Gusson, Antônio Carlos Tonelli Gusson e Diva Lays Tonelli Gusson Matos, e com a propriedade de David de Souza Batista; daí, deflete à esquerda, segue por cerda de arame, confrontando com a propriedade de David de Souza Batista, nas seguintes distâncias e rumos:  (45 - 44) - 5,06mts - 75°26’19”NW; (44 - 0) - 499,52mts - 76°13’40”SW, até o vértice “0”, de onde teve origem a descrição deste perímetro; Imóvel devidamente cadastrado no INCRA sob nº 610.127.008.095,5 com área total de 121,5000 - Módulo rural 40,1052; nº de módulos rurais 2,85; módulo fiscal 24,0000; nº de módulos fiscais 5,06; FMP 9 (há) 2,0000; nº do imóvel na Receita Federal 0.300.081-8 em nome de Janyr Antonio Miqueluti e outros. Consta no Laudo de Avaliação que o imóvel está situado na Fazenda Imóvel Geral Lageado, com denominação especial de Fazenda Santo Antonio, no Distrito de Duplo Céu, município e comarca de Palestina/SP. Imóvel matrícula nº 5588 do CRI de Palestina/SP.

VALOR DA AVALIAÇÃO:R$ 893.891,62 (Oitocentos e noventa e três mil, oitocentos e noventa e um reais e sessenta e dois centavos)

ÔNUS:Consta na referida matrícula: R.4- HIPOTECA do imóvel, em favor de Banco Bradesco S/A; R.5- HIPOTECA do imóvel, em favor de Banco Bradesco S/A; R.6- HIPOTECA do imóvel, em favor de Banco Bradesco S/A; R.11- HIPOTECA do imóvel, em favor de Banco Bradesco S/A; R.12- HIPOTECA do imóvel, em favor de Banco Bradesco S/A; AV.15- DISTRIBUIÇÃO de ação, expedido pela 2ª Vara Judicial do Foro de Taquaritinga, no proc. nº 0007232-98.2013.8.26.0619, movido por Frut’Agro Comércio de Fruta e Insumos Ltda; AV.17- PENHORA de 50% do imóvel, nestes autos; R.19- HIPOTECA do imóvel, em favor de Banco Bradesco S/A.

OBS.:A descrição do(s) bem é uma cópia fiel das informações fornecidas pelos cartórios, comitente ou outro órgão responsável. O(s) bem(ns) será(ão) vendido(s) no estado em que se encontra(m). Reservamo-nos o direito de corrigir possíveis erros de digitação.


Link do processo clique aqui.

Link googlemaps clique aqui.

Os Links de esaj e googlemaps divulgadas no PORTAL LEGIS LEILÕES são informais e podem ocorrer erros, não servindo de parâmetro para demonstrar o estado dos bens ou influenciar a decisão de oferta de lances para arrematação.


Aquele que tentar fraudar a arrematação, além da reparação do dano na esfera cível - arts. 186 e 927 do Código Civil - ficará sujeito as penalidades do artigo 358 do Código Penal: Art. 358 - Impedir, perturbar ou fraudar arrematação judicial; afastar ou procurar afastar concorrente ou licitante, por meio de violência, grave ameaça, fraude ou oferecimento de vantagem: Pena - detenção, de 2 (dois) meses a 1 (um) ano, ou multa, além da pena correspondente à violência.

IMÓVEL RURAL C/ 27,83 HA

Lote 01: IMÓVEL RURAL C/ 27,83 HA

Valores atualizados

Avaliação1.346.386,56
Lance mínimo1.346.386,56
Incremento5.000,00

Resultado parcial

Maior lanceN/D
UsuárioN/D
Visitas424

Localização: Fazenda Espéria II, Curzália/SP

Fórum/Vara: VARA ÚNICA DA COMARCA DE MARACAÍ – SP

Nº do processo: 0003147-74.2006.8.26.0341

RQTE: BMW COMÉRCIO E REPRESENTAÇÕES DE PRODUTOS AGRÍCOLAS LTDA

RQDO: MARIANO TUCCILLI 


LEILÃO JUDICIAL - SOMENTE ON-LINE!

