Imóvel Rural A.T. 72,9566 ha

Lote 01: Imóvel Rural A.T. 72,9566 ha

Valores atualizados

Avaliação245.886,53
Lance mínimo245.886,53
Incremento2.000,00

Resultado parcial

Maior lanceN/D
UsuárioN/D
Visitas148

Localização:Oscar Bressane/SP.

Fórum/Vara:3ª VARA DA COMARCA DE PARAGUAÇU PAULISTA – SP

Nº do processo:1001787-04.2016.8.26.0417

RQTE:AGROTEKNE COMÉRCIO E REPRESENTAÇÕES LTDA

RQDO:EMERSON LUCIANO TAIETE


LEILÃO JUDICIAL - SOMENTE ON-LINE!

O 1° Leilão terá início no dia 03/07/2019 à partir das 14:30h, e encerramento no dia 09/07/2019 às 14:30h;não havendo lance superior ou igual ao da avaliação, seguir-se-á, sem interrupção,o 2° Leilão, que se estenderá em aberto para captação de lances e se encerrará em 29/07/2019 às 14:30h(ambos no horário de Brasília), sendo vendido o bem pelo maior lance ofertado, desde que não inferior a60%(sessenta por cento) do valor da avaliação.

1º Leilão  - Lance mínimo  R$245.886,53

2º Leilão  - Lance mínimo  R$ 147.531,91


DESCRIÇÃO:A parte ideal de 11,691 hectares da parte ideal de 17,2067 do Sítio Nossa Senhora Aparecida - 30% do imóvel total (11,69610) (REMANESCENTE de 38,9870 hectares conforme de AV. 4) - DESCRIÇÃO DA MATRÍCULA: Um imóvel rural, com a área de 72,9566 hectares, contendo benfeitorias, dentro das seguintes medidas, divisas e confrontações: “Inicia-se a descrição deste perímetro no vértice 1, cerca; deste, segue confrontando com Sitio Meia Lua, de propriedade de Margarida Valentim Pavarim, Ermelinda Romano Pavarim, Orlando Pavarim, Emerson Luciano Taieti, Elisangela Cristiane Taieti, Erica Elizandra Taieti, matrícula 12159, com os seguintes rumos e distâncias: 88°35’56”NE e 2667,14m té o vértice 2, cerca; deste, segue confrontando com Sítio Morada do Sol, de propriedade de Alvides Giroto, Malfair Giroto, matrícula 7658, com os seguintes rumos e distâncias 11°39’50”SE e 110,12m até o vértice 3, 03°31’01”SE e 12,39m até o vértice 4, 02°40’19”SE e 45,13m até o vértice 5, cerca; deste, segue confrontando com Sitio Figueira, de propriedade de Elpidio Batista Hungaro, Mafalda Cassador Hungaro, Reynaldo Baptista Ungaro, Ana Di Marchi Ungaro, matrícula 21927, com os seguintes rumos e distâncias: 02°16’21”SE e 53,41m até o vértice 6, 02°15’09”SE e 62,95m até o vértice 7, 06°07’34”SE e 111,21m até o vértice 8, cerca; deste, segue confrontando com Sitio Santa Maria, de propriedade de Angelo Floreste, matrícula 16092, com os seguintes rumos e distâncias: 87°13’28”NW e 196,35m até o vértice 9, 86°32’16”NW e 283,29m até o vértice 10, 86°03’07”NW e 258,63m até o vértice 13, 85°01’19”NW e 1.344,16m até o vértice 14, 85°01’19”NW e 29,00m até o vértice 15, situado no eixo do Córrego do Frutal; deste, segue confrontando com o eixo do Córrego do Frutal, a jusante, sendo que do outro lado encontra-se a Fazenda Atalaia II, de propriedade de Neusa Biava Capellini, Sérgio Roberto Capellini, matrícula 16041, com os seguintes rumos e distâncias: 03°14’50”NW e 37,36m até o vértice 16, 62°41’05”NW e 20,02m até o vértice 17, 09°26’38”NW e 15,78m até o vértice 18, 09°26’38”NW e 2,68m até o vértice 19, 32°24’22”NE e 43,82m até o vértice 20, 46°14’55”NW e 37,92m até o vértice 21, 46°14’55”NW e 10,45m até o vértice 1, ponto inicial da descrição deste perímetro” (INCRA nº 627.119.000.590-4).

AV.4- Um imóvel rural com a área de 38,9870 hectares, denominado “sítio Nossa Senhora Aparecida”, no Bairro Água do Frutal, Município de Oscar Bressane, dentro das seguintes medidas, divisas e confrontações: “Inicia-se a descrição deste perímetro no vértice 1, cerca; deste, segue confrontando com Sitio Meia Lua, de propriedade de Margarida Valentim Pavarim, Ermelinda Romano Pavarim, Orlando Pavarim, Emeron Luciano Tatieti, Elisangela Cristiane Taieti, Erica Elizandra Taieti, Matrícula: 12159, com os seguintes rumos e distâncias: 88°35’56”NE e 2.667,14m até o vértice 2, cerca; deste, segue confrontando com Sitio Morada do Sol, de propriedade de Alcides Giroto, Malfair Giroto, matrícula: 7658, com os seguintes rumos e distâncias: 11°39’50”SE e 110,12m até o vértice 3, 03°31’01”SE e 12,39m até o vértice 4, 02°40’19”SE e 45,13m até o vértice 5, cerca; deste, segue confrontando com Sitio Figueira, de propriedade de Elpidio Batista Hungaro, Mafalda Cassador Hungaro, Reynaldo Baptista Ungaro, Ana di Marchi Ungaro, matrícula: 21927, com os seguintes rumos e distâncias: 02°16’21”SE e 53,41m até o vértice 6, cerca; deste, segue confrontando com Sitio Nossa Senhora Aparecida, Área Desmembrada, com o seguintes rumos e distâncias: 88°17’01”NW e 2.682,90m até o vértice 18, situado no eixo do Córrego do Frutal; deste, segue confrontando com o eixo do Córrego do Frutal, a jusante, sendo que do outro lado encontra-se a Fazenda Atalaia II, de propriedade de Neusa Biava Capellini, Sergio ROberto Capellini, matrícula: 16041, com os seguintes rumos e distâncias: 09°26’38” NW e 2,68m até o vértice 19, 32°24’22”NE e 43,82m até o vértice 20, 46°14’55”NW e 37,92m até o vértice 21, 46°14’55”NW e 10,45m até o vértice 1, ponto inicial da descrição deste perímetro.

Imóvel matrículanº 22077do CRI deOscar Bressane/SP.

VALOR DA AVALIAÇÃO:R$ 245.886,53(Duzentos e quarenta e cinco mil, oitocentos e oitenta e oito reais e cinquenta e três centavos)

ÔNUS:Consta da referida matrícula:AV.7-PENHORA da parte ideal, expedido pelo Juizado Especial Cível e Criminal da Comarca de Oscar Bressane, no proc. nº 417.01.2008.002518-1, movido por Agropec Produtos Agropecuários Ltda ME;AV.8-PENHORA de 2 hectares da parte ideal do imóvel pertencente ao executado, expedido pela 1ª Vara Judicial da Comarca de Oscar Bressane, no proc. nº 0002517-13.2008.8.26.0417, movido por Agropec Produtos Agropecuários Ltda ME;AV.9-PENHORA do imóvel, nestes autos.

OBS.:A descrição do(s) bem é uma cópia fiel das informações fornecidas pelos cartórios, comitente ou outro órgão responsável. O(s) bem(ns) será(ão) vendido(s) no estado em que se encontra(m). Reservamo-nos o direito de corrigir possíveis erros de digitação.


Link do processo clique aqui.

Link googlemaps  clique aqui.

Os Links de esaj e googlemaps divulgadas no PORTAL LEGIS LEILÕES são informais e podem ocorrer erros, não servindo de parâmetro para demonstrar o estado dos bens ou influenciar a decisão de oferta de lances para arrematação.  


Aquele que tentar fraudar a arrematação, além da reparação do dano na esfera cível - arts. 186 e 927 do Código Civil - ficará sujeito as penalidades do artigo 358 do Código Penal: Art. 358 - Impedir, perturbar ou fraudar arrematação judicial; afastar ou procurar afastar concorrente ou licitante, por meio de violência, grave ameaça, fraude ou oferecimento de vantagem: Pena - detenção, de 2 (dois) meses a 1 (um) ano, ou multa, além da pena correspondente à violência.



IMÓVEL RURAL com 2,34 ALQ

Lote 01: IMÓVEL RURAL com 2,34 ALQ

Valores atualizados

Avaliação245.482,15
Lance mínimo245.482,15
Incremento1.000,00

Resultado parcial

Maior lanceN/D
UsuárioN/D
Visitas440

Localização:Borborema - SP

Fórum/Vara:VARA ÚNICA DA COMARCA DE BORBOREMA – SP

Nº do processo: 0001402-32.2011.8.26.0067

RQTE:S/A STÉFANI COMERCIAL

RQDO:MAXIMINO BENTEU TUROLLA   e demais interessados


LEILÃO JUDICIAL - SOMENTE ON-LINE!

O 1° Leilão terá início no dia 30/05/2019 à partir das 15:00h, e encerramento no dia 06/06/2019 às 15:00h; não havendo lance superior ou igual ao da avaliação, seguir-se-á, sem interrupção,o 2° Leilão, que se estenderá em aberto para captação de lances e se encerrará em 26/06/2019 às 15:00h(ambos no horário de Brasília), sendo vendido o bem pelo maior lance ofertado, desde que não inferior a60%(sessenta por cento) do valor da avaliação.

1º Leilão  - Lance mínimo  R$ 245.482,15

2º Leilão  - Lance mínimo  R$ 147.289,29


DESCRIÇÃO:  25% de um imóvel rural ( equivalentes a 2,34 alqueires dentro de uma área total de 9,371 alqueires )-DESCRIÇÃO DA MATRÍCULA: Um imóvel rural - município de Borborema - cadastro no INCRA: 618.047.001.414 e 618.047.000.531-9. Um imóvel rural, com a área de vinte e dois (22) hectares e sessenta e oito (68) ares, correspondentes a nove (9) alqueires e trezentos e setenta e um (371) milésimos do alqueire, encravado na Fazenda “Fugidos”, no lugar denominado “Lagoa”, neste município, contendo benfeitorias, confrontando-se com Paulo Gonçalves dos Santos e sua mulher, através do Córrego Lagoa, Estrada Municipal que do imóvel vai para Borborema, com Mineo Nito e irmãos (sucessor de Hipólito Castan Merino), com Olívia Lorencetto Lopes (sucessor de Geraldo Castan Merino), com Olívia Lorencetto Lopes (sucessora de Geraldo Lopes).Consta no auto de avaliaçãoque na referida chácara tem duas casas. Uma casa é de alvenaria, mas sem forro e sem laje, sendo ladrilhada, na parte interna, com piso de cerâmica avermelhado. Há 1 sala; 2 quartos; 1 banheiro, azulejado até a metade da parede; 1 cozinha; e, 01 varanda grande. A outra casa também é de alvenaria, mas sem forro e sem laje, sendo ladrilhada, na parte interna, com piso de cerâmica avermelhado. Há 01 sala; 02 quartos; 01 cozinha; 01 banheiro com azulejo até a metade da parede e 01 varanda pequena. Sendo construções bem antigas e simples, sem adornos luxuosos. Na chácara tem energia elétrica e poço de água. Imóvel matrícula nº1070do CRI de Borborema/SP.

VALOR DA AVALIAÇÃO:R$245.482,15(Duzentos e quarenta e cinco mil, quatrocentos e oitenta e dois reais e quinze centavos)

ÔNUS: Consta da na referida matrícula:AV.1-SERVIDÃO de passagem, em favor de Companhia Nacional de Energia Elétrica e Companhia de Transmissão de Energia Elétrica Paulista;AV.1-HIPOTECA de 1º grau, em favor de Banco do Brasil S/A;AV.2-DISTRIBUIÇÃO de ação, expedida pela Vara Única da Comarca de Borborema, no proc. nº 087.01.2010.001242-1, movido por Maria Clarice Ramalho;AV.4-PENHORA de 12,50% do imóvel, expedida pelo Juizado Especial Cível da Comarca de Borborema, no proc. nº 0000759-74.2011.8.26.0067, movido por Ivan Contesini Agricola;AV.5-PENHORA de 25% do imóvel, nestes autos.

OBS.:A descrição do(s) bem é uma cópia fiel das informações fornecidas pelos cartórios, comitente ou outro órgão responsável. O(s) bem(ns) será(ão) vendido(s) no estado em que se encontra(m). Reservamo-nos o direito de corrigir possíveis erros de digitação.


Link do processo clique aqui.

Link googlemaps  clique aqui.

Os Links de esaj e googlemaps divulgadas no PORTAL LEGIS LEILÕES são informais e podem ocorrer erros, não servindo de parâmetro para demonstrar o estado dos bens ou influenciar a decisão de oferta de lances para arrematação.  


Aquele que tentar fraudar a arrematação, além da reparação do dano na esfera cível - arts. 186 e 927 do Código Civil - ficará sujeito as penalidades do artigo 358 do Código Penal: Art. 358 - Impedir, perturbar ou fraudar arrematação judicial; afastar ou procurar afastar concorrente ou licitante, por meio de violência, grave ameaça, fraude ou oferecimento de vantagem: Pena - detenção, de 2 (dois) meses a 1 (um) ano, ou multa, além da pena correspondente à violência.

Imóvel Rural A.T. 14,52 ha

Lote 01: Imóvel Rural A.T. 14,52 ha

Valores atualizados

Avaliação298.402,26
Lance mínimo298.402,26
Incremento1.000,00

Resultado parcial

Maior lanceN/D
UsuárioN/D
Visitas452

Localização:Estrada Raimundo Maiolini no Km 44 que interliga Montalvão/Ameliópolis

Fórum/Vara:2ª VARA CÍVEL DA COMARCA DE PRESIDENTE PRUDENTE – SP

Nº do processo:0027711-43.2010.8.26.0482

RQTE: BANCO DO BRASIL S/A

RQDO:ANA MARIA APARECIDA BETTIO PERES


LEILÃO JUDICIAL - SOMENTE ON-LINE!

O 1° Leilão terá início no dia 03/06/2019 a partir das 14:30h, e encerramento dia 07/06/2019 às 14:30h; não havendo lance superior ou igual ao da avaliação, seguir-se-á, sem interrupção,o 2° Leilão, que se estenderá em aberto para captação de lances e se encerrará em 27/06/2019 às 14:30h (ambos no horário de Brasília), sendo vendido o bem pelo maior lance ofertado, desde que não inferior a60%do valor da avaliação.