O 1° Leilão terá início no dia 22/07/2020 à partir das 15:50h, e encerramento no dia 27/07/2020 às 15:50h; não havendo lance superior ou igual ao da avaliação, seguir-se-á, sem interrupção,o 2° Leilão, que se estenderá em aberto para captação de lances e se encerrará em 24/08/2020 às 15:50h(ambos no horário de Brasília), sendo vendido o bem pelo maior lance ofertado, desde que não inferior a60%(sessenta por cento) do valor de avaliação atualizado ou 80% do valor de avaliação atualizado, caso se trate de imóvel de incapaz. 

1º Leilão - Lance mínimo  R$ 1.346.386,56

2º Leilão - Lance mínimo  R$ 807.831,93


DESCRIÇÃO:  Um imóvel rural - DESCRIÇÃO DA MATRÍCULA: Um imóvel rural, denominado Sítio Espéria II, A, localizada no Município de Cruzália, SP, Comarca de Maracaí, SP, com a área superficial de 27,83 ha (vinte e sete hectares e oitenta e três ares), com as seguintes divisas e confrontações: por um lado, com a propriedade do Espólio de Francisco Sauer; por outro lado, com a propriedade de Gennaro Tuccilli, Ângelo Tuccilli e Mariano Tuccilli; por outro lado, com a propriedade de Manoel Pereira da Silva; e por fim, por outro lado com as propriedade de Paul Brauner, Levino Bueno da Silva, Bonifácio Mettifogo e Cláudio César Gonçalves; o imóvel é cortado pela estrada municipal que liga a cidade de Cruzália, SP, ao Bairro do Caçador. Consta no laudo de avaliação que o acesso ao imóvel é feito pela estrada municipal que liga a cidade de Cruzália, SP, ao bairro do Caçador, fazendo parte da zona rural, com ocupação predominante de médias e grandes propriedades rurais. A exploração predominante desta região é a exploração por cultura de cana-de-açúcar, soja e milho, encontrando-se em menor escala, outros tipos de cultura e pastagem. A propriedade possui relevo levemente ondulado. A estrada que faz acesso aos imóveis, a partir da cidade de Assis é asfaltada, classificando o imóvel como de situação muito boa/ótima com importância relativa das distâncias. Imóvel matrícula nº 1.660 do CRI de Maracaí/SP.

VALOR DA AVALIAÇÃO: R$  1.346.386,56 (Um milhão, trezentos e quarenta e seis mil trezentos e oitenta e seis reais e cinquenta e seis centavos)

ÔNUS: Consta na referida matrícula:AV.1-HIPOTECA de 1º grau do imóvel, em favor de Banco Bradesco S/A;AV.4-HIPOTECA de 2º grau do imóvel, em favor de Comercial Agrícola São José Maracaí Ltda;AV.7-PENHORA do imóvel, expedido pelo Serviço do Ofício Judicial da Comarca de Maracaí, no proc. nº 341.01.2006.1435-0 nº de ordem 619/2006, movido por Comercial Agrícola São José Maracaí Ltda.

OBS.: A descrição do(s) bem é uma cópia fiel das informações fornecidas pelos cartórios, comitente ou outro órgão responsável. O(s) bem(ns) será(ão) vendido(s) no estado em que se encontra(m). Reservamo-nos o direito de corrigir possíveis erros de digitação.


Link do processo clique aqui.

Link googlemaps clique aqui.

Os Links de esaj e googlemaps divulgadas no PORTAL LEGIS LEILÕES são informais e podem ocorrer erros, não servindo de parâmetro para demonstrar o estado dos bens ou influenciar a decisão de oferta de lances para arrematação.


Aquele que tentar fraudar a arrematação, além da reparação do dano na esfera cível - arts. 186 e 927 do Código Civil - ficará sujeito as penalidades do artigo 358 do Código Penal: Art. 358 - Impedir, perturbar ou fraudar arrematação judicial; afastar ou procurar afastar concorrente ou licitante, por meio de violência, grave ameaça, fraude ou oferecimento de vantagem: Pena - detenção, de 2 (dois) meses a 1 (um) ano, ou multa, além da pena correspondente à violência.