1º Leilão  - Lance mínimo  R$298.402,26

2º Leilão  - Lance mínimo  R$ 179.041,35


DESCRIÇÃO: Um imóvel rural com área de 14,52 ha (quatorze hectares e cinquenta e dois centiares), localizado no KM.44, desmembrado do “Sítio EDI”, situado no distrito de Ameliópolis, desta comarca, designado pelos lotes n.s 20-c e 20-n, que compreende parte do lote n.20, encravado na 4a zona Gleba Dr. Ismael Dias da Silva, Fazenda Montalvão, dentro do seguinte roteiro: Inicia-se no m4 cravado no vértice da divisa de Edival Candido da Silva, com terras de Anedino Vieira; dai segue rumo 59°38’06SW na distância de 103,49 (cento e três metros e quarenta e nove centímetros) até o M5, dai deflete á direita e segue rumo 60°35’29”SW com a distância de 41,20 (quarenta e um metros e vinte centímetros) até o M-6; dai deflete a esquerda e segue com rumo de 60°23’04”SW na distância, 66,39 (sessenta e seis metros e trinta e nove centímetros) até o M-7; dai deflete á esquerda e segue rumo 58°45’10”SW na distância de 96,75 (noventa e seis metros e setenta e cinco centímetros) até o M-8; dai deflete á direita e segue rumo 60°07’54”SW na distância de 80,10 (oitenta metros e dez centímetros) até o M-9; dai deflete à direita e segue rumo 60°39’42”SW na distância 213,07 (duzentos e treze metros e sete centímetros) até o M-10, cravado na vértice de divisas das terras de Anedino Vieira com terras de Inácio Caetano da Silva, confrontando do M-4 ao M-10, com terras de Anedino Vieira, dai deflete à esquerda e segue margeando o Córrego do Pereira com vários rumos e deflexões com uma distância de 227,74 (duzentos e vinte e sete metros e Setenta e quatro centímetros) até o M-11, confrontando do M-10 AO M-11, com Inácio Caetano da Silva, dai deflete à esquerda e segue rumo 61°45’30”NE na distância de 357,06 (trezentos e cinquenta e sete metros e seis centímetros) até o M-12; dai deflete à esquerda e segue rumo 61°40’36”NE na distância de 270,50 metros até o M-13, confrontando do M-11 ao M-13, com José Del Pozzo Peres; dai deflete à esquerda e segue rumo 43°09’33”SE na distância de 247,66 (duzentos e quarenta e sete e sessenta e seis centímetros ) até o M-4, onde teve início o roteiro, confrontando do M-13 ao M-4 com Edival Candido da Silva. Imóvel cadastrado no INCRA sob o n° 626.180.004.596-7 - área total: 23,5ha - mod. rural 22,6 -n.mod.rurais: 1,04 – mod.fiscal 22 - n.mod.fiscais:1,06 - fração min.parc. 2,0ha. Consta na AV-9 que o imóvel passou a denominar-se “Estância Bela Vista”. Consta no Laudo de Avaliação que o imóvel está localizado no KM 44 da Estrada Raimundo Maiolini que interliga Montalvão/Ameliópolis, com acesso por uma servidão de aproximadamente 1,5 KM de estrada de terra até a porteira de entrada. O imóvel está todo cercado com palanque de madeira e arame liso, uma residência de alvenaria coberta com telha de cimento amianto sem forro, poço artesiano. Imóvel matrícula n° 32.278 do 1° S.R.I de Presidente Prudente/SP.

VALOR DA AVALIAÇÃO: R$298.402,26(Duzentos e noventa e oito mil e quatrocentos e dois reais e vinte e seis centavos)

OBS.: A descrição do(s) bem é uma cópia fiel das informações fornecidas pelos cartórios, comitente ou outro órgão responsável. O(s) bem(ns) será(ão) vendido(s) no estado em que se encontra(m). Reservamo-nos o direito de corrigir possíveis erros de digitação.


Link do processo  clique aqui.

Link googlemaps  clique aqui.

Os Links de esaj e googlemaps divulgadas no PORTAL LEGIS LEILÕES são informais e podem ocorrer erros, não servindo de parâmetro para demonstrar o estado dos bens ou influenciar a decisão de oferta de lances para arrematação.  


Aquele que tentar fraudar a arrematação, além da reparação do dano na esfera cível - arts. 186 e 927 do Código Civil - ficará sujeito as penalidades do artigo 358 do Código Penal: Art. 358 - Impedir, perturbar ou fraudar arrematação judicial; afastar ou procurar afastar concorrente ou licitante, por meio de violência, grave ameaça, fraude ou oferecimento de vantagem: Pena - detenção, de 2 (dois) meses a 1 (um) ano, ou multa, além da pena correspondente à violência.

Parte ideal de 12,50% de um imóvel

Lote 01: Parte ideal de 12,50% de um imóvel

Valores atualizados

Avaliação478.455,08
Lance mínimo478.455,08
Incremento5.000,00

Resultado parcial

Maior lanceN/D
UsuárioN/D
Visitas83

Localização: Florínea/SP

Fórum/Vara:3ª VARA CÍVEL DA COMARCA DE ASSIS – SP

Nº do processo:1008078-63.2016.8.26.0047

RQTE:BANCO DO BRASIL S/A

RQDO:SILVIA AMSTALDEN GRANADO


LEILÃO JUDICIAL - SOMENTE ON-LINE!

O 1° Leilão terá início no dia 03/07/2019 à partir das 15:10h, e encerramento no dia 09/07/2019 às 15:10h; não havendo lance superior ou igual ao da avaliação, seguir-se-á, sem interrupção,o 2° Leilão, que se estenderá em aberto para captação de lances e se encerrará em 29/07/2019 às 15:10h(ambos no horário de Brasília), sendo vendido o bem pelo maior lance ofertado, desde que não inferior a60%(sessenta por cento) do valor da avaliação.

1º Leilão  - Lance mínimo  R$478.455,08

2º Leilão  - Lance mínimo  R$ 287.073,04


DESCRIÇÃO: A parte ideal de 12,50% de um imóvel rural (7,95 hectares dentro de um total de 63,66 hectares) - DESCRIÇÃO DA MATRÍCULA: Um lote de terras com a área de sessenta e três hectares e sessenta e seis ares (63,66ha), situado na Fazenda Pau Barbado, na Água do Pântano, no distrito e município de Florínea, nesta comarca, ao qual foi dada a denominação de “Sítio São Benedito”, compreendido dentro das seguintes divisas e confrontações: “começa no marco à margem esquerda da Água do Pântano, confrontando com Adão Leme Batista; segue e com os rumos magnéticos de 21°40’SE na distância de 620,00 metros até o marco; segue confrontando com o mesmo Adão Leme Batista, com rumo 5°10’SO na distância de 2.745,00 metros até o marco; segue a direita confrontando com José de Camargo, com o rumo 53°50’NO na distância de 208,00 metros até o marco; segue à direita confrontando com Pedro Granado, com rumo 5°10’NE na distância de 2.596,00 metros até o marco; segue com o rumo 21°41’NO confrontando com o mesmo Pedro Granado, na distância de 613,00 metros até o marco na margem esquerda da Água do Pântano; segue pela margem esquerda da Água do Pântano acima até o marco inicial, ponto de partida, estando cadastrado no INCRA sob nº 627.070.002.186. Consta no laudo de avaliação a existência de uma residência unifamiliar de alvenaria cerâmica, coberta por telhas cerâmicas em sua maioria e parcialmente coberto por telha de fibrocimento (Eternit), a estrutura do telhado é feita por madeiramento. Benfeitoria construída há bastante tempo em estado de conservação regular, merecendo reparos simples. Consta um barracão de alvenaria cerâmica tradicional coberto por telhado de madeira, estruturado em madeiramento, encontra-se em estado precário de conservação, necessitando de reparos importantes, atualmente apresentando baixo tempo de vida restante. Utilizado para estocagem de maquinários e eventualmente insumos-grãos. Imóvel matrícula 8363 do CRI de Assis/SP.

VALOR DA AVALIAÇÃO:R$478.455,08(Quatrocentos e setenta e oito mil, quatrocentos e cinquenta e cinco reais e oito centavos)

ÔNUS:Consta na referida matrícula:R.15-HIPOTECA de 1º grau do imóvel, em favor de Banco do Brasil S/A;R.16-HIPOTECA de 2º grau do imóvel, em favor de Banco do Brasil S/A;R.17-HIPOTECA de 3º grau do imóvel, em favor de Banco do Brasil S/A;R.18-HIPOTECA de 4º grau do imóvel, em favor de Banco do Brasil S/A;R.19-HIPOTECA de 5º grau do imóvel, em favor de Banco do Brasil S/A;R.20-HIPOTECA de 6º grau do imóvel, em favor de Banco do Brasil S/A;R.21-HIPOTECA de 7º grau do imóvel, em favor de Banco do Brasil S/A;R.22-HIPOTECA de 8º grau do imóvel, em favor de Banco do Brasil S/A;R.23-HIPOTECA de 9º grau do imóvel, em favor de Banco do Brasil S/A;R.24-HIPOTECA de 10º grau do imóvel, em favor de Banco do Brasil S/A;R.25-HIPOTECA de 11º grau do imóvel, em favor de Banco do Brasil S/A;R.26-HIPOTECA de 12º grau do imóvel, em favor de Banco do Brasil S/A;R.27-HIPOTECA de 13º grau do imóvel, em favor de Banco do Brasil S/A;R.28-PENHORA de 12,50% do imóvel, nestes autos.

OBS.:A descrição do(s) bem é uma cópia fiel das informações fornecidas pelos cartórios, comitente ou outro órgão responsável. O(s) bem(ns) será(ão) vendido(s) no estado em que se encontra(m). Reservamo-nos o direito de corrigir possíveis erros de digitação.


Link do processo  clique aqui.

Link googlemaps  clique aqui.

Os Links de esaj e googlemaps divulgadas no PORTAL LEGIS LEILÕES são informais e podem ocorrer erros, não servindo de parâmetro para demonstrar o estado dos bens ou influenciar a decisão de oferta de lances para arrematação.


Aquele que tentar fraudar a arrematação, além da reparação do dano na esfera cível - arts. 186 e 927 do Código Civil - ficará sujeito as penalidades do artigo 358 do Código Penal: Art. 358 - Impedir, perturbar ou fraudar arrematação judicial; afastar ou procurar afastar concorrente ou licitante, por meio de violência, grave ameaça, fraude ou oferecimento de vantagem: Pena - detenção, de 2 (dois) meses a 1 (um) ano, ou multa, além da pena correspondente à violência.



IMÓVEL RURAL

Lote 01: IMÓVEL RURAL

Valores atualizados

Avaliação650.193,94
Lance mínimo650.193,94
Incremento3.000,00

Resultado parcial

Maior lanceN/D
UsuárioN/D
Visitas89

Localização: São Carlos - SP.

Fórum/Vara:4ª VARA CÍVEL DA COMARCA DE SÃO CARLOS – SP

Nº do processo:0003711-47.2012.8.26.0566

RQTE:BANCO DO BRASIL S/A

RQDO:ÁLVARO WENZEL


LEILÃO JUDICIAL - SOMENTE ON-LINE!

O 1° Leilão terá início no dia 04/07/2019 à partir das 15:10h, e encerramento no dia 10/07/2019 às 15:10h; não havendo lance superior ou igual ao da avaliação, seguir-se-á, sem interrupção,o 2° Leilão, que se estenderá em aberto para captação de lances e se encerrará em 30/07/2019 às 15:10h(ambos no horário de Brasília), sendo vendido o bem pelo maior lance ofertado, desde que não inferior a60%(sessenta por cento) do valor da avaliação.

1º Leilão  - Lance mínimo  R$650.193,94

2º Leilão  - Lance mínimo  R$ 390.116,36


DESCRIÇÃO:Um imóvel rural - DESCRIÇÃO DA MATRÍCULA: Uma área de terras destacada da área assinalada sob o no 13 (treze), que por sua vez fora destacada da Fazenda Pinhal, designada como Gleba 13-A, situada neste município, comarca e circunscrição de São Carlos - SP. a qual perfaz uma área superficial de 5,594ha ou ainda 2,310 alqueires, com o seguinte caminhamento perimétrico e confrontações parte do marco nº 53, cravado junto à divisa do lote de no 12, margem de uma estrada e dai segue acompanhando a referida estrada no sentido que vai à estação conde do Pinhal, medindo 135,00 metros até o marco de nº 54, cravado junto à divisa com o lote de no 14, dai deflete à direita e segue acompanhando a divisa com o lote de no 14, com rumo SE medido 388,71 metros até o marco de no 54-A, cravado à margem do Córrego Frutal; dai deflete à direita e segue pelo referido córrego, no sentido contrário de seu curso natural, confrontando com as glebas 13-B e 13-C, medindo em linha sinuosa 144,59 metros até o marco de 42-A, cravado junto à cerca de divisa com o lote de nº 12, sob a linha de alta tensão da CPFL; dai deflete à direita e segue pela referida cerca, acompanhando a linha de alta tensão, com rumo NO medindo 451,28 metros até o marco de nº 53, ponto de partida da presente descrição. Consta no laudo de avaliação que o imóvel rural conta com edificações e benfeitorias, sendo que possuem valor econômico duas granjas, uma casa sede e uma casa de caseiro. A casa sede possui 2 varandas, sala, cozinha, banheiro e 2 dormitórios, pisos lajota cerâmica, forro em laje na casa, cozinha, dormitórios e banheiros, área construída principal de 61,12m². A casa do caseiro possui varandas, sala, cozinha, banheiro e 2 dormitórios, piso cimentado, forro em PVC, área construída com 60,00m². o primeiro aviário possui piso cimentado, cobertura de telhas onduladas de fibrocimento, estrutura metálica: cobertura em treliça simples em duas água e colunas de concreto, fechamento em alvenaria nos oitões e com tela nas laterais, área construída 16m x 100m = 1.600,00m². Segundo aviário com piso cimentado, cobertura de telhas onduladas de fibrocimento, estrutura metálica: cobertura em treliça simples em duas água e colunas de concreto, fechamento em alvenaria nos oitões e com tela nas laterais, área construída 12m x 115m = 1.380,00m². Imóvel matriculado sob nº 45.658 do CRI de São Carlos - SP.

VALOR DA AVALIAÇÃO:R$650.193,94(Seiscentos e cinquenta mil, cento e noventa e três reais e noventa e quatro centavos)

ÔNUS:Consta na referida matrícula:R.22-HIPOTECA de 2º grau, em favor de Banco Nossa Caixa S/A;R.26-HIPOTECA de 2º grau, em favor de Banco Nossa Caixa S/A;R.27-HIPOTECA de 3º grau, em favor de Banco Nossa Caixa S/A;AV.28-PENHORA nestes autos.

OBS.:A descrição do(s) bem é uma cópia fiel das informações fornecidas pelos cartórios, comitente ou outro órgão responsável. O(s) bem(ns) será(ão) vendido(s) no estado em que se encontra(m). Reservamo-nos o direito de corrigir possíveis erros de digitação.


Link do processo  clique aqui.

Link googlemaps  clique aqui.

Os Links de esaj e googlemaps divulgadas no PORTAL LEGIS LEILÕES são informais e podem ocorrer erros, não servindo de parâmetro para demonstrar o estado dos bens ou influenciar a decisão de oferta de lances para arrematação.  


Aquele que tentar fraudar a arrematação, além da reparação do dano na esfera cível - arts. 186 e 927 do Código Civil - ficará sujeito as penalidades do artigo 358 do Código Penal: Art. 358 - Impedir, perturbar ou fraudar arrematação judicial; afastar ou procurar afastar concorrente ou licitante, por meio de violência, grave ameaça, fraude ou oferecimento de vantagem: Pena - detenção, de 2 (dois) meses a 1 (um) ano, ou multa, além da pena correspondente à violência.



IMÓVEL RURAL A.T. 4,84 ALQ

Lote 01: IMÓVEL RURAL A.T. 4,84 ALQ

Valores atualizados

Avaliação331.633,13
Lance mínimo331.633,13
Incremento2.000,00

Resultado parcial

Maior lanceN/D
UsuárioN/D
Visitas98

Localização:TAMBAÚ-SP

Fórum/Vara:VARA VARA ÚNICA DA COMARCA DE TAMBAÚ-SP

Nº do processo:0001701-46.2013.8.26.0614

RQTE:BANCO DO BRASIL SA

RQDO: ESPÓLIO DE FRANCISCO CRUZ MUNHOZ


LEILÃO JUDICIAL - SOMENTE ON-LINE!

O1° Leilão terá início no dia 04/07/2019 a partir das 15:30h, e encerramento no dia 10/07/2019 às 15:30h; não havendo lance superior ou igual ao da avaliação, seguir-se-á, sem interrupção,o 2° Leilão, que se estenderá em aberto para captação de lances e se encerrará em 30/07/2019 às 15:30h(ambos no horário de Brasília),  sendo vendido o bem pelo maior lance ofertado, desde que acima de50%(cinquenta por cento)da avaliação.

1º Leilão - Lance mínimo  R$ 331.633,13

2º Leilão - Lance mínimo  R$ 165.816,56


DESCRIÇÃO:Uma gleba terras, com a área de 4,84 alqueires, denominado,Estância Celina, situada no Lugar denominado Fazenda São Paulo, Varginha e Monjolinho, na Fazenda Várzea, neste município e circunscrição de Tambaú, dentro das seguintes divisas: a confrontação tem início no marco 18, ponto de divisa com Marta Benedita Bregantin Fedel e Olivia Cândido dos Reis Argeri; do marco 18 ao 14, tem uma distância de 553,392 metros rumo de 78°3437 NW, divisando com Olivia Cândido dos Reis Argeri; do marco 14 ao 15, tem uma distância de 181,390 metros e rumo de 27°5904 NE; do marco 15 ao 16, tem uma distância de 580,182 metros e rumo de 83°3539 SE; do marco 14 ao 16, confronta com João da Costa Sorg; do marco 16 ao 17, e subindo o curso do córrego com uma distância de 111,096 metros e rumo de 03°1330 SW; do marco 17 so 18, também subindo o curso do córrego, com uma distância de 147,107 metros e rumo de 50°1434 SW, fechando assim o perímetro; do marco 16 ao 18, confronta com Marta Benedita Bregantin Fedel; devidamente cadastrada no Ministério da Reforma e do Desenvolvimento Agrário (MIRAD), sob o n° 619.108.000.680-DV-4, área total 96,8; fração mínima de parcelamento 3,0; mód. fiscal 20,0; n° de mod. fiscais 4,54. Consta na AV.02 da matrícula que o imóvel é cadastrado no INCRA sob nº619.108.007.404-4, consta na AV.22 que o imóvel é denominado Sítio São José. Conforme o laudo de avaliação não há benfeitorias sobre o imóvel, e o mesmo está localizado há 33Km do centro de Tambaú, sendo 17KM por rodovia asfaltada e 16 KM em terra de chão batido. Ainda, foi constatado que o imóvel está arrendado para cultivo de cana-de-açucar. Imóvel devidamente matriculado sob n° 4.764 no CRI de Tambaú-SP.

VALOR DA AVALIAÇÃO:R$331.633,13(Trezentos e trinta e um mil, seiscentos e trinta e três reais e treze centavos)

ÔNUS:Consta na referida matrícula n° 4.764 no CRI de Tambaú-SP:R.23-HIPOTECA de 1º grau do imóvel, em favor do Banco do Brasil S/A;AV.24-DISTRIBUIÇÃO de ação, expedida pela Vara Única de Tambaú/SP, processo n° 614.01.2011.002400-3, movido por Agrotec SP Comércio e Representações Ltda.

OBS.:A descrição do(s) bem é uma cópia fiel das informações fornecidas pelos cartórios, comitente ou outro órgão responsável. O(s) bem(ns) será(ão) vendido(s) no estado em que se encontra(m). Reservamo-nos o direito de corrigir possíveis erros de digitação. 


Link do processo  clique aqui.

Link googlemaps  clique aqui.

Os Links de esaj e googlemaps divulgadas no PORTAL LEGIS LEILÕES são informais e podem ocorrer erros, não servindo de parâmetro para demonstrar o estado dos bens ou influenciar a decisão de oferta de lances para arrematação.  


Aquele que tentar fraudar a arrematação, além da reparação do dano na esfera cível - arts. 186 e 927 do Código Civil - ficará sujeito as penalidades do artigo 358 do Código Penal: Art. 358 - Impedir, perturbar ou fraudar arrematação judicial; afastar ou procurar afastar concorrente ou licitante, por meio de violência, grave ameaça, fraude ou oferecimento de vantagem: Pena - detenção, de 2 (dois) meses a 1 (um) ano, ou multa, além da pena correspondente à violência.

IMÓVEL RURAL A.T. 8 ALQ

Lote 01: IMÓVEL RURAL A.T. 8 ALQ

Valores atualizados

Avaliação297.224,81
Lance mínimo297.224,81
Incremento2.000,00

Resultado parcial

Maior lanceN/D
UsuárioN/D
Visitas100

Localização:Junqueirópolis - SP.

Fórum/Vara:VARA ÚNICA DA COMARCA DE JUNQUEIRÓPOLIS – SP

Nº do processo:0000057-07.2013.8.26.0311

RQTE:LINDACI MARIA GOMES FRIGO (HERDEIRA DE ORLANDO FRIGO)

RQDO:JORGE TAKASHI MARUKI


LEILÃO JUDICIAL - SOMENTE ON-LINE!

O 1° Leilão terá início no dia 04/07/2019 à partir das 15:05h, e encerramento no dia 10/07/2019 às 15:05h; não havendo lance superior ou igual ao da avaliação, seguir-se-á, sem interrupção,o 2° Leilão, que se estenderá em aberto para captação de lances e se encerrará em 30/07/2019 às 15:05h(ambos no horário de Brasília), sendo vendido o bem pelo maior lance ofertado, desde que não inferior a60%(sessenta por cento) do valor da avaliação.

1º Leilão - Lance mínimo  R$297.224,81

2º Leilão - Lance mínimo  R$ 178.334,88


DESCRIÇÃO:8 Alqueires de um imóvel rural (Direitos hereditários em 8 (oito) alqueires, dentro dos 21,6 alqueires alqueires que constituem os direitos hereditários do executado Jorge Takashi Maruki)- DESCRIÇÃO DA MATRÍCULA:Um imóvel rural, desmembrado de uma área maior, parte da Fazenda Ouro Verde, localizado na Fazenda Monte Alegre, neste município e comarca de Junqueirópolis, Estado de São Paulo, com área de 127,00 alqueires, ou 307,34 hectares, dentro das seguintes divisas e confrontações: “Começa no marco 1, na margem da Estrada Municipal que liga Junqueirópolis ao Bairro Coloninha e segue margeando a referida estrada na distância de 284,50 metros até o marco 2; DO marco 2 deflete a esquerda e segue em rumo de 57°44’SE na distância de 454,40 metros até o marco 3; DO marco 3 deflete a direita e segue em rumo de 29°47’SW, na distância de 127,00 metros até o marco 4; Do marco 4, deflete a esquerda e segue em rumo de 57°44’SE na distância de 1.900,00 metros até o marco 5, cravado na margem direita o Córrego Ouro Verde, confrontando neste trecho, entre o marco 2 e o marco 5, com terras de Silvio Marangoni; Do marco 5 deflete a esquerda e segue margeando o córrego Ouro Verde em sentido contrário de suas águas, até o marco 6, cravado na divisa do lote pertencente a Ito Ono; Do marco 6, deflete à direita e segue em rumo de 25°40’NE, na distância de 1.265,00 metros, confrontando com terras pertencentes a Ito Ono e Issamu Fujii, até o marco 7; Do marco 7 deflete a esquerda e segue em rumo de 54°07’NW, na distância de 555,00 metros, confrontando com terras pertencentes a Pedro Abonizio e Manoel Martins até o marco 8, cravado na margem esquerda da Estrada Municipal que liga Junqueirópolis à Irapuru e na divisa das terras pertencentes a Renaldo GOnçalves; Do marco 8 deflete à esquerda e segue margeando a referida estrada municipal no sentido Irapuru - Junqueirópolis, em rumo de 28°18’SW, na distância de 681,70 metros até o marco 9; Do marco 9, deflete a direita e segue em rumo de 65°20’NW, confrontando com parte da Fazenda Ouro Verde (matrícula nº 8.522, desta serventia), na distância de 710,00 metros até o marco 10; Do marco 10 deflete a esquerda e segue em rumo de 30°07’NE, confrontando com terras de pertencentes a Zeniti Sato, na distância de 1.261,30 metros, até o marco incial. De acordo com o mapa original com rumos magnéticos de junho de 1954. Imóvel cadastrado no INCRA, em maior área conforme CCIR 2006/2007/2008/2009 sob º 615.072.009.920-2. De acordo com o auto de penhora o alqueire foi avaliado em R$ 35.000,00 ( Trinta e cinco mil reais). Imóvel matriculado sob nº 8.523 do CRI de Junqueirópolis - SP.

VALOR DA AVALIAÇÃO:R$297.224,81(Duzentos e noventa e sete mil, duzentos e vinte e quatro reais e oitenta e um centavos)

ÔNUS:Não consta nos autos documentos probantes de eventuais ônus que recaiam sobre o bem.

OBS.:A descrição do(s) bem é uma cópia fiel das informações fornecidas pelos cartórios, comitente ou outro órgão responsável. O(s) bem(ns) será(ão) vendido(s) no estado em que se encontra(m). Reservamo-nos o direito de corrigir possíveis erros de digitação.


Link do processo  clique aqui.

Link googlemaps  clique aqui.

Os Links de esaj e googlemaps divulgadas no PORTAL LEGIS LEILÕES são informais e podem ocorrer erros, não servindo de parâmetro para demonstrar o estado dos bens ou influenciar a decisão de oferta de lances para arrematação.


Aquele que tentar fraudar a arrematação, além da reparação do dano na esfera cível - arts. 186 e 927 do Código Civil - ficará sujeito as penalidades do artigo 358 do Código Penal: Art. 358 - Impedir, perturbar ou fraudar arrematação judicial; afastar ou procurar afastar concorrente ou licitante, por meio de violência, grave ameaça, fraude ou oferecimento de vantagem: Pena - detenção, de 2 (dois) meses a 1 (um) ano, ou multa, além da pena correspondente à violência.



Imóvel Rural/Chácara-A.S.3.807,65m²

Lote 01: Imóvel Rural/Chácara-A.S.3.807,65m²

Valores atualizados

Avaliação150.373,88
Lance mínimo150.373,88
Incremento1.000,00

Resultado parcial

Maior lanceN/D
UsuárioN/D
Visitas325

Localização:  Piratininga/SP

Fórum/Vara:  VARA ÚNICA DA COMARCA DE PIRATININGA – SP

Nº do processo:  0001633-50.2011.8.26.0458

RQTE:  IZILDA RIBEIRO E OUTROS

RQDO: CLEIDE APARECIDA ANTEQUEIRA LACAVA e outros


LEILÃO JUDICIAL - SOMENTE ON-LINE!

O 1° Leilão terá início no dia 04/06/2019 à partir das 14:30h, e encerramento no dia 10/06/2019 às 14:30h; não havendo lance superior ou igual ao da avaliação, seguir-se-á, sem interrupção,o 2° Leilão, que se estenderá em aberto para captação de lances ese encerrará em 01/07/2019 às 14:30h(ambos no horário de Brasília), sendo vendido o bem pelo maior lance ofertado, desde que não inferior a  60%(sessenta por cento) do valor da avaliação.

1º Leilão  - Lance mínimo  R$  150.373,88

2º Leilão  - Lance mínimo  R$ 90.224,32


DESCRIÇÃO: Um imóvel Rural/Chácara - DESCRIÇÃO DA MATRÍCULA: Uma gleba de terras, sem benfeitorias, com a área superficial de 03.807,65 metros quadrados; doravante denominada “Chácara L.C.”, de formato geométrico regular, situada em zona de expansão urbana desta cidade e Comarca de Piratininga, do Estado de São Paulo, na Rua Sem Denominação, na Chácara Piratininga, outrora Fazenda Santa Maria - Seção 2, cujos característicos, metragens e confrontações iniciam no ponto que dista de 80,80 metros do cruzamento da lateral esquerda, lado impar, da Rua Sem Denominação, com a lateral direita, lado par da estrada Municipal P.T.G. 338; daí segue, confrontando com terras de José Adelino dos Santos, na distância de 80,50 metros; daí deflete à esquerda e segue no rumo de SW 67°45’ na distância de 47,30 metros, confrontando com terras de Maria Elizabeth Obeid; daí, deflete a esquerda e segue na distância de 80,50 metros, confrontando com terras de José Adelino dos Santo; daí, deflete a esquerda e segue na distância de 47,30, confrontando com a Rua Sem Denominação, até o ponto de partida. Cadastro na Prefeitura Municipal de Piratininga sob o nº 4225. Imóvel matrícula nº 7132 do CRI de Piratininga/SP.

VALOR DA AVALIAÇÃO: R$ 150.373,88(Cento e cinquenta mil, trezentos e setenta e três reais e oitenta e oito centavos)

ÔNUS:Não consta nos autos documentos probantes de eventuais ônus que recaiam sobre o bem.

OBS.:A descrição do(s) bem é uma cópia fiel das informações fornecidas pelos cartórios, comitente ou outro órgão responsável. O(s) bem(ns) será(ão) vendido(s) no estado em que se encontra(m). Reservamo-nos o direito de corrigir possíveis erros de digitação.