IMÓVEL RURAL C/ 23 HAS

Lote 01: IMÓVEL RURAL C/ 23 HAS

Valores atualizados

Avaliação2.741.694,38
Lance mínimo2.741.694,38
Incremento10.000,00

Resultado parcial

Maior lanceN/D
UsuárioN/D
Visitas93

Localização: Paranapanema/SP

Fórum/Vara:VARA ÚNICA DA COMARCA DE PARANAPANEMA – SP

Nº do processo:1000195-13.2016.8.26.0420 (segredo de justiça)

RQTE:COOPERCITRUS COOPERATIVA DE PRODUTORES RURAIS

RQDO:  CARLOS ALBERTO MATHEUS DA LUZ 


LEILÃO JUDICIAL - SOMENTE ON-LINE!

O 1° Leilão terá início no dia 23/07/2020 à partir das 14:25h, e encerramento no dia 28/07/2020 às 14:25h; não havendo lance superior ou igual ao da avaliação, seguir-se-á, sem interrupção,o 2° Leilão, que se estenderá em aberto para captação de lances e se encerrará em 25/08/2020 às 14:25h(ambos no horário de Brasília), sendo vendido o bem pelo maior lance ofertado, desde que não inferior a 60%(sessenta por cento) do valor da avaliação ou 80% do valor de avaliação atualizada, caso se trate de imóvel de incapaz.

1º Leilão - Lance mínimo  R$ 2.741.694,38

2º Leilão - Lance mínimo  R$ 1.645.016,62


DESCRIÇÃO:Um imóvel rural - DESCRIÇÃO DA MATRÍCULA: Gleba de terras com 23,00 HAS, com a denominação de Piqueri, e mais benfeitorias constantes da mesma, situada no município de Paranapanema desta comarca, dentro das seguintes divisas e confrontações: Pedro Fogaça de Camargo, Pedro Del Poço, e este por estrada municipal que vai a cidade de Itapeva e por outro lado com José Luiz Duarte e Ijefeton Roque Duarte. Cadastro: 629.120.003.611-1; área total: 23,00 ha; módulo fiscal: 22,0 ha; Fração mínima de parcelamento: 2,0 ha. Consta no auto de avaliação que o imóvel possui área de 24 hectares, localizado no município de Paranapanema, com as seguintes benfeitorias: uma casa coberta de telhas, três barracões e um prédio pequeno que serve como escritório. |Obs: no auto de avaliação consta que o imóvel possui área de 24 hectares, no entanto, na matrícula consta 23 hectares. Imóvel matrícula nº 50.753 do CRI de Avaré/SP.

VALOR DA AVALIAÇÃO:R$ 2.741.694,38 (Dois milhões, setecentos e quarenta e um mil, seiscentos e noventa e quatro reais e trinta e oito centavos)

ÔNUS:Consta na referida matrícula: R.41- HIPOTECA do imóvel, em favor de Cooperativa de Crédito Rural de Itaí - Paranapanema - Avaré; R.47- HIPOTECA do imóvel, em favor de Cooperativa de Crédito Rural de Itaí - Paranapanema - Avaré; AV.54- DISTRIBUIÇÃO de ação, expedido pela Vara Única da Comarca de Paranapanema, no proc. nº 1000236-77.2016.8.26.0420, movido por Clovis Benedito Gomes; AV.55- DISTRIBUIÇÃO de ação, nestes autos; AV.56- PENHORA do imóvel, nestes autos; AV.57- PENHORA do imóvel, expedido pela Vara Única da Comarca de Paranapanema, no proc. nº 100044920201582604200, movido por Cooperativa de Crédito Crediceripa - Sicoob Crediceripa; AV.58- PENHORA do imóvel, expedido pelo Ofício Judicial de Taquarituba, no proc. nº 1001925-41.2016.8.26.0620, movido por Belagricola Comércio e Representações de Produtos Agricolas S.A.

OBS.:A descrição do(s) bem é uma cópia fiel das informações fornecidas pelos cartórios, comitente ou outro órgão responsável. O(s) bem(ns) será(ão) vendido(s) no estado em que se encontra(m). Reservamo-nos o direito de corrigir possíveis erros de digitação.


Link googlemaps clique aqui.

Os Links de esaj e googlemaps divulgadas no PORTAL LEGIS LEILÕES são informais e podem ocorrer erros, não servindo de parâmetro para demonstrar o estado dos bens ou influenciar a decisão de oferta de lances para arrematação.