Link do processo  clique aqui.

Link googlemaps  clique aqui.

Os Links de esaj e googlemaps divulgadas no PORTAL LEGIS LEILÕES são informais e podem ocorrer erros, não servindo de parâmetro para demonstrar o estado dos bens ou influenciar a decisão de oferta de lances para arrematação.  


Aquele que tentar fraudar a arrematação, além da reparação do dano na esfera cível - arts. 186 e 927 do Código Civil - ficará sujeito as penalidades do artigo 358 do Código Penal: Art. 358 - Impedir, perturbar ou fraudar arrematação judicial; afastar ou procurar afastar concorrente ou licitante, por meio de violência, grave ameaça, fraude ou oferecimento de vantagem: Pena - detenção, de 2 (dois) meses a 1 (um) ano, ou multa, além da pena correspondente à violência.

IMÓVEL RURAL A.T. 26,25 ALQ

Lote 01: IMÓVEL RURAL A.T. 26,25 ALQ

Valores atualizados

Avaliação2.264.309,57
Lance mínimo2.264.309,57
Incremento5.000,00

Resultado parcial

Maior lanceN/D
UsuárioN/D
Visitas83

Localização: Brotas - SP

Fórum/Vara:1ª VARA DA COMARCA DE BROTAS – SP

Nº do processo:3000433-08.2013.8.26.0095

RQTE:GRANJA MALAVAZI LTDA

RQDO:MASSA FALIDA GRANJA MALAVAZZI


LEILÃO JUDICIAL - SOMENTE ON-LINE!

O 1° Leilão terá início no dia 03/07/2019 à partir das 15:30h, e encerramento no dia 09/07/2019 às 15:30h; não havendo lance superior ou igual ao da avaliação, seguir-se-á, sem interrupção,o 2° Leilão, que se estenderá em aberto para captação de lances e se encerrará em 29/07/2019 às 15:30h(ambos no horário de Brasília), sendo vendido o bem pelo maior lance ofertado, desde que não inferior a60%(sessenta por cento) do valor da avaliação.

1º Leilão  - Lance mínimo  R$2.264.309,57

2º Leilão  - Lance mínimo  R$ 1.358.585,74


DESCRIÇÃO:Um imóvel rural - DESCRIÇÃO DA MATRÍCULA: Um imóvel agrícola denominado Sítio Perobal, consistente de terras de campo de terceira categoria, com cultura encerrando a área de 26,25 alqueires ou 63.600 hectares, situado neste município e comarca de Brotas, na Fazenda Santa Cruz da Serra, contendo as divisas e confrontações seguintes: começa no marco nº 13, cravado na divisa da Fazenda Santa Cruz da Serra; daí segue margeando um corredor com rumo de NO 57°22’ e 1.800,00 metros de distância até o marco 14; daí segue à direita pelo referido corredor, com rumo de NO 24°18’ e 155,00 metros e distância até o marco nº 15,  cravado na margem esquerda de um córrego, confrontando com terras de Thomaz de Souza; daí segue à direita pelo córrego acima até encontrar o marco nº 11, cravado na cabeceira do referido córrego; daí segue pela cerca com rumo de NE 59°30’ e 152,50 metros de distância até o marco 12, cravado junto ao esticador de cerca; daí à direita pela cerca rumo de SE 28°42’ e 1.446,00 metros de distância até o marco 13, ponto de início das divisas, confrontando com a Fazenda Santa Cruz da Serra, Thomaz de Souza, Fazenda Três Barras e com quem de direito. Consta no laudo de reflorestamento Brota, foi plantada uma área de 50,00HA, de eucaliptos para lenha, com metragem de lenha estimada por HA em 400,00 metros. Estando este reflorestamento com 07 anos de plantio, onde parte deste reflorestamento já foi coletada, estando com rebrota de porte médio. Imóvel matrícula 10.308 do CRI e Brotas/SP.

VALOR DA AVALIAÇÃO:R$  2.264.309,57 (Dois milhões, duzentos e sessenta e quatro mil, trezentos e nove reais e cinquenta e sete centavos)

ÔNUS:Consta naAV.7-ARROLAMENTO do imóvel, expedido pelo Ministério da Fazenda; R.8- PENHORA do imóvel, expedido pelo Juiz do Trabalho de São Carlos, no proc. nº 00218-2001-106-15-006-RS, movido por Dílson Felisbino da Silva;AV.10-PENHORA do imóvel, expedido pela 2ª Vara do Trabalho de São Carlos, no proc. nº 0021800-84.2001.5.15.0106, movida por Sérgio Luís Binoto;AV.11-ARRECADAÇÃO do imóvel, expedido pela Vara Única Cível da Comarca de Brotas, no proc. nº 095.01.2011.004578-1, nos autos da ação de Falência de Granja Malavazi LTDA.

OBS.:A descrição do(s) bem é uma cópia fiel das informações fornecidas pelos cartórios, comitente ou outro órgão responsável. O(s) bem(ns) será(ão) vendido(s) no estado em que se encontra(m). Reservamo-nos o direito de corrigir possíveis erros de digitação.


Link do processo  clique aqui.

Link googlemaps  clique aqui.

Os Links de esaj e googlemaps divulgadas no PORTAL LEGIS LEILÕES são informais e podem ocorrer erros, não servindo de parâmetro para demonstrar o estado dos bens ou influenciar a decisão de oferta de lances para arrematação.


Aquele que tentar fraudar a arrematação, além da reparação do dano na esfera cível - arts. 186 e 927 do Código Civil - ficará sujeito as penalidades do artigo 358 do Código Penal: Art. 358 - Impedir, perturbar ou fraudar arrematação judicial; afastar ou procurar afastar concorrente ou licitante, por meio de violência, grave ameaça, fraude ou oferecimento de vantagem: Pena - detenção, de 2 (dois) meses a 1 (um) ano, ou multa, além da pena correspondente à violência.

Imóvel Rural A.T. 13,021 ALQ

Lote 01: Imóvel Rural A.T. 13,021 ALQ

Valores atualizados

Avaliação9.319.509,41
Lance mínimo9.319.509,41
Incremento15.000,00

Resultado parcial

Maior lanceN/D
UsuárioN/D
Visitas57

Localização: Rua João Fausto Geraldes, Óleo/SP

Fórum/Vara:2ª VARA DA COMARCA DE PIRAJU – SP

Nº do processo: 0001411-76.2006.8.26.0452

RQTE:Banco do Brasil S/A

RQDO:ABILIO ROSSI FILHO


LEILÃO JUDICIAL - SOMENTE ON-LINE!

O 1° Leilão terá início no dia 04/07/2019 à partir das 16:15h, e encerramento no dia 10/07/2019 às 16:15h; não havendo lance superior ou igual ao da avaliação, seguir-se-á, sem interrupção,o 2° Leilão, que se estenderá em aberto para captação de lances e se encerrará em 30/07/2019 às 16:15h(ambos no horário de Brasília), sendo vendido o bem pelo maior lance ofertado, desde que não inferior a60%(sessenta por cento) do valor da avaliação.

1º Leilão - Lance mínimo  R$9.319.509,41

2º Leilão - Lance mínimo  R$ 5.591.705,64


 DESCRIÇÃO: UM IMÓVEL RURAL - DESCRIÇÃO DA MATRÍCULA: um terreno constituído do lote número 02, situado na Fazenda Óleo, do Município de Óleo, com área de  315.120,00 m² com as seguintes divisas: “ Começa no marco 2, colocado nas divisas de Guerino Rossi, daí com rumo 44°39’ NE, e extensão de 587,20 metros, atinge o marco 3, segue com a deflexão de 74°00” a esquerda e distância  de 107 metros, alcança o marco a, segue com deflexão de 74°02” á direita e comprimento de 291,20 metros atinge o marco 5, no trecho entre o marco 4 e 5, faz divisa com Antenor Alves, do marco 5, segue com deflexão de 14°55” á direita e distância 351,20 metros atinge o marco 9, faz divisa  com Ginze Garcia Sanches, segue à direita com deflexão de 92°22 e comprimento de 105 metros, alcança o marco 10, neste trecho faz divisa com Deodoro Lopes, segue com deflexão de 80°51 à direita e extensa de 422,40 metros, vai Ter ao marco 11, segue com deflexão de 86°45 à esquerda e distância de 141,50 metros, alcança o marco 12; nestes trechos faz divisas com Bento Esgoti, segue com a deflexão de 83°45 à direita e duais ia de 40 metros, atinge o marco 19, marco da divisão dos lotes, neste trecho faz divisa com Carlos Rossi, segue cir reta sem deflexão e comprimento de 39,50 metros, vai Ter ao marco 18, segue com a deflexão de 93°30 à e:a-rui-da e distância de 780,00 metros, alcança o marco 22, nestes trechos faz divisas com Guerino Rossi, segue :5ai a deflexão de 116°15 a direita e distância de 175 metros, atinge o marco 14, segue com a deflexão de 56°15 à esquerda e extensão de 257,50 metros, alcança o marco 15, neste trecho faz divisa com José Taioqui, segue cair deflexão de 73°45 à direita e comprimento de 21,50 metros, atinge o marco 16, segue com a deflexão de 90` a esquerda fazendo divisas por uma rua ali projetada e matado de 197,30 metros, alcança o marco 17, crave., t margem direita do Ribeira° do Óleo, dal descendo pelo referido ribeiras) na extensão de 145 metros, atinge o “greco 25, neste trecho faz divisa com Luiz do Império, do turco 25, Segue com nano de 44°10 NE e distância cit. 440 metros, alcança o marco 21, segue com a deflexão de 9r10 à esquerda e comprimento de 74 metros, alcança o marco 20, faz divisa com Carlos Rossi, e do marco 20, prosseguindo em reta sem deflexao e distancia de 37 metros, atinge o marco 2, onde teve início. fazendo divisa com Guerino Rossi, contendo quatro casas coberta de telhas, uma tulha e 12.000 cafeeiros. Consta no Laudo de Avaliação  que o imóvel tem área total de 13,021 alqueires e possui as seguintes benfeitorias: 01 (urna) casa de morada da família, de alvenaria, já bem velha, de nível construtivo tipo rural, com área construída de aproximadamente 110,00 nt2. b) 01 (uma) garagem, com parte fechada cm madeira e parte aberta, já bem velha, de nível construtivo tipo rural, destinado a armazenagem de veículos, grãos e insumos, com área construída de aproximadamente 90,00 m2. c) 01 (uma) mangueira de gado, construída em madeira, já bem velha, de nível construtivo tipo rural, destinado ao manuseio de gado, com área construída de aproximadamente 80,00 m2. d) 02 (duas) tulhas de madeira, bem velha e tipo rural rústico, com aproximadamente 25,00 m2 cada uma. e) 01 (um) terreiro de secar café, com piso em tijolos, com área aproximada de 130,00 rn2.

VALOR DA AVALIAÇÃO:R$9.319.509,41(Nove milhões e trezentos e dezenove mil e quinhentos e nove reais e quarenta e um centavos)

ÔNUS:Consta na referida matrícula:R.4: HIPOTECA DE 1° GRAU em favor do Banco do BrasilS/A;R.5:HIPOTECA DE 2° GRAU em favor do Banco do BrasilS/A;R.6HIPOTECA DE 3° GRAU em favor do Banco do BrasilS/A;R.7:HIPOTECA DE 4° GRAU em favor do Banco do BrasilS/A;R.9PENHORA do imóvel expedida pela 2ª Vara  Cível de Piraju no processo n° 344/06 movido por Banco do Brasil S/A;AV.10PENHORA do imóvel nestes autos.

OBS.:A descrição do(s) bem é uma cópia fiel das informações fornecidas pelos cartórios, comitente ou outro órgão responsável. O(s) bem(ns) será(ão) vendido(s) no estado em que se encontra(m). Reservamo-nos o direito de corrigir possíveis erros de digitação.


Link do processo clique aqui.

Link googlemaps  clique aqui.

Os Links de esaj e googlemaps divulgadas no PORTAL LEGIS LEILÕES são informais e podem ocorrer erros, não servindo de parâmetro para demonstrar o estado dos bens ou influenciar a decisão de oferta de lances para arrematação.  


Aquele que tentar fraudar a arrematação, além da reparação do dano na esfera cível - arts. 186 e 927 do Código Civil - ficará sujeito as penalidades do artigo 358 do Código Penal: Art. 358 - Impedir, perturbar ou fraudar arrematação judicial; afastar ou procurar afastar concorrente ou licitante, por meio de violência, grave ameaça, fraude ou oferecimento de vantagem: Pena - detenção, de 2 (dois) meses a 1 (um) ano, ou multa, além da pena correspondente à violência.



IMÓVEL RURAL A.T. 19 ALQ

Lote 01: IMÓVEL RURAL A.T. 19 ALQ

Valores atualizados

Avaliação389.631,35
Lance mínimo389.631,35
Incremento2.000,00

Resultado parcial

Maior lanceN/D
UsuárioN/D
Visitas62

Localização:Pompéia/SP.

Fórum/Vara:1ª VARA DA COMARCA DE POMPÉIA – SP

Nº do processo: 0000230-23.2014.8.26.0464

RQTE:TROUW NUTRITION BRASIL NUTRIÇÃO ANIMAL LTDA

RQDO:MARQUES DE ABREU E CIA LTDA  


LEILÃO JUDICIAL - SOMENTE ON-LINE!

1° Leilão terá início no dia 31/07/2019 a partir das 14:35h, e encerramento no dia 06/08/2019 às 14:35h; não havendo lance superior ou igual ao da avaliação, seguir-se-á, sem interrupção,o 2° Leilão, que se estenderá em aberto para captação de lances e se encerrará em 26/08/2019 às 14:35h(ambos no horário de Brasília), sendo vendido o bem pelo maior lance ofertado, desde que não inferior à60%(sessenta por cento) da avaliação.

1º Leilão  - Lance mínimo  R$389.631,35

2º Leilão - Lance mínimo  R$ 233.778,81


DESCRIÇÃO:DESCRIÇÃO DA MATRÍCULA: O lote terras rurais com área de 19 alqueires, ou sejam, 45,98 HA, contendo como benfeitorias quatro casas de tábuas, coberta de telhas, tipo francesa, cercas de arame farpado, com três fios e outras pequenas benfeitorias, situado no Bairro do Futuro, neste município de comarca, confrontando na cabeceira com Santo Fantin e Jesus Cavalini, de um lado  com Antonio Fujiwara e herdeiros da Família Morangoni, de outro lado com Antonio Candido Bezerra e finalmente de outro lado e nos fundos com Galdino Lair de Almeida Pirajá ou sucessores e Augusto Rodrigues e com quem mais de Direito. Incra sob o n°621 129 004 740 7 - área total 77,3 - mód.Fiscal 18,0 e módulos fiscais 3,3 - fração mínima de parcelamento 13,0. Imóvel matriculado sob o n° 2.899 do CRI de Pompéia/SP.  