Aquele que tentar fraudar a arrematação, além da reparação do dano na esfera cível - arts. 186 e 927 do Código Civil - ficará sujeito as penalidades do artigo 358 do Código Penal: Art. 358 - Impedir, perturbar ou fraudar arrematação judicial; afastar ou procurar afastar concorrente ou licitante, por meio de violência, grave ameaça, fraude ou oferecimento de vantagem: Pena - detenção, de 2 (dois) meses a 1 (um) ano, ou multa, além da pena correspondente à violência.

IMÓVEL RURAL A.T. 24.053,137M²

Lote 01: IMÓVEL RURAL A.T. 24.053,137M²

Valores atualizados

Avaliação218.773,41
Lance mínimo218.773,41
Incremento1.000,00

Resultado parcial

Maior lanceN/D
UsuárioN/D
Visitas364

Localização: Av. Gagliano Francisco Pagliuso, Taquaritinga/SP

Fórum/Vara: 2ª VARA DA COMARCA DE TAQUARITINGA – SP

Nº do processo: 0003773-35.2006.8.26.0619

RQTE: MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE SÃO PAULO

RQDO: ANTONIO CARLOS RUIZ GIMENEZ


LEILÃO JUDICIAL - SOMENTE ON-LINE!

O 1° Leilão terá início no dia 22/07/2020 à partir das 15:05h, e encerramento no dia 27/07/2020 às 15:05h; não havendo lance superior ou igual ao da avaliação, seguir-se-á, sem interrupção,o 2° Leilão, que se estenderá em aberto para captação de lances e se encerrará em 24/08/2020 às 15:05h(ambos no horário de Brasília), sendo vendido o bem pelo maior lance ofertado, desde que não inferior a60%(sessenta por cento) do valor da avaliação.  

1º Leilão - Lance mínimo  R$  218.773,41

2º Leilão - Lance mínimo  R$ 131.264,04


DESCRIÇÃO:  Um imóvel rural - DESCRIÇÃO DA MATRÍCULA: Gleba “B”, encravada na Fazenda Grama, deste distrito, município e comarca, sem benfeitorias, a qual fica dentro das metragens, divisas e confrontações seguintes: Tem início no marco M, de coordenadas UTM 758504,046E e 7629354,987N e meridiano central de 51 graus, marco este situado na divisa com a Estrada Municipal Secundária, Sebastião Fanelli e a área em descrição; daí, segue confrontando com Sebastião Fanelli - matrícula nº 5.211, com as seguintes medidas: M-13 Az. 151°45’24” e distância de 29,395ms; 13-14 = az. 70°24’26” e distância de 38,338ms e 14-15 = Az. 87°31’18” e distância de 40,977ms; daí, deflete à esquerda e segue confrontando com a Estrada Municipal Secundária, com faixa de domínio de 6,00ms, com as seguintes medidas: 15-N = 339°59’12” e distância de 40,168ms e N-M = az. 251°04’32” e distância de 81,632ms, chegando assim ao marco que deu início e fim a presente descrição perimétrica, perfazendo uma área total de 2.507,472 metros quadrados - Cadastrada no INCRA sob nº 612.138.011.002-8, com a área total e registrada de 4,84ha., mód rural, 0,00ha., nº de mod. rurais 0,00ha., mód fiscal 14,0ha., nº de mód. fiscais 0,3457, fração mín. de parc. 2,000ha., em nome de Valdemar Constâncio e outros, brasileiro, com a denominação e Chácara Grama, localizado na Estrada Municipal de Taquaritinga à São Lourenço do Turvo; e, na Receita Federal sob nº 1.850.744-1, com a área total de 3,6ha. Consta na Av.1 a retificação da descrição sendo: Tem início no marco A, de coordenadas UTM 758881,749E e 7629658,552N e meridiano central de 51 graus, localizado na divisa com a Estrada Municipal Secundária, Ivens Marques de Mendonça e área em descrição; daí, segue confrontando com Ivens Marques de Mendonça - matrícula nº 26.166, com azimute de 324°46’45” e distância de 15,215 metros até o marco 02, este situado na margem esquerda do Córrego Ribeirãozinho; daí, deflete à esquerda e segue pela margem esquerda do Córrego Ribeirãozinho, a jusante, com as seguintes medidas: 02-03 = azimute 234°52’27” e distância de 11,421 metros; 03-04 = azimute 260°02’19” e distância de 66,989 metros; 04-05 = azimute 266°03’29” e distância de 26,605 metros; 05-06 = azimute 244°35’22” e distância de 91,28 metros; 06-07 = azimute 259°15’16” e distância de 27,058 metros; 07-08 = azimute 255°14’31” e distância e distância de 18,215 metros; 08-09 = aziute 249°58’23” e distância de 87,368 metros; 09-10= azimute 246°55’40” e distância de 59,884 metros; 10-11 = azimute 258°23’43” e distância de 24,806 metros e 11-12 = azimute 250°08’12” e distância de 73,625 metros; daí, deflete à esquerda, deixando a margem do Córrego Ribeirãozinho e segue confrontando com Sebastião Fanelli - Matrícula nº 5.211, com azimute 151°45’24” e distância de 15,159 metros até o marco L; daí, deflete à esquerda e segue confrontando com a Estrada Municipal Secundária, com faixa de domínio de 6,00 metros, com as seguintes medidas: L-K 71°04’32” e distância de 88,504 metros; K-J = azimute 159°59’12” e distância de 41,669 metros; J-L= azimute 87°39’44” e distância de 14,194 metros; I-H= azimute 84°10’51” e distância de 67,068 metros; H-G=azimute 66°451’15” e distância de 29,731 metros; G-F= Azimute 62°56’15” e distância de 33,740 metros; F-E=azimute 60°57’48” e distância de 75,622 metros; E-D=azimute 61°20’26” e distância de 27,727 metros; D-C= azimute 65°05’56” e distância de 94,989 metros; C-B=azimute 54°57’27” e distância de 18,780 metros e B-A= azimute 49°00’17” e distância de 43,164 metros, chegando assim ao marco que serviu de início e fim a presente descrição perimétrica, perfazendo uma área total de 24.053,137 metros quadrados. Consta no laudo de avaliação que o imóvel rural fica encravado entre o Córrego Ribeirãozinho e a Av. Gagliano Fco. Pagliuso. O imóvel confronta por toda e extensão do seu lado direito com a margem do Córrego Ribeirãozinho. Foi identificado a existência de uma ocupação no interior da área. Imóvel matrícula nº 26.330 do CRI de Taquaritinga/SP.