VALOR DA AVALIAÇÃO: R$ 389.631,35(Trezentos e oitenta e nove mil e seiscentos e trinta e um reais e trinta e cinco centavos)

ÔNUS:Consta na referida matrícula:R.38HIPOTECA de 2° grau em favor do Banco do Brasil S/A;R.39HIPOTECA de 3° grau em favor do Banco do Brasil S/A;R.49HIPOTECA de 11° grau em favor do Banco do Brasil S/A;R.58HIPOTECA de 7° grau em favor do Banco do Brasil S/A;R.61 HIPOTECA de 11° grau em favor do Banco do Brasil S/A;R.65HIPOTECA de 8° grau em favor do Banco do Brasil S/A;R.66HIPOTECA de 9° grau em favor do Banco do Brasil S/A;R.68HIPOTECA de 9° grau em favor do Banco do Brasil S/A;  R.70HIPOTECA de 9° grau em favor do Banco do Brasil S/A;R.71HIPOTECA de 10° grau em favor do Banco do Brasil S/A;R.73HIPOTECA de 10° grau em favor do Banco do Brasil S/A;R.74HIPOTECA de 11° grau em favor do Banco do Brasil S/A;R.75HIPOTECA de 12° grau em favor do Banco do Brasil S/A;R.76HIPOTECA de 13° grau em favor do Banco do Brasil S/A;R.77HIPOTECA de 14° grau em favor do Banco do Brasil S/A;R.78HIPOTECA de 15° grau em favor do Banco do Brasil S/A;R.79HIPOTECA de 16° grau em favor do Banco do Brasil S/A;R.80HIPOTECA de 17° grau em favor do Banco do Brasil S/A;R.81AJUIZAMENTO de execução de Título Extrajudicial em favor de Cooperativa de Economia e Crédito Mútuo dos Profissionais da área da Saúde e dos Pequenos Empresários, Microempresários e Microempreendedores da Região Centro Oeste Paulista (SICREDI CENTRO OESTE SP) extraída dos autos do processo n° 0002160-13.2013.8.26.0464 expedida pelo Juíz de de Direito da Comarca de Pompéia/SP;R.82AJUIZAMENTO de execução de Título Extrajudicial em favor de Cooperativa de Economia e Crédito Mútuo dos Profissionais da área da Saúde e dos Pequenos Empresários, Microempresários e Microempreendedores da Região Centro Oeste Paulista (SICREDI CENTRO OESTE SP) extraída dos autos do processo n° 0002159-28.2013.8.26-0464 expedida pelo Juíz de de Direito da Comarca de Pompéia/SP;R.83DISTRIBUIÇÃO de Ação de Execução de Título Extrajudicial no processo n° 3000016.152013.8.26.0464 movido por  Cooperativa de Crédito de Livre Admissão de Associados da Região Centro Oeste Paulista - SICREDI;AV.84PENHORA do imóvel expedida pelo Ofício Judicial da Comarca de Pompéia/SP no processo n° 0002159-28.2013.8.26.0464 movido por SICREDI Centro Oeste;AV.85PENHORA do imóvel expedida pela 1ª Vara Judicial da Comarca de Pompéia/SP no processo n° 00002302320148260464 movido por Bellman Nutrição Animal LTDA;AV.86INDISPONIBILIDADE, expedida pela 2ª Vara do Trabalho de Marília/SP.

OBS.:A descrição do(s) bem é uma cópia fiel das informações fornecidas pelos cartórios, comitente ou outro órgão responsável. O(s) bem(ns) será(ão) vendido(s) no estado em que se encontra(m). Reservamo-nos o direito de corrigir possíveis erros de digitação.


Link do processo  clique aqui.

Link googlemaps  clique aqui.

Os Links de esaj e googlemaps divulgadas no PORTAL LEGIS LEILÕES são informais e podem ocorrer erros, não servindo de parâmetro para demonstrar o estado dos bens ou influenciar a decisão de oferta de lances para arrematação.


Aquele que tentar fraudar a arrematação, além da reparação do dano na esfera cível - arts. 186 e 927 do Código Civil - ficará sujeito as penalidades do artigo 358 do Código Penal: Art. 358 - Impedir, perturbar ou fraudar arrematação judicial; afastar ou procurar afastar concorrente ou licitante, por meio de violência, grave ameaça, fraude ou oferecimento de vantagem: Pena - detenção, de 2 (dois) meses a 1 (um) ano, ou multa, além da pena correspondente à violência.



IMÓVEL RURAL A.T. 72,65 ha

Lote 01: IMÓVEL RURAL A.T. 72,65 ha

Valores atualizados

Avaliação2.740.950,88
Lance mínimo2.740.950,88
Incremento10.000,00

Resultado parcial

Maior lanceN/D
UsuárioN/D
Visitas36

Localização:PARANAPANEMA–SP

Fórum/Vara:VARA ÚNICA DA COMARCA DE PARANAPANEMA–SP

Nº do processo:0000514-57.2000.8.26.0420 

RQTE:BANCO DO BRASIL

RQDO: JAN EDUARD DE QUAY


LEILÃO JUDICIAL - SOMENTE ON-LINE!

O 1° Leilão terá início no dia 01/08/2019 à partir das 15:50h, e encerramento no dia 07/08/2019 às 15:50h; não havendo lance superior ou igual ao da avaliação, seguir-se-á, sem interrupção,o 2° Leilão, que se estenderá em aberto para captação de lances e se encerrará em 27/08/2019 às 15:50h(ambos no horário de Brasília), sendo vendido o bem pelo maior lance ofertado, desde que não inferior a50%(cinquenta por cento) do valor da avaliação.

1º Leilão - Lance mínimo  R$ 2.740.950,88

2º Leilão - Lance mínimo  R$ 1.370.475,44


DESCRIÇÃO: Um imóvel rural com a área de 726.500,00 metros quadrados equivalente a 72,6500 hectares, correspondente a gleba nº 8, da Seção Laranja, na Fazenda das Posses, município de Paranapanema desta Comarca de Avaré, com as seguintes divisas e confrontações: Iniciando no marco divisório nº22, cravado no ponto de bifurcação da estrada, segue no rumo 0°055, pela estrada esquerda percorrendo 258,00 metros na confrontação com o lote nº6, até o marco divisório nº 09 e mais 628,00 metros na confrontação com o lote nº 7, até o marco divisório nº 32, cravado no ponto final da estrada, aqui deflete à direita e segue rumo 53º00SW, percorrendo a distância de 350,00 metros até a linha de inundação da represa jurumirim, onde está cravado o marco divisório de nº 33, aqui deflete a esquerda e segue pela linha de inundação da represa Jurumirim, onde está cravado o digo de inundação até o seu ponto final do córrego do Poço, cruza uma pequena água que nasce dentro deste lote e vai pelo córrego do Poço até alcançar a barra de outra pequena água, neste ponto sobe pelo córrego percorrendo em reta 345,00 metros até a sua nascente onde está cravado o marco divisório nº 33, deste marco segue em reta até o marco divisório nº 22, percorrendo 460,00 metros, marco este que serviu de ponto de partida e início destas divisas e confrontações. Consta no Laudo de Avaliação A) Benfeitorias existentes: Casa de Colonos com área de 68,00 m². - Casa de Colonos com área de 68,00 m² . 8) Culturas Perenes Existentes. - 1.254 pés de Nectarina N7, - 3.690 pés de Ameixa Gulf Biaze - 710 pés de pêssego Hillary - 7.590 pés de pêssego Primavera - 5.900 pés de pêssego boragrim - 870 pés de pêssego Tropic Beauty - 2000 pés de pêssego IAC 03 - 900 pés de pêssego Americano. Possui área total de 72,65 hectares ou 30,02 alqueires.Imóvel Matrícula n°24.203 no CRI de Avaré/SP.

VALOR DA AVALIAÇÃO:R$ 2.740.950,88(Dois milhões e setecentos e quarenta mil e novecentos e cinquenta reais e oitenta e oito centavos)

ÔNUS:Consta na referida matrícula n°24.203 no CRI de Avaré/SP: Consta na referida matrícula:R.93- HIPOTECA de 2° grau, em favor do Banco do Brasil S/A;R.96- HIPOTECA de 3° grau, em favor do Banco do Brasil S/A;R.117- HIPOTECA, em favor do Banco do Brasil S/A;R.125- HIPOTECA, em favor do Banco do Brasil S/A;R.126- HIPOTECA, em favor do Banco do Brasil S/A;R.132- HIPOTECA, em favor do Banco do Brasil S/A;R.133- HIPOTECA, em favor do Banco do Brasil S/A;R.134- HIPOTECA, em favor do Banco do Brasil S/A;R.135- HIPOTECA, em favor do Banco do Brasil S/A;R.136- HIPOTECA, em favor do Banco do Brasil S/A;R.140- HIPOTECA, em favor do Banco do Brasil S/A;R.141 -HIPOTECA, em favor do Banco do Brasil S/A;R.142 -HIPOTECA, em favor do Banco do Brasil S/A;R.145 -PENHORA do imóvel, nestes autos.

OBS.:A descrição do(s) bem é uma cópia fiel das informações fornecidas pelos cartórios, comitente ou outro órgão responsável. O(s) bem(ns) será(ão) vendido(s) no estado em que se encontra(m). Reservamo-nos o direito de corrigir possíveis erros de digitação. 


Link do processo  clique aqui.

Link googlemaps  clique aqui. 

Os Links de esaj e googlemaps divulgadas no PORTAL LEGIS LEILÕES são informais e podem ocorrer erros, não servindo de parâmetro para demonstrar o estado dos bens ou influenciar a decisão de oferta de lances para arrematação.


Aquele que tentar fraudar a arrematação, além da reparação do dano na esfera cível - arts. 186 e 927 do Código Civil - ficará sujeito as penalidades do artigo 358 do Código Penal: Art. 358 - Impedir, perturbar ou fraudar arrematação judicial; afastar ou procurar afastar concorrente ou licitante, por meio de violência, grave ameaça, fraude ou oferecimento de vantagem: Pena - detenção, de 2 (dois) meses a 1 (um) ano, ou multa, além da pena correspondente à violência.



IMÓVEL RURAL A.T. 89,3786 HA

Lote 01: IMÓVEL RURAL A.T. 89,3786 HA

Valores atualizados

Avaliação2.791.314,52
Lance mínimo2.791.314,52
Incremento10.000,00

Resultado parcial

Maior lanceN/D
UsuárioN/D
Visitas443

Localização:Município de Itapura, Ilha Solteira/SP.

Fórum/Vara: 1ª VARA DA COMARCA DE ILHA SOLTEIRA – SP

Nº do processo:1000703-93.2016.8.26.0246

RQTE:BANCO DO BRASIL S/A

RQDO:CRISTIANO PERRI MINOTELLI e outros


LEILÃO JUDICIAL - SOMENTE ON-LINE!

O 1° Leilão terá início no dia 03/06/2019 à partir das 14:25h, e encerramento no dia 07/06/2019 às 14:25h; não havendo lance superior ou igual ao da avaliação, seguir-se-á, sem interrupção,o 2° Leilão, que se estenderá em aberto para captação de lances e se encerrará em 27/06/2019 às 14:25h(ambos no horário de Brasília), sendo vendido o bem pelo maior lance ofertado, desde que não inferior a60%(sessenta por cento) do valor da avaliação.

1º Leilão  - Lance mínimo  R$2.791.314,52

2º Leilão  - Lance mínimo  R$ 1.674.788,71


DESCRIÇÃO:Fazenda Nova Estrela - DESCRIÇÃO DA MATRÍCULA: Uma gleba de terras, com a área de 89,3786 hectares e perímetro de 5.754,18m, com a denominação de “Fazenda Nova Estrela”, situada no Município de Itapura, desta Comarca, com os seguintes limites e confrontações: “Inicia-se a descrição deste perímetro no vértice M2; situado no limite da Fazenda Nova Estrela com  Fazenda Nossa Senhora Aparecida - Gleba A; deste, segue confrontando com a Fazenda Nova Estrela, matrícula nº 1672, de Cristiano Perri Minotelli, com os seguintes azimutes e distâncias: 92°48’09” e 712,00m até o vértice M3; situado no limite da Estância Fortaleza com a Fazenda Nova Estrela; deste, segue confrontando com a Estância Fortaleza, matrícula nº 20432, de Silvia Regina Pavan Zanatta e José Carlos Zanatta, com os seguintes azimutes e distâncias: 183°56’32” e 165,44m até o vértice M4; situado no limite da Fazenda Nova Estrela com a Estância Fortaleza; deste, segue confrontando com a Fazenda Nova Estrela, matrícula nº 702, de Cristiano Perri Minotelli, com os seguintes azimutes e distâncias: 270°55’46” e 112,21m até o vértice M5; 184°09’33” e 227,85m até o vértice M6; situado no limite da Fazenda Nova Estrela com a Fazenda Nossa Senhora Aparecida deste, segue confrontando com a Fazenda Nova Estrel, matrícula nº 1670, de Cristiano Perri Minotelli, com os seguintes azimutes e distâncias: 273°54’06” e 239,21m até o vértice M7; 183°52’23” e 1.122,90m até o vértice M8; situado no limite da cota 283,50m de desapropriação do reservatório da usina Hidrelétrica de Jupiá da CESP - Companhia Energética de São Paulo com a Fazenda Nova Estrela; deste, segue pela cota 283,50m de desapropriação do reservatório da Usina Hidrelétrica de Jupiá da CESP - Companhia Energética de São Paulo, com os seguintes azimutes e distâncias: 318°07’21” e 41,24m até o vértice M9; 314°06’55” e 54,40m até o vértice M10; 255°18’15” e 41,91m até o vértice M11; 213°11’44” e 53,09m até o vértice M12; 212°05’46” e 45,46m até o vértice M13; 227°54’33” e 51,79m até o vértice M14; 255°27’41” e 63,00m até o vértice M15; 266°36’06” e 37,00m até o vértice M 211°27’59” e 37,17m até o vértice M17; situado no limite da Fazenda Nossa Senhora Aparecida - Gleba B com a cota 283,50m de desapropriação do reservatório da Usina Hidrelétrica de Jupiá da CESP - Companhia Energética de São Paulo; deste, segue confrontando com a Fazenda Nossa Senhora Aparecida - Gleba B, de Silvana Perri Minotelli e outros, com os seguintes azimutes e distâncias: 359°18’01” e 640,71m até o vértice M55; 5°38’17” e 45,60m até o vértice M54; 298°55’43” e 472,41m até o vértice M41; situado no limite da cota 283,50m de desapropriação do reservatório da Usina Hidrelétrica de Jupiá da CESP - Companhia Energética de São Paulo com a Fazenda Nossa Senhora Aparecida - Gleba B; deste, segue pela cota 283,50m de desapropriação do reservatório da Usina Hidrelétrica de Jupiá da CESP - COmpanhia Energética de São Paulo, com o seguinte azimutes e distâncias: 328°56’55” e 63,19m até o vértice M42; 322°35’28” e 48,39m até o vértice M43; 345°39’56” e 47,43m até o vértice M44; 306°29’44” e 72,06m até o vértice M45; 322°07’27” e 36,30m até o vértice M46; 309°17’35” e 10,82m até o vértice M47; situado no limite da margem esquerda do Córrego Julinha com a cota 283,50m de desapropriação do reservatório da Usina Hidroelétrica de Jupiá da CESP - Companhia Energética de São Paulo; deste, segue pelo Córrego Julinha à montante, com os seguinte azimutes e distâncias: 23°54’36” e 57,12m até o vértice M48; 43°04’04” e 285,02m até o vértice M49; situado no limite da Fazenda Nossa Senhora Aparecida - Gleba A com a margem esquerda do Córrego Julinha; deste, segue confrontando com a Fazenda Nossa Senhora Aparecida - Gleba A, de Silvana Perri Minotelli e Outros, com os seguintes azimutes e distâncias: 105°38’41” e 62,82m até o vértice M50; 151°48’57” e 274,29m até o vértice M51; 112°45’04” e 126,13m até o vértice M52; 13°26’43” e 507,10m até o vértice M2, ponto inicial da descrição deste perímetro. Imóvel Matrícula nº 2088 do CRI de Ilha Solteira/SP.