VALOR DA AVALIAÇÃO:R$  218.773,41 (Duzentos e dezoito mil, setecentos e setenta e três reais e quarenta e um centavos)

ÔNUS: Consta na referida matrícula:AV.3-PENHORA de 25% do imóvel, nestes autos;AV.4-INDISPONIBILIDADE do imóvel, expedido pelo Tribunal Superior do Trabalho da 15ª Região, no processo nº 0000663-83.2011.5.15.0142.

OBS.: A descrição do(s) bem é uma cópia fiel das informações fornecidas pelos cartórios, comitente ou outro órgão responsável. O(s) bem(ns) será(ão) vendido(s) no estado em que se encontra(m). Reservamo-nos o direito de corrigir possíveis erros de digitação.


Link do processo clique aqui.

Link googlemaps clique aqui.

Os Links de esaj e googlemaps divulgadas no PORTAL LEGIS LEILÕES são informais e podem ocorrer erros, não servindo de parâmetro para demonstrar o estado dos bens ou influenciar a decisão de oferta de lances para arrematação.


Aquele que tentar fraudar a arrematação, além da reparação do dano na esfera cível - arts. 186 e 927 do Código Civil - ficará sujeito as penalidades do artigo 358 do Código Penal: Art. 358 - Impedir, perturbar ou fraudar arrematação judicial; afastar ou procurar afastar concorrente ou licitante, por meio de violência, grave ameaça, fraude ou oferecimento de vantagem: Pena - detenção, de 2 (dois) meses a 1 (um) ano, ou multa, além da pena correspondente à violência.

IMÓVEL RURAL C/ 2 ALQ/ 12,20 HAS

Lote 01: IMÓVEL RURAL C/ 2 ALQ/ 12,20 HAS

Valores atualizados

Avaliação358.862,19
Lance mínimo358.862,19
Incremento2.000,00

Resultado parcial

Maior lanceN/D
UsuárioN/D
Visitas336

Localização:Sítio Nossa Senhora, Gleba Palmeiras, 302, Junqueirópolis/SP

Fórum/Vara:  VARA ÚNICA DA COMARCA DE JUNQUEIRÓPOLIS – SP

Nº do processo: 0000964-60.2005.8.26.0311

RQTE:  BUNGE FERTILIZANTES S/A

RQDO:ERIBERTO SILVA MOTA 


LEILÃO JUDICIAL - SOMENTE ON-LINE!

O 1° Leilão terá início no dia 23/07/2020 à partir das 14:50h, e encerramento no dia 28/07/2020 às 14:50h; não havendo lance superior ou igual ao da avaliação, seguir-se-á, sem interrupção,o 2° Leilão, que se estenderá em aberto para captação de lances e se encerrará em 25/08/2020 às 14:50h(ambos no horário de Brasília), sendo vendido o bem pelo maior lance ofertado, desde que não inferior a 60%(sessenta por cento) do valor da avaliação. 

1º Leilão - Lance mínimo  R$ 358.862,19

2º Leilão - Lance mínimo  R$ 215.317,31


DESCRIÇÃO:  Um imóvel rural - DESCRIÇÃO DA MATRÍCULA: Uma área de terras rural com cinco (5) alqueires paulistas, ou sejam, 12,10 hás, contendo 9.000 cafeeios, 2 casas de tábuas, 1 torreiro, 1 tulha, 1 paiol e outras pequenas benfeitorias, sob nº 302 da gleba Palmeiras, neste município e comarca de Junqueirópolis, Estado de São Paulo, dentro das seguintes divisas e confrontações: “Começa num marco cravado na margem direita da estrada do Contraforte Taquarussu-Nova Palmeiras e na divisa do lote 303; segue confrontando com esta rumo 89°28’NW, na distância de 1142,00 metros, até um marco cravado na divisa do lote 406; segue confrontando com este e o lote 405, rumo 0°32’SW, na distância de 108,50 metros, até o marco cravado na divisa do lote 301; segue confrontando com este rumo 89°28’SE, na distância de 1090,00 metros, até um marco cravado na margem direita da estrada do contraforte Taquarussu-Nova Palmeiras; segue por esta rumo 27°26’NE, na distância de 123,00 metros até o marco inicial”, cadastrado no INCRA sob nº 615.072.010.138, denominado Sítio Nossa Senhora Aparecida. Imóvel matrícula nº 992 do CRI de Junqueirópolis/SP.

VALOR DA AVALIAÇÃO:R$  358.862,19 (Trezentos e cinquenta e oito mil e oitocentos e sessenta e dois reais e dezenove centavos)

ÔNUS:Consta na referida matrícula: R.4- HIPOTECA de 1º grau do imóvel, em favor de Banco do Estado de São Paulo S/A BANESPA; R.10- HIPOTECA de 2º grau do imóvel, em favor de Banco do Estado de São Paulo S/A BANESPA; R.11- HIPOTECA de 3º grau do imóvel, em favor de Banco do Estado de São Paulo S/A BANESPA; AV.16- PENHORA do imóvel, expedido pelo Juiz de Direito da Comarca de Junqueirópolis, no proc. nº 311.01.2008.000732-4 nº de ordem 205/2008, movido por CAJJ Comércio e Representação de Insumos Agropecuários Ltda; R.17- PENHORA do imóvel, expedido pelo 3º Ofício Judicial da Comarca de Dracena, no proc. nº 168.01.2007.004527-3, movido por CAJJ Comércio e Representação de Insumos Agropecuários Ltda; R.18- PENHORA do imóvel, nestes autos. 

OBS.: A descrição do(s) bem é uma cópia fiel das informações fornecidas pelos cartórios, comitente ou outro órgão responsável. O(s) bem(ns) será(ão) vendido(s) no estado em que se encontra(m). Reservamo-nos o direito de corrigir possíveis erros de digitação.


Link do processo clique aqui.

Link googlemaps clique aqui.

Os Links de esaj e googlemaps divulgadas no PORTAL LEGIS LEILÕES são informais e podem ocorrer erros, não servindo de parâmetro para demonstrar o estado dos bens ou influenciar a decisão de oferta de lances para arrematação.