VALOR DA AVALIAÇÃO:R$ 2.791.314,52(Dois milhões, setecentos e noventa e um mil, trezentos e quatorze reais e cinquenta e dois centavos)

ÔNUS: Consta na referida matrícula:R.10-HIPOTECA de 1º grau, em favor de Banco do Brasil S/A;R.14-HIPOTECA de 2º grau, em favor de Banco do Brasil S/A;R.15-HIPOTECA de 3º grau, em favor de Banco do Brasil S/A;R.16-HIPOTECA de 4º grau, em favor de Banco do Brasil S/A;R.17-HIPOTECA de 5º grau, em favor de Banco do Brasil S/A;R.18-HIPOTECA de 6º grau, em favor de Banco do Brasil S/A;AV.19-PENHORA do imóvel, expedido pelo Ofício Central da Comarca de Ilha Solteira, no proc nº 1000661-44.2016.8.26.0246, movido por Banco do Brasil S/A;AV.20-PENHORA do imóvel, nestes autos;AV.21-DISTRIBUIÇÃO de ação, expedido pela 1ª Vara da Comarca de Ilha Solteira, no proc nº 1001744-98.2016.8.26.0439, movido por Banco do Brasil S/A;AV.22-PENHORA do imóvel, expedido pelo Ofício Judicial da Comarca de Ilha Solteira, no proc nº 1001686-58.2017.8.26.0246, movido por Banco do Brasil S/A;AV.23-PENHORA da metade ideal do imóvel, expedido pelo Ofício Judicial da Comarca de Ilha Solteira, no proc nº 0001714.43-2017.8.26.0246, movido por Maria Aparecida Peppe D’ Adderio;AV.24-PENHORA do imóvel, expedido pelo Ofício Judicial da Comarca de Ilha Solteira, no proc nº 0001716-13.2017.8.26.0246, movido por Gilson Carreteiro;

OBS.:A descrição do(s) bem é uma cópia fiel das informações fornecidas pelos cartórios, comitente ou outro órgão responsável. O(s) bem(ns) será(ão) vendido(s) no estado em que se encontra(m). Reservamo-nos o direito de corrigir possíveis erros de digitação.


Link do processo  clique aqui.

Link googlemaps clique aqui.

Os Links de esaj e googlemaps divulgadas no PORTAL LEGIS LEILÕES são informais e podem ocorrer erros, não servindo de parâmetro para demonstrar o estado dos bens ou influenciar a decisão de oferta de lances para arrematação.


Aquele que tentar fraudar a arrematação, além da reparação do dano na esfera cível - arts. 186 e 927 do Código Civil - ficará sujeito as penalidades do artigo 358 do Código Penal: Art. 358 - Impedir, perturbar ou fraudar arrematação judicial; afastar ou procurar afastar concorrente ou licitante, por meio de violência, grave ameaça, fraude ou oferecimento de vantagem: Pena - detenção, de 2 (dois) meses a 1 (um) ano, ou multa, além da pena correspondente à violência.

A.T: 19.942,562 m²

Lote 01: A.T: 19.942,562 m²

Valores atualizados

Avaliação1.559.305,09
Lance mínimo935.583,05
Incremento10.000,00

Resultado parcial

Maior lanceN/D
UsuárioN/D
Visitas796

Localização:Iacanga/SP

Fórum/Vara: 2ª VARA CÍVEL DA COMARCA DE IBITINGA-SP

Nº do processo:0005574-63.2009.8.26.0236

RQTE:ARTES DAIACANGA LTDA EPP

RQDO:BANCO DO BRASIL S/A


LEILÃO JUDICIAL - SOMENTE ON-LINE!

O 1° Leilão terá início no dia 25/04/2019 a partir das 14:55h, e encerramento dia 02/05/2019 às 14:55h; não havendo lance superior ou igual ao da avaliação, seguir-se-á, sem interrupção,o2° Leilão, que se estenderá em aberto para captação de lances e seencerrará em 27/05/2019 às 14:55h(ambos no horário de Brasília),sendo vendido o bem pelo maior lance ofertado, desde que não inferior a60%(Sessenta por cento)do valor da avaliação.

1º Leilão  - Lance mínimo  R$1.559.305,09

2º Leilão  - Lance mínimo  R$ 935.583,05


DESCRIÇÃO: Um imóvel rural com área de 19.942,562m² em Iacanga/SP - DESCRIÇÃO DA MATRÍCULA: Uma Gleba de terras com a área de 19.942,562 metros quadrados, que constitui parte da Chácara São João, denominada gleba A, situada na fazenda Ventania ou “Córrego do Meio, do distrito e município de Iacanga, desta comarca, não contendo benfeitorias, com o seguinte perímetro e confrontações: tem início na estaca 24, situada na divisa de Valdomiro Montes e na divisa com a Área Verde do Distrito Industrial I, e segue confrontando com a Área Verde, com o rumo de 60º2511” NE e distância de 53,246 metros, até a estaca A; daí, segue em curva circular à esquerda, confrontando com a Avenida das Primaveras, com AC de 31º2321”, raio de 32,000 metros, tangente de 8,992 metros e distância de 17,531 metros, até a estaca F-9; daí, passa a confrontar com a ampliação do Distrito Industrial II (lotes nºs 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9 e 10), com o rumo de 39º4323” SE e distância de 292,575 metros, até a estaca F1; daí, passa a confrontar com Durvalino Afonso Ribeiro, sucessor de Sebastião Cardoso de Oliveira, com o rumo de 56º0346 SW e distância de 66,535 metros, até a estaca F1A; daí passa a confrontar com Waldomiro Montes, com o rumo de 39º4322” NW e distância de 304,710 metros, até a estaca 24, ponto inicial. O imóvel está cadastrado na Receita Federal sob nº02401525, e no Incra sob nº 617130.000159-0, com a área de 55,3 ha., mod. fiscal 20,0, nº de mod. fiscais 2,76, fração mínima de parcelamento de 2,0 ha. Imóvel matriculado sob n° 29.670 no CRI de Ibitinga-SP.

VALOR DA AVALIAÇÃO: R$1.559.305,09(Um milhão, quinhentos e cinquenta e nove mil, trezentos e cinco reais e nove centavos)

ÔNUS:Consta na referida matrícula n° 29.670 no CRI de Ibitinga-SP:R.03-HIPOTECA de 1° grau em favor do Banco Nossa Caixa S/A;R.04-HIPOTECA de 2° grau em favor do Banco Nossa Caixa S/A;R.05-HIPOTECA de 3° grau em favor do Banco Nossa Caixa S/A;R.06-HIPOTECA de 4° grau em favor do Banco Nossa Caixa S/A;R.07-HIPOTECA de 5° grau em favor do Banco Nossa Caixa S/A;R.08-HIPOTECA de 6° grau em favor do Banco Nossa Caixa S/A;R.09-HIPOTECA de 7° grau em favor do Banco Nossa Caixa S/A;R.10-HIPOTECA de 8° grau em favor do Banco Nossa Caixa S/A;R.11-HIPOTECA de 9° grau em favor do Banco Nossa Caixa S/A;R.12- HIPOTECA de 10° grau em favor do Banco Nossa Caixa S/A;AV.13-PENHORA do imóvel, nestes autos.

OBS.: A descrição do(s) bem é uma cópia fiel das informações fornecidas pelos cartórios, comitente ou outro órgão responsável. O(s) bem(ns) será(ão) vendido(s) no estado em que se encontra(m). Reservamo-nos o direito de corrigir possíveis erros de digitação.


Link do processo  clique aqui.

Link googlemaps  clique aqui.

Os Links de esaj e googlemaps divulgadas no PORTAL LEGIS LEILÕES são informais e podem ocorrer erros, não servindo de parâmetro para demonstrar o estado dos bens ou influenciar a decisão de oferta de lances para arrematação.  


Aquele que tentar fraudar a arrematação, além da reparação do dano na esfera cível - arts. 186 e 927 do Código Civil - ficará sujeito as penalidades do artigo 358 do Código Penal: Art. 358 - Impedir, perturbar ou fraudar arrematação judicial; afastar ou procurar afastar concorrente ou licitante, por meio de violência, grave ameaça, fraude ou oferecimento de vantagem: Pena - detenção, de 2 (dois) meses a 1 (um) ano, ou multa, além da pena correspondente à violência.

Imóvel rural 19,14 alqueires

Lote 01: Imóvel rural 19,14 alqueires

Valores atualizados

Avaliação1.900.000,00
Lance mínimo1.900.000,00
Incremento10.000,00

Resultado parcial

Maior lanceN/D
UsuárioN/D
Visitas2441

Localização:Fazenda Areias, neste distrito, município e comarca de Monte Alto, denominada Sítio São José

Fórum/Vara:2ª VARA DA COMARCA DE MONTE ALTO – SP

Nº do processo:1000903-54.2018.8.26.0368

RQTE: BANCO DO BRASIL S/A

RQDO: MOACIR ALVES e outros


 LEILÃO JUDICIAL - SOMENTE ON-LINE!

O1° Leilão terá início no dia 04/06/2019 à partir das 15:40h, e encerramento no dia 10/06/2019 às 15:40h; não havendo lance superior ou igual ao da avaliação, seguir-se-á, sem interrupção, o2° Leilão, que se estenderá em aberto para captação de lances e se encerrará em 01/07/2019 às 15:40h(ambos no horário de Brasília), sendo vendido o bem pelo maior lance ofertado, desde que não inferior a60%(sessenta por cento) do valor da avaliação.

1º Leilão - Lance mínimo  R$ 1.900.000,00

2º Leilão - Lance mínimo  R$  1.140.000,00


DESCRIÇÃO:Um imóvel Rural - DESCRIÇÃO DA MATRÍCULA: Uma área de terras encravada na Fazenda Areias, neste distrito, município e comarca de Monte Alto, denominada Sítio São José, designada gleba 1, composta de 163.304,47 metros quadrados ou 46,33,04 has. ou 19,1447 alqueires, com as medidas perimetrais, rumos e confrontações de Luis Lourenço, Kogi Fugita e outros (gleba 1) e a gleba aqui descrita, confrontação esta que se dá no meio de um Córrego, seguindo com os seguintes rumos, distâncias e confrontações: nº 20A a nº 21, pelo Córrego à montante com rumo 77°36’ NO e distância 22,39 metros; nº 21 a nº 22 rumo 40°25’ NO e distância 321,23 metros; nº 22 a nº 23 rumo 63°28’ NO e distância 37,95 metros, sendo que este último ponto está localizado no centro de uma ponte. Seguindo agora à direita, acompanhando uma pequena estrada e confrontando com José Ambrósio, no rumo 04°36’NE e distância 109,07 metros encontrando o ponto nº 1. Aqui abandonando a estrada, segue à esquerda e confrontando com Antônio Malaguti e outros, com os seguintes rumos e distâncias: nº 1 a nº 2 rumo 50°12’ NO e distância 502,61 metros; nº 2 a nº 3 rumo 79°06’ NO e distância 229,92 metros, sendo que aqui encontramos o ponto de queda da Serra de Anhumas, seguimos à esquerda sempre acompanhando a linha de queda da serra por 1.045,45 metros, encontrando o ponto nº 4, na Serra, confrontando com confrontantes diversos do Bairro de Anhumas. Do ponto nº 4, abandonando a Serra, seguindo à esquerda, confrontando com Antônio Fumis até o ponto nº 5 com rumo 79°16’ SE e distância 67,94 metros. DO ponto nº 5 segue até o ponto nº 5A com rumo 77°06’ SE e distância 11,32 metros, confrontando-se neste percurso com Wilson Cestari: daí deflete à esquerda seguindo com os seguintes rumos e distâncias: nº 5A a nº 18 rumo 57°10’04” NE e distância 12,41 metros; nº 18 a nº 17 rumo 71°32’34” NE e distância 16,33 metros; nº 17 a nº 16 com rumo 78°51’10” NE e distância 47,69 metros; nº 16 a nº 15 rumo 82°05’24” NE e distância 47,89 metros; nº 15 a nº 14 rumo 78°55’48” NE e distância 56,20 metros; nº 14 a nº 13 rumo 83°20’34” NE e distância 45,29 metros; nº13 a nº 12 rumo 79°49’21” NE e distância 3,21 metros; nº 12 a nº 11 rumo 82°34’31” NE e distância 25,38 metros; nº 11 a nº 10 rumo 69°44’52” NE e distância 36,33 metros; nº 10 a nº 9 rumo 81°42’05” SE e distância 23,09 metros; nº 9 a nº 8 rumo 27°09’28” SE e distância 226,05 metros, confrontando-se pela direita com a gleba 2; daí segue acompanhando a cerca divisória até o ponto 8A com rumo 31°58’ SE e distância 58,97 metros, confrontando-se com Wilson Cestari; seguindo à esquerda, confrontando com Kogi Fugita (gleba nº 1), com os seguintes rumos e distâncias: nº 8A a nº 26 rumo 81°55’ SE e distância 89,83 metro; nº 26 a nº 25 rumo 74°56’ NE e distância 11,77 metros; nº 25 a nº 24 rumo 50°34’ NE e distância 64,88 metros; nº 24 a nº 20A rumo 60°56’ NE e distância 193,98 metros, confrontando-se do ponto 8A ao ponto 20A com Kogi Fugita e outros )(gleba 1), chegando assim ao ponto de partida. Imóvel matrícula nº 22.006 do CRI de Monte Alto/SP.