Aquele que tentar fraudar a arrematação, além da reparação do dano na esfera cível - arts. 186 e 927 do Código Civil - ficará sujeito as penalidades do artigo 358 do Código Penal: Art. 358 - Impedir, perturbar ou fraudar arrematação judicial; afastar ou procurar afastar concorrente ou licitante, por meio de violência, grave ameaça, fraude ou oferecimento de vantagem: Pena - detenção, de 2 (dois) meses a 1 (um) ano, ou multa, além da pena correspondente à violência.

IMÓVEL C/ 12 ALQ E 10.550M²

Lote 01: IMÓVEL C/ 12 ALQ E 10.550M²

Valores atualizados

Avaliação1.402.305,46
Lance mínimo1.402.305,46
Incremento5.000,00

Resultado parcial

Maior lanceN/D
UsuárioN/D
Visitas279

Localização: Pirituba, Itaberá/SP

Fórum/Vara:  VARA ÚNICA DA COMARCA DE ITABERÁ – SP

Nº do processo: 1004206-79.2018.8.26.0270

RQTE: BAYER S/A

RQDO:  CENTRAL AGRÍCOLA COMÉRCIO E REPRESENTAÇÕES LTDA


LEILÃO JUDICIAL - SOMENTE ON-LINE!

O 1° Leilão terá início no dia 29/06/2020 à partir das 14:10h, e encerramento no dia 02/07/2020 às 14:10h; não havendo lance superior ou igual ao da avaliação, seguir-se-á, sem interrupção,o 2° Leilão, que se estenderá em aberto para captação de lances e se encerrará em 22/07/2020 às 14:10h(ambos no horário de Brasília), sendo vendido o bem pelo maior lance ofertado, desde que não inferior a 60%  (sessenta por cento) do valor da avaliação ou 80% do valor de avaliação atualizada, caso se trate de imóvel de incapaz.

1º Leilão - Lance mínimo  R$ 1.402.305,46

2º Leilão - Lance mínimo  R$ 841.383,27


DESCRIÇÃO: Um imóvel rural - DESCRIÇÃO DA MATRÍCULA: O quinhão de terras sob nº 3 no imóvel denominado Pirituba, do município de Itaberá, desta comarca, com a área de 12 alqueires e 10.550 metros quadrados, quinhão esse dentro das seguintes divisas e confrontações: Começa no marco E que fica cravado à beira do Rio Pirituba e segue com rumo de 1°45’SW confinando com a gleba nº 4 de Alberto Dsenkanekas e sua mulher na distância de 365,00 metros até o marco D, daí segue com o rumo 1°45’SW confinando com a gleba nº 5 de Ediloe Maria Gil, n distância de 265,00 metros até o marco C, dai segue com o rumo de 88°15’SE, confinando com a gleba nº 2 de Rosa Tereza Gil, na distância de 560,00 metros até o marco I, daí segue com o rumo de 17°05’NW, confinando com Waine Gemignani (sucessor de Roberto Gemignani) e o córrego, na distância de 50,00 metros até o marco nº 115 dai segue com o rumo 36°10NE, confinando com Waine Gemignani, na distância de 26,10 até o marco nº 114, dai segue o rumo de 6°10’NW, confinando com Waine Gemignani, na distância de 73,10 metros até o marco nº 113, segue com o rumo de 29°45’NW, confinando com Waine Gemignani e o córrego na distância de 53,70 metros até o marco nº 112, daí segue com o rumo de 29°45’NW, confinando com Waine Gemignani e o córrego na distância de 53,70 metros até o marco nº 112, dai segue com o rumo de 34°35’NW, confinando com Waine Gemignani, na distância de 96,30 metro até o marco nº 111, dai segue com o rumo de 37°20’NW, confinando com Waine Gemignani, na distância de 42,70 metros até o marco nº 110, dai segue com o rumo de 11°20’NW, confinando com Waing Gemignani o córrego, na distância de 185,60 metros até o marco nº 109, dai segue com o rumo de 31°10’NW, confinando com Waing Gemignani, na distância de 56,40 metros até o marco nº 108, dai segue com o rumo de 53°20’NE, confirmando com Waine Gemignani, na distância e 124,90 metros, até o marco nº 107, dai segue com o rumo de 56°NW, confirmando com Waine Gemignani e Estrada Antiga, na distância de 57,70 metros, até o marco nº 106, dai segue com o rumo de 41°20’NW, confinando com Waine Gemignani e estrada, na distância de 57,70 metros até o marco nº 105 daí segue com o rumo de 69°NW confinando com Waine Gemignani e estrada antiga, na distância de 55,70 metros até o marco 104, dai segue com rumo de 19°SW confinando com Gustav Adolf Ludwing Daar, e córrego, na distância de 41,60 metros até o marco nº 101, daí segue com o rumo de 61°46’NW, confinando com Gustav Adolf Ludwing Daar e córrego, na distância de 56,40 metros até o marco nº 102, daí segue com o rumo de 20°08’NW, confinando com Gustav Adolf Ludwing Daar, e córrego, na distância de 41,60 metros até o marco nº 101, daí segue com o rumo de 38°58’NW confinando com Gustav Adolf Ludwing Daar e córrego, na distância de 54,60 metros até o marco nº 100, dai segue com o rumo de 4°46’NW confinando com Gustav Adolf Ludwing Daar e córrego, na distância de 20,80 metros até o marco nº 99, daí segue com rumo de 56°131NW confinando com Gustav Adolf Ludwing Daar e córrego, na distância de 22,40 metros até o marco nº 98, daí segue com o rumo de 60°24’ confinando com Gustav Adolf Ludwing Daar e corrego, na distância de 23,30 metros até o marco nº 97, dai segue com o rumo de 21°21’SW confinando com Gustav Adolf Ludwing Daar e corrego, na distância de 34,80 metros até o marco nº 96, dai segue com o rumo de 33°21’SW, confinando com Donatilio Domingues e Rio Pirituba, na distância de 52,20 metros até o marco nº 95, daí segue com o rumo de 74°52’NW, confinando com Donatilio Domingues e Rio Pirituba, na distância de 48,00 metros até o marco E, onde começou. Consta no auto de avaliação uma casa de material com 05 cômodos, em regular estado de conservação; uma casa de material com 03 cômodos, em regular estado de conservação; um barracão com aproximadamente 180m², coberto com telhas francesas, em regular estado de conservação; um barracão com aproximadamente 150m², coberto com telhas francesas, em regular estado de conservação; um cercado para cavalo em regular estado de conservação. Imóvel matrícula 4.890 do CRI de Itapeva/SP.