VALOR DA AVALIAÇÃO:R$ 1.900.000,00 (Um milhão e novecentos mil reais) .

ÔNUS: Consta na referida matrícula:R.44-HIPOTECA de 14º grau, em favor de Banco do Brasil S/A;R.45-HIPOTECA de 15º grau, em favor de Banco do Brasil S/A;R.70-HIPOTECA de 4º grau, em favor de Banco do Brasil S/A;R.71-HIPOTECA de 5º grau, em favor de Banco do Brasil S/A;R.78-HIPOTECA de 5º grau, em favor de Banco do Brasil S/A;R.79-HIPOTECA de 6º grau, em favor de Banco do Brasil S/A;R.81-HIPOTECA de 7º grau, em favor de Banco do Brasil S/A;R.82-HIPOTECA de 8º grau, em favor de Banco do Brasil S/A;R.83-HIPOTECA de 9º grau, em favor de Banco do Brasil S/A;R.87-HIPOTECA de 10º grau, em favor de Banco do Brasil S/A;R.89-HIPOTECA de 11º grau, em favor de Banco do Brasil S/A;R.90-HIPOTECA de 12º grau, em favor de Banco do Brasil S/A.

OBS.:A descrição do(s) bem é uma cópia fiel das informações fornecidas pelos cartórios, comitente ou outro órgão responsável. O(s) bem(ns) será(ão) vendido(s) no estado em que se encontra(m). Reservamo-nos o direito de corrigir possíveis erros de digitação.


Link do processo  clique aqui.

Link googlemaps  clique aqui.

 Os Links de esaj e googlemaps divulgadas no PORTAL LEGIS LEILÕES são informais e podem ocorrer erros, não servindo de parâmetro para demonstrar o estado dos bens ou influenciar a decisão de oferta de lances para arrematação.


Aquele que tentar fraudar a arrematação, além da reparação do dano na esfera cível - arts. 186 e 927 do Código Civil - ficará sujeito as penalidades do artigo 358 do Código Penal: Art. 358 - Impedir, perturbar ou fraudar arrematação judicial; afastar ou procurar afastar concorrente ou licitante, por meio de violência, grave ameaça, fraude ou oferecimento de vantagem: Pena - detenção, de 2 (dois) meses a 1 (um) ano, ou multa, além da pena correspondente à violência.

IMÓVEL RURAL  6,5800 hectares

Lote 01: IMÓVEL RURAL 6,5800 hectares

Valores atualizados

Avaliação165.283,92
Lance mínimo165.283,92
Incremento1.000,00

Resultado parcial

Maior lanceN/D
UsuárioN/D
Visitas26

Localização: SÍTIO SÃO FRANCISCO, URU/SP

Fórum/Vara:1ª VARA DA COMARCA DE PIRAJUÍ – SP

Nº do processo:1002663-11.2017.8.26.0453

RQTE:COOPERATIVA DE CREDITO CREDICITRUS

RQDO:FRANCISCO DONIZETE MARTINELI


LEILÃO JUDICIAL - SOMENTE ON-LINE!

O 1° Leilão terá início no dia 02/08/2019 à partir das 14:05h, e encerramento no dia 08/08/2019 às 14:05h; não havendo lance superior ou igual ao da avaliação, seguir-se-á, sem interrupção,o 2° Leilão, que se estenderá em aberto para captação de lances e se encerrará em 28/08/2019 às 14:05h(ambos no horário de Brasília), sendo vendido o bem pelo maior lance ofertado, desde que não inferior a60%(sessenta por cento)do valor da avaliação.

1º Leilão - Lance mínimo  R$165.283,92

2º Leilão - Lance mínimo  R$ 99.169,80


DESCRIÇÃO: IMÓVEL RURAL - DESCRIÇÃO DA MATRÍCULA: Uma gleba de terras, com 6,5800 hectares, e perímetro de 1.368,09 metros, criada a partir do desdobro do Sítio Nossa Senhora Aparecida - Gleba A, contendo como benfeitorias: 02 (duas) casas de tijolos, localizada no município de Uru, desta comarca de Pirajuí/SP, que se encontra dentro da seguinte descrição: Inicia-se a descrição deste perímetro no vértice P1, deste segue confrontando com Sítio São Francisco, matrícula 6172, propriedade de Antonio Braga, com os seguintes azimutes e distâncias: 279º41’52” e de 288,45 metros, até o vértice P2; 279º39’09” e de 6,44 metros, até o vértice P3, deste segue confrontando com Sítio Nossa Senhora Aparecida (área remanescente), propriedade de Marcos Antonio Martinelli, com seguintes azimutes e distâncias: 162º17’24” e 86,64 metros, até o vértice D1; 252º26’01” e de 132,72 metros, até o vértice D2; 226º24’34” e de 180,72 metros, até o vértice D3, deste segue confrontando com Sítio São Francisco, matrícula: 6.789, propriedade de Pedro Martinelli, com os seguintes azimutes e distâncias: 90º20’38” e de 25,50 metros, até o vértice P32; 87º58’04” e de 57,25 metros, até o vértice P33, 87º58’27” e de 207,06 metros, até o vértice P34, 72º42’12” e de 6,03 metros, até o vértice P35, 72º39’18” e 11,30 metros, até o vértice P36, 157º48’48” e de 9,67 metros, até o vértice P37, deste segue confrontando com o Sítio São João, matrícula 2.834, propriedade de Elson Candido de Souza, com seguintes azimutes e distâncias: 91º29’18” e de 38,88 metros, até o vértice P38, 43º06’28” e de 49,26 metros, até o vértice P39, 340º17’51” e de 34,88 metros, até o vértice P40, 34º50’52” e de 63,42 metros, até o vértice P41, 101º37’31” e de 62,73 metros, até o vértice P42, 35º30’26” e de 107,14 metros, até o vértice P1, ponto inicial da descrição deste perímetro. Consta no R.002 que o imóvel passou a denominar-se SÍTIO SÃO FRANCISCO. Imóvel matriculado sob nº 21.685 do CRI de Pirajuí/SP.  

VALOR DA AVALIAÇÃO:R$ 165.283,92(Cento e sessenta e cinco mil, duzentos e oitenta e três reais e noventa e dois centavos)

ÔNUS:Consta na referida matrícula:AV.1- SERVIDÃO, registrada na matrícula 6.173 da qual a matrícula 17.169 se filia (acesso à propriedade de Sr. Francisco Martinelli), e SERVIDÃO convencional perpétua em favor da Companhia Paulista de Força e Luz;AV.3-Em 12/07/2018 iniciou-se o Cumprimento de Sentença sob nº 0006875-58.2018.8.26.0453 em trâmite no JEC da Comarca de Pirajuí-SP, exeqte:Ismael Briguenti X execdo:Francisco Donizete Martineli;AV.4-PENHORA do imóvel, nestes autos.

OBS.:A descrição do(s) bem é uma cópia fiel das informações fornecidas pelos cartórios, comitente ou outro órgão responsável. O(s) bem(ns) será(ão) vendido(s) no estado em que se encontra(m). Reservamo-nos o direito de corrigir possíveis erros de digitação.


Link do processo  clique aqui.

Link googlemaps clique aqui.

Os Links de esaj e googlemaps divulgadas no PORTAL LEGIS LEILÕES são informais e podem ocorrer erros, não servindo de parâmetro para demonstrar o estado dos bens ou influenciar a decisão de oferta de lances para arrematação.  


Aquele que tentar fraudar a arrematação, além da reparação do dano na esfera cível - arts. 186 e 927 do Código Civil - ficará sujeito as penalidades do artigo 358 do Código Penal: Art. 358 - Impedir, perturbar ou fraudar arrematação judicial; afastar ou procurar afastar concorrente ou licitante, por meio de violência, grave ameaça, fraude ou oferecimento de vantagem: Pena - detenção, de 2 (dois) meses a 1 (um) ano, ou multa, além da pena correspondente à violência.



IMÓVEL RURAL A.T. 607,4657 HA

Lote 01: IMÓVEL RURAL A.T. 607,4657 HA

Valores atualizados

Avaliação14.455.900,79
Lance mínimo14.455.900,79
Incremento50.000,00

Resultado parcial

Maior lanceN/D
UsuárioN/D
Visitas21

Localização:Pereira Barreto/SP

Fórum/Vara:1ª VARA DA COMARCA DE BEBEDOURO – SP

Nº do processo: 0008772-18.2009.8.26.0072

RQTE:BANCO NOSSA CAIXA S/A

RQDO: FRANCISCO CARLOS DE LUCCIA


LEILÃO JUDICIAL - SOMENTE ON-LINE!

O 1° Leilão terá início no dia 01/08/2019 à partir das 15:25h, e encerramento no dia 07/08/2019 às 15:25h; não havendo lance superior ou igual ao da avaliação, seguir-se-á, sem interrupção,o 2° Leilão, que se estenderá em aberto para captação de lances e se encerrará em 27/08/2019 às 15:25h(ambos no horário de Brasília), sendo vendido o bem pelo maior lance ofertado, desde que não inferior a70%(setenta por cento) do valor da avaliação.

1º Leilão - Lance mínimo  R$14.455.900,79

2º Leilão - Lance mínimo  R$ 10.119.130,55


DESCRIÇÃO: Imóvel Rural - Fazenda Poty - DESCRIÇÃO DA MATRÍCULA: Imóvel rural denominado Fazenda Poty, com a área de 607,4657 has, ou 251,0189 alqueires, situado na secção Poty, na Fazenda Tietê, no município e comarca de Pereira Barreto, dentro das seguintes divisas e confrontações: “Inicia-se no marco 01, cravado na margem esquerda do córrego Poty, e na divisa de terras pertencentes a Alberto Kenju Seki - sucessor de Yasusaburo Seki. Desce marco, segue confrontando com terras pertencentes a Alberto Kenji Seki - sucesso de Yasusaburo Seki, com o rumo de 60º58’22”SW e 681,41 metros, até encontrar as coordenadas E=479.295,71 e N=7.729.549,23 no marco 02; daí, deflete à direita e segue confrontando com o corredor de acesso São José, e terras pertencentes a Alberto Kenji Seki - sucessor Yasusaburo Seki, com o rumo de 86º37’52”SW e 16,82 metros, até encontrar as coordenadas E=479.278,91 e N=7.729.548,24, no marco 03; daí, deflete à esquerda e segue confrontando com o corredor de acesso São José, e terras pertencentes a Alberto Kenji Seki - sucessor de Yasusaburo Seki, com o rumo de 60º51’51”SW e 1.942,30 metros, até encontrar as coordenadas E=477.582,38 e N=7.728.602,57, no marco 04; daí, deflete à direita e segue confrontando com um corredor, e om terras pertencentes com a Fazenda Piracanjuba, de Alice Menezes de Aguiar - sucessora de Espólio de Olintho de Aguiar, com os seguintes rumos, distâncias e coordenadas: 42º21’03”NW e 102,78 metros, até encontrar as coordenadas E=477.513,13 e N=7.728.678,53, no marco 05; 09º24’17”NE e N=2.635,92 metros, até encontrar as coordenadas E=477.943,87 e N=7.731.279,02, no marco 06; 25º33’40”NE e 841,92 metros, até encontrar as coordenadas E=478.307,13 e N=7.713.696,16, no marco 07; 81º54’13”SE e 2.431,06 metros, até encontrar as coordenadas E=480.713,97 e N=7.713.696,16, no marco 703; número este determinado pela CESP (cota 330), desse marco, segue condrontando com terras pertencentes a CESP - Companhia Energética de São Paulo - propriedade IS-SJ-E nº 04 - área de inundação da bacia de ilha solteira, sempre sobre a curva de desapropriação, em todas as suas curvas, com os seguintes rumos, distâncias e coordenadas: 48º03’57S e 33,71 metros, até encontrar as coordenadas E=480.688,89 e N=7.731.673,63 no marco 704; 17º31’14”SW e 22,388 metros, até encontrar as coordenadas E=480.682,15 e N=7.731.652,28 no marco 705; 66º06’57”SW e 33,367 metros, até encontrar as coordenadas E=408.651,64 e N=7.731.638,77 no marco 706; 43º01’41”NW e 9,247, até encontrar as coordenadas E=480.645,33 e N= 7.731.645,53, no marco 707; 30º37’11”NW e 29,410 metros, até encontrar as coordenadas E=480.630,35 e N=7.731.670,84, no marco 708; 13º00’11”SW e 35,377 metros, até encontrar as coordenadas E=480.622,39 e N=7.731.636,37 no marco 79; 54º1’24”SW e 31,559 metros, até encontrar as coordenadas E=480.596,85 e N=7.731.617,83, no marco 710; 57º39’59”NW e 29,410 metros, até encontrar as coordenadas E=480.572,00 e N=7.71.633,56, no marco 711, 47º47’44”SW e 121,349 metros, até encontrar as coordenadas E=480.482,11 e N=7.731.552,04 metros, no marco 712; 59º47’28”SW e 83,175 metros, até o encontrar as coordenadas E=480.410,23 e N=7.731.510,19, no marco 713; 11º23’38”SE e 49,454 metros, até encontrar as coordenadas E=480.420,00 e N=7.731.461,71, no marco 714; 12º45’15”SW e 38,592 metros, até encontrar as coordenadas E=480.411,48 e N=7.731.424,07, no marco 715; 11º10’07”SW e 21,476 metros, até encontrar as coordenadas eE=480.407,32 e N=7.731.403,00, no marco 716; 22º55’57”SW e 68,6777 metros até encontrar as coordenadas E=480.380,56 e N=7.731.339,75, no marco 717; 04º21’58”SW e 62,130 metros, até encontrar as coordenadas E=480.375,83 e N=7.731.277,80 no marco 718; 08º10’05”SE e 17,032 metros até encontrar as coordenadas E=480.378,25 e N=7.731.260,94, no marco 719; 04º00’36”SW e 16,731 metros, até encontrar as coordenadas E=480.377,08 e N=7.731.244,25, no marco 720; 24º44’14”SW e 24,255 metros, até encontrar as coordenadas E=480.366,93 e N=7.731.222,22, no marco 721; 00º15’46”SW e 47,960 metros, até encontrar as coordenadas E=480.366,71 e N=7.731.174,26, no marco 722; 00º24’24”SE e 25,360 metros, até encontrar as coordenadas E=480.366,89 e N=7.731.148,90, no marco 723; 27º40’00”SW e 34,889 metros, até encontrar as coordenadas E=480.350,69 e N=7.731.118,00, no marco 724; 69º59’06”NE e 26,149 metros, até encontrar as coordenadas E=480.375,26 e N=7.731.126,95, no marco 725;  01º30’29”SW e 25,78 metros, até encontrar as coordenadas E=480.374,60 e N=7.731.101,88, no marco 726; 04º14’02”SE e 53,365 metros, até encontrar as coordenadas E=480.378,54 e N=7.731.048,66, no marco 727; 11º13’35”SW e 55,216 metros, até encontrar as coordenadas E=480.367,79 e N=7.730.994,50, no marco 728; 06º06’01”SW e 13,456 metros até encontrar as coordenadas E=480.366,36 e N=7.730.981,12, no marco 729; marco este que está cravado na margem esquerda do córrego Poty, daí, deflete a direita e segue confrontando com o córrego Poty, no sentido à montante, sempre por sua margem esquerda, em todas as suas curvas, com os seguintes rumos, distâncias e coordenadas: 16º52’57”SW e 63,708 metros, até encontrar as coordenadas E=480.347,85 e N=7.730.920,15, no marco 8; 41º14’41”SW e 26,514 metros, até encontrar as coordenadas E=480.330,37 e N=7.730.900,22, no marco 9; 36º31’22”SW e 69,796 metros, até encontrar as coordenadas E=480.288,83 e N=7.730.844,13, no marco 10; 40º23’11”SW e 59,185 metros até encontrar as coordenadas E=480.250,49 e N=7.730.799,04, no marco 11; 51º44’26”SW e 209,576 metros até encontrar as coordenadas E=480.085,92 e N=7.730.669,27, no marco 12; 18º16’04”SW e 135,318 metros até encontrar as coordenadas E=480.043,51 e N=7.730.540,77 no marco 13; 38º49’37”SW e 180,144 metros até encontrar as coordenadas E=479.930,56 e N=7.730.400,43 no marco 14; 11º46’00”SW e 228,506 metros até encontrar as coordenadas E=479.883,96 e N=7.730.176,73 no marco 15; 06º32’15”SE e 218,762 metros até encontrar as coordenadas E=479.908,87 e N=7.729.959,39, no marco 16; 12º18’04”SW e 81,385 metros até encontrar as coordenadas E=479.891,53 e N=7.729.879,87, no marco 01, onde termina essa descrição, fechando-se assim um polígono irregular. Consta no laudo de avaliação que existe benfeitorias realizadas, sendo 43,78ha ocupados por edificações e instalações (ou benfeitorias não reprodutivas), rede elétrica, estradas e carreadores, distribuídos em 1 sede, 3 casa de funcionários, 2 currais e 1 barracão. O imóvel está localizado próximo a centros urbanos (16 KM em rodovia asfaltada até Pereira Barreto) e próximo à Usina Santa Adélia. A propriedade possui face para rodovia asfaltada. Conforme o laudo de avaliação a propriedade “possui 568,70 hectares representados por sua escritura”. Imóvel matrícula nº 206 do CRI de Pereira Barreto/SP.