VALOR DA AVALIAÇÃO:R$  1.402.305,46 (Um milhão, quatrocentos e dois mil, trezentos e cinco reais e quarenta e seis)

ÔNUS:  Consta na referida matrícula: R.10- HIPOTECA de 1º grau do imóvel, em favor de Bayer S.A; AV.11- DISTRIBUIÇÃO de ação, expedida pela Vara Única do Foro Distrital de Paranapanema, no proc. nº 0000584-83.2014.8.26.0420, movido por Cooperativa Agro Industrial Holambra; AV.12- PENHORA do imóvel, expedido pelo Foro Distrital de Itaberá, no proc. nº 10000534-58.2016.8.26.0262, movido por Banco Santander S/A; AV.13- PENHORA do imóvel, expedido pelo 12º Ofício Cível de São Paulo, no proc. nº 1003445-15.2014.8.26.0100, movido por Bayer S/A.

OBS.: A descrição do(s) bem é uma cópia fiel das informações fornecidas pelos cartórios, comitente ou outro órgão responsável. O(s) bem(ns) será(ão) vendido(s) no estado em que se encontra(m). Reservamo-nos o direito de corrigir possíveis erros de digitação.


Link do processo clique aqui.

Link googlemaps clique aqui.

Os Links de esaj e googlemaps divulgadas no PORTAL LEGIS LEILÕES são informais e podem ocorrer erros, não servindo de parâmetro para demonstrar o estado dos bens ou influenciar a decisão de oferta de lances para arrematação.


Aquele que tentar fraudar a arrematação, além da reparação do dano na esfera cível - arts. 186 e 927 do Código Civil - ficará sujeito as penalidades do artigo 358 do Código Penal: Art. 358 - Impedir, perturbar ou fraudar arrematação judicial; afastar ou procurar afastar concorrente ou licitante, por meio de violência, grave ameaça, fraude ou oferecimento de vantagem: Pena - detenção, de 2 (dois) meses a 1 (um) ano, ou multa, além da pena correspondente à violência.