VALOR DA AVALIAÇÃO:R$14.455.900,79(Quatorze milhões, quatrocentos e cinquenta e cinco mil, novecentos reais e setenta e nove centavos)

ÔNUS:Consta na referida matrícula:R.41-HIPOTECA de 1º do imóvel, em favor de Banco Nossa Caixa S/A;R.42-HIPOTECA de 2º do imóvel, em favor de Banco Nossa Caixa S/A;R.43-HIPOTECA de 3º do imóvel, em favor de Banco Nossa Caixa S/A;AV.44-DISTRIBUIÇÃO de ação, expedido pela 3ª Vara Cível da Comarca de Uberaba/MG, no proc. nº 0701.10.003654-3, movido por Torres Lincoln Prata Cunha;AV.45-DISTRIBUIÇÃO de ação, expedido pela 1ª Vara Cível da Comarca de Birigui, no proc. nº 077.01.2010.006606-6 nº de ordem 1276/2010, movido por Perola Insumos Agrícolas Ltda;AV.46-PENHORA do imóvel nestes autos.

OBS.:A descrição do(s) bem é uma cópia fiel das informações fornecidas pelos cartórios, comitente ou outro órgão responsável. O(s) bem(ns) será(ão) vendido(s) no estado em que se encontra(m). Reservamo-nos o direito de corrigir possíveis erros de digitação.


Link do processo  clique aqui.

Link googlemaps  clique aqui.

Os Links de esaj e googlemaps divulgadas no PORTAL LEGIS LEILÕES são informais e podem ocorrer erros, não servindo de parâmetro para demonstrar o estado dos bens ou influenciar a decisão de oferta de lances para arrematação.


Aquele que tentar fraudar a arrematação, além da reparação do dano na esfera cível - arts. 186 e 927 do Código Civil - ficará sujeito as penalidades do artigo 358 do Código Penal: Art. 358 - Impedir, perturbar ou fraudar arrematação judicial; afastar ou procurar afastar concorrente ou licitante, por meio de violência, grave ameaça, fraude ou oferecimento de vantagem: Pena - detenção, de 2 (dois) meses a 1 (um) ano, ou multa, além da pena correspondente à violência.



Imóvel Rural A.T. 7,35 alq

Lote 02: Imóvel Rural A.T. 7,35 alq

Valores atualizados

Avaliação520.641,89
Lance mínimo520.641,89
Incremento5.000,00

Resultado parcial

Maior lanceN/D
UsuárioN/D
Visitas124

Localização:Núcleo Colonial Guataporanga,Lucélia/SP.

Fórum/Vara:1ª VARA DA COMARCA DE LUCÉLIA – SP

Nº do processo:0000053-81.1997.8.26.0326

RQTE:BANCO DO BRASIL S/A

RQDO:CEMAT - AGRO AVÍCOLA IGLESIAS LTDA


LEILÃO JUDICIAL - SOMENTE ON-LINE!

O 1° Leilão terá início no dia 03/07/2019 à partir das 14:45h, e encerramento no dia 09/07/2019 às 14:45h; não havendo lance superior ou igual ao da avaliação, seguir-se-á, sem interrupção,o 2° Leilão, que se estenderá em aberto para captação de lances e se encerrará em 29/07/2019 às 14:45h(ambos no horário de Brasília), sendo vendido o bem pelo maior lance ofertado, desde que não inferior a60%(sessenta por cento) do valor da avaliação.

1º Leilão  - Lance mínimo  R$520.641,89

2º Leilão  - Lance mínimo  R$ 312.385,13


DESCRIÇÃO: Um imóvel Rural - DESCRIÇÃO DA MATRÍCULA: Um imóvel agrícola com a área de 7,35 alqueires, equivalentes a 17.78,70 ha, constituído de parte do lote nº 5, localizado na Secção Lucélia do Núcleo Colonial Guataporanga, deste município e comarca, contendo as benfeitorias seguintes: 13.500 cafeeiros, duas casas, uma tulha de madeira e telhas, um terreiro ladrilho, aproximadamente meio alqueire em horta, além de outras de pequena monta que o imóvel está compreendido dentro das divisas e confrontações seguintes pela cabeceira com a estrada Municipal que liga a Reta Carlos Botelho a Rodovia que demanda o Bairro Nil Alqueires; por um lado com a outra parte do lote nº 5 de propriedade de Antonio Miguel; por outro com terras de Guentaku Kobayashi; e pelos fundos finalmente com terras pertencentes a quem de direito. Imóvel matrícula nº 58 do CRI de Lucélia/SP.

VALOR DA AVALIAÇÃO:R$520.641,89(Quinhentos e vinte mil, seiscentos e quarenta e um reais e oitenta e nove centavos)

ÔNUS:Consta na referida matrícula:R.15-HIPOTECA do imóvel, em favor de Banco do Brasil S/A;R.16-HIPOTECA do imóvel, em favor de União;R.18-PENHORA do imóvel, expedido pela Juíza de Direito a Comarca de Lucélia, no proc. nº 148/03, movido por Fazenda Nacional;AV.19-PENHORA do imóvel, expedido pelo Serviço de Distribuição Cível do Fórum de Lucélia, no proc. nº 326.01.1997.000087-2, movido por Maicon Andrei Lopes Iglesias;AV.20- PENHORA do imóvel, expedido pela Juíza de Direito a Comarca de Lucélia, no proc. nº 3001151-88.2013, movido por Fazenda Nacional;AV.21-PENHORA do imóvel, nestes autos.

OBS.:A descrição do(s) bem é uma cópia fiel das informações fornecidas pelos cartórios, comitente ou outro órgão responsável. O(s) bem(ns) será(ão) vendido(s) no estado em que se encontra(m). Reservamo-nos o direito de corrigir possíveis erros de digitação.


Link do processo  clique aqui.

Link googlemaps  clique aqui.

Os Links de esaj e googlemaps divulgadas no PORTAL LEGIS LEILÕES são informais e podem ocorrer erros, não servindo de parâmetro para demonstrar o estado dos bens ou influenciar a decisão de oferta de lances para arrematação.


Aquele que tentar fraudar a arrematação, além da reparação do dano na esfera cível - arts. 186 e 927 do Código Civil - ficará sujeito as penalidades do artigo 358 do Código Penal: Art. 358 - Impedir, perturbar ou fraudar arrematação judicial; afastar ou procurar afastar concorrente ou licitante, por meio de violência, grave ameaça, fraude ou oferecimento de vantagem: Pena - detenção, de 2 (dois) meses a 1 (um) ano, ou multa, além da pena correspondente à violência.



IMÓVEL RURAL A.T. 63,87 HA

Lote 02: IMÓVEL RURAL A.T. 63,87 HA

Valores atualizados

Avaliação2.514.277,25
Lance mínimo2.514.277,25
Incremento10.000,00

Resultado parcial

Maior lanceN/D
UsuárioN/D
Visitas35

Localização:Paranapanema – SP

Fórum/Vara:VARA ÚNICA DA COMARCA DE PARANAPANEMA–SP

Nº do processo:0000514-57.2000.8.26.0420

RQTE:BANCO DO BRASIL

RQDO: JAN EDUARD DE QUAY e outros.


LEILÃO JUDICIAL - SOMENTE ON-LINE!

O 1° Leilão terá início no dia 01/08/2019 à partir das 15:50h, e encerramento no dia 07/08/2019 às 15:50h; não havendo lance superior ou igual ao da avaliação, seguir-se-á, sem interrupção,o 2° Leilão, que se estenderá em aberto para captação de lances e se encerrará em 27/08/2019 às 15:50h(ambos no horário de Brasília), sendo vendido o bem pelo maior lance ofertado, desde que não inferior a50%(cinquenta por cento) do valor da avaliação.

1º Leilão - Lance mínimo  R$2.514.277,25

2º Leilão - Lance mínimo  R$ 1.257.138,62


DESCRIÇÃO: Um imóvel rural com a área de 638.700 metros quadrados (seiscentos e trinta e oito mil e setecentos metros quadrados), ou 63,87 hectares, correspondente a gleba 06 da Seção Laranja, na Fazenda das Posses, do município de Paranapanema desta Comarca de Avaré, com as seguintes divisas e confrontações: Inicia no marco nº 22 cravado no ponto de bifurcação das estrada, segue por estrada com rumo 72º45NW, percorrendo 383,00 metros, na confrontação com o lote nº 04 e mais 980,00 metros na confrontação com o lote nº 5, até o marco nº 26, cravado na divisa com o lote nº 15, aqui deflexiona a esquerda e com o rumo 0°005, confrontando com o lote nº 15, percorre 340,00 metros até alcançar a linha de inundação da Represa Jurumirim, aqui segue por essa linha de inundação até o marco nº 28, cravado nesta mesma linha, aqui deflexiona à esquerda e com o rumo 75°00NE na confrontação com o lote nº 7, percorre 995,00 metros até o marco nº 29, com rumo 0°00 e na confrontação com o lote nº 9 percorre 268,00 metros até o marco nº 22 cravado no ponto de bifurcação das estradas, marco esse que serviu de ponto de partida e início desta divisas e confrontações. Consta no Laudo de Avaliação as seguintes benfeitorias A) 01 Casa de Colono com área de 68,00 m2 - 01 Casa de Colonos com área de 68,00 m2, - 01 Barracão Depósito com área de 203,00 m2. - 01 Galpão Garagem com área de 119,00 m2. B) Culturas Perenes Existentes: - 710 pés de pêssego Hillary - 1.200 pés de nectarina Sun Raycer - 1.800 pés de pêssego P7 - 3.520 pés de pêssego Douradão - 3.560 pés de pêssego Tropic Beauty - 1.750 pés de pêssego P 11 - 2.000 pés de Pêssego IAC - 5.714 pés de caqui Fuiu - 1.969 pés de goiaba Pedro Sato. - 200 pés de pêssego americano. Possui área total de 63,87 hectares ou 26,39 alqueires. Imóvel Matrícula n° 24.204 no CRI de Avaré/SP.


VALOR DA AVALIAÇÃO:R$  2.514.277,25 (Dois milhões e quinhentos e quatorze mil e duzentos e setenta e sete reais e vinte e cinco centavos)

ÔNUS:Consta na referida matrícula n°24.204 no CRI de Avaré/SP:R.4- HIPOTECA, em favor do Banco do Brasil S/A;R.5- HIPOTECA, em favor do Banco do Brasil S/A;R.6- HIPOTECA, em favor do Banco do Brasil S/A;R.7- HIPOTECA, em favor do Banco do Brasil S/A;R.11- HIPOTECA, em favor do Banco do Brasil S/A;R.12- HIPOTECA, em favor do Banco do Brasil S/A;R.13- HIPOTECA, em favor do Banco do Brasil S/A;AV.15- PENHORA do imóvel, nestes autos.

OBS.:A descrição do(s) bem é uma cópia fiel das informações fornecidas pelos cartórios, comitente ou outro órgão responsável. O(s) bem(ns) será(ão) vendido(s) no estado em que se encontra(m). Reservamo-nos o direito de corrigir possíveis erros de digitação.


Link do processo  clique aqui.

Link googlemaps  clique aqui. 

Os Links de esaj e googlemaps divulgadas no PORTAL LEGIS LEILÕES são informais e podem ocorrer erros, não servindo de parâmetro para demonstrar o estado dos bens ou influenciar a decisão de oferta de lances para arrematação.


Aquele que tentar fraudar a arrematação, além da reparação do dano na esfera cível - arts. 186 e 927 do Código Civil - ficará sujeito as penalidades do artigo 358 do Código Penal: Art. 358 - Impedir, perturbar ou fraudar arrematação judicial; afastar ou procurar afastar concorrente ou licitante, por meio de violência, grave ameaça, fraude ou oferecimento de vantagem: Pena - detenção, de 2 (dois) meses a 1 (um) ano, ou multa, além da pena correspondente à violência